AS TESES DO PT

CAROS AMIGOS

LI O DOCUMENTO “TESES DO PT” PUBLICADO NO SITE DO PARTIDO.

A PUBLICAÇÃO É UMA FALSA AUTOCRÍTICA, PORQUANTO NÃO ABORDA A VERDADE SOBRE OS ERROS COMETIDOS PELA NATUREZA DESONESTA DOS LÍDERES PETISTAS, OU SEJA, ATRIBUI O FRACASSO DA ADMINISTRAÇÃO DO PARTIDO ÀS PRÁTICAS CAPITALISTAS ADOTADAS DESDE O PRIMEIRO MANDATO DO LULA E NÃO À DESONESTIDADE E À INCOMPETÊNCIA.

PROPÕE UMA PATÉTICA RETOMADA DAS PROPOSTAS  ORIGINAIS DO PARTIDO VISANDO AO SOCIALISMO, ISTO É, IMAGINAM QUE CULPANDO O CAPITALISMO PELAS CANALHICES QUE FIZERAM PODERÃO RECUPERAR A SIGNIFICATIVA PORÇÃO DE PRESTÍGIO E DE ILUDIDOS QUE PERDERAM JUNTO À “CLASSE TRABALHADORA”.

O DOCUMENTO, ESTRATEGICAMENTE, CRITICA O GOVERNO DILMA QUE, AO INVES DE IMPLEMENTAR MUDANÇAS SOCIALIZANTES, BUSCA SOCORRO EM TEORIAS CAPITALISTAS, OU SEJA, CONVALIDA A TESE DA TRAPAÇA ELEITORAL.

É UMA FORMA DE EXIMIR-SE DA CULPA PELO FRACASSO QUE, NA REALIDADE, DEVEU-SE AO VIÉS SOCIALIZANTE DA GESTÃO PÚBLICA.

IMPLEMENTAR O QUE PROPÕE O DOCUMENTO, NESTE MOMENTO, SOMENTE SERÁ POSSÍVEL DEPOIS DE UM GOLPE DE ESTADO, COM O FECHAMENTO DE, PELO MENOS, O CONGRESSO E COM APOIO DAS FFAA E DAS PM.

SERÁ QUE OS BRASILEIROS, QUE NAS ÚLTIMAS PESQUISAS DE OPINIÃO E NAS RUAS REJEITARAM O PT E DILMA, AINDA PENSAM QUE A SOLUÇÃO ESTÁ EM UMA VIRADA RADICAL À ESQUERDA?

A PROPOSTA CONSTANTE DESTE DOCUMENTO, APÓS A EXPERIÊNCIA REAL VIVIDA NOS ÚLTIMOS 12 ANOS, É UTÓPICA, RIDÍCULA E PATÉTICA!

UMA GUINADA À ESQUERDA NO MOMENTO EM QUE PAGAMOS CARO PELO “VIÉS” ESQUERDISTA ADOTADO ATÉ AQUI, ME PARECE MAIS UMA ILUSÃO, UM DEVANEIO.

O ÚLTIMO DOCUMENTO, “Contribuição da tendência Chapa Virar à Esquerda! Reatar com o Socialismo!”, É, COMO O TÍTULO DEMONSTRA, UMA CONTRIBUIÇÃO ESTRATÉGICA PARA O GOVERNO DILMA QUE, COMO JÁ DISSE, SÓ SERÁ IMPLEMENTADO SE HOVER UM GOLPE DE ESTADO E NÃO VEJO COMO O ATUAL GOVERNO PODERIA FAZÊ-LO SEM CONTAR COM A CONIVÊNCIA DAS INSTITUIÇÕES ARMADAS!

O DOCUMENTO DEMONSTRA O QUANTO OS PETISTAS SÃO CANALHAS, EXPÕE SUAS INTENÇÕES E ESTRATÉGIAS, REVELA SEUS ANTAGONISMOS INTERNOS E COLOCA À NOSSA DISPOSIÇÃO OS ARGUMENTOS A SEREM DESTRUÍDOS PELA NOSSA REJEIÇÃO  AO SOCIALISMO.

É O QUE PENSO.

ABRAÇO.

PCHAGAS

PS: Na Venezuela, a “revolução bolivariana” começou dentro  Exército.

Aqui, eles podem até arriscar a quebra da ordem institucional com a tropa do “Stalinde”, mas perderão!

Nem a Força Nacional de Segurança Pública ficará do lado deles!

Os moribundos vão perder!

Publicado em Atualidades | 25 Comentários

Dilma, desesperada ou autoritária? Caros amigos A governanta Dilma Rousseff finalmente indicou o substituto do Ministro Joaquim Barbosa, trata-se de Luiz Edson Fachin. Recebi, junto com a notícia da indicação, um vídeo que evidencia o critério político da escolha de mais um “companhero” que, se não é filiado ao partido que destruiu física e moralmente o Brasil, é identificado com o seu projeto de poder e, por mais méritos culturais e jurídicos que tenha, nada indica que exercerá o cargo com a isenção que o momento e a situação exigem. Para um cidadão brasileiro como eu, trata-se, evidentemente, não da nomeação de um Juiz para a Suprema Corte, mas da contratação de mais um advogado para os bandidos do “corruPTo” e do governo. Mais uma tentativa de consagrar e consolidar a impunidade que, em grande medida, é uma das responsáveis pelo caos generalizado que assola o país em todas as áreas da administração pública. Ao tomar conhecimento da verdade sobre a situação geral do País e da trapaça eleitoral de que foi vítima, a Nação passou a rejeitar a governanta e o projeto de poder do partido que a apóia, cujos integrantes se locupletam, sem nenhum pudor, de recursos públicos e de empresas públicas. Não é por outra razão que compartilham celas na carceragem da Polícia Federal. A cada dia que passa os brasileiros tomam conhecimento de novos e mais escabrosos casos de crimes contra o erário e a soberania nacionais cuja culpabilidade se aproxima, ameaçadoramente, da pessoa da governanta Dilma Rousseff! A nomeação de um amigo da causa e, só por isto, de alguma forma, também responsável pelos crimes, para integrar a corte que a julgará, pode ser desespero ou autoritarismo da candidata ao banco dos réus! Cabe ao Senado Federal analisar a atitude e concluir sobre qual ou quais dos substantivos a definem e responder com a devolução do nome e a mensagem de que tenha vergonha na cara, desista dos meios escusos para livrar-se da culpa, escolha um nome decente e faça delação premiada! Gen Bda Paulo Chagas

Caros amigos

A governanta Dilma Rousseff finalmente indicou o substituto do Ministro Joaquim Barbosa, trata-se de Luiz Edson Fachin.

Recebi, junto com a notícia da indicação, um vídeo que evidencia o critério político da escolha de mais um “companhero” que, se não é filiado ao partido que destruiu física e moralmente o Brasil, é identificado com o seu projeto de poder e, por mais méritos culturais e jurídicos que tenha, nada indica que exercerá o cargo com a isenção que o momento e a situação exigem.

Para um cidadão brasileiro como eu, trata-se, evidentemente, não da nomeação de um Juiz para a Suprema Corte, mas da contratação de mais um advogado para os bandidos do “corruPTo” e do governo. Mais uma tentativa de consagrar e consolidar a impunidade que, em grande medida, é uma das responsáveis pelo caos generalizado que assola o país em todas as áreas da administração pública.

Ao tomar conhecimento da verdade sobre a situação geral do País e da trapaça eleitoral de que foi vítima, a Nação passou a rejeitar a governanta e o projeto de poder do partido que a apóia, cujos integrantes se locupletam, sem nenhum pudor, de recursos públicos e de empresas públicas. Não é por outra razão que compartilham celas na carceragem da Polícia Federal.

A cada dia que passa os brasileiros tomam conhecimento de novos e mais escabrosos casos de crimes contra o erário e a soberania nacionais cuja culpabilidade se aproxima, ameaçadoramente, da pessoa da governanta Dilma Rousseff!

A nomeação de um amigo da causa e, só por isto, de alguma forma, também responsável pelos crimes, para integrar a corte que a julgará, pode ser desespero ou autoritarismo da candidata ao banco dos réus!

Cabe ao Senado Federal analisar a atitude e concluir sobre qual ou quais dos substantivos a definem e responder com a devolução do nome e a mensagem de que tenha vergonha na cara, desista dos meios escusos para livrar-se da culpa, escolha um nome decente e faça delação premiada!

Gen Bda Paulo Chagas

Publicado em Atualidades | 31 Comentários

NÃO IMPORTA A COR DO GATO, DESDE QUE ELE COMA O RATO

CAROS AMIGOS

SE, NAS PRÓXIMAS MANIFESTAÇÕES, COMO AS DO ÚLTIMO DIA 12 DE ABRIL, NÃO ESTIVERMOS UNIDOS, ATENTOS ÀS OPORTUNIDADES E AGINDO PELA FINALIDADE, ESTAREMOS DESPREZANDO A VANTAGEM QUE O PRINCÍPIO DA MASSA NOS TEM PROPORCIONADO E ACABAREMOS POR DIVIDIR-NOS, PERDEREMOS O FOCO, SEREMOS BATIDOS POR PARTES E SOTERRADOS PELO APARELHAMENTO, PELA DEMAGOGIA, PELAS CIRCUNSTÂNCIAS E PELAS NOSSAS PRÓPRIAS CONTRADIÇÕES.

 A MANOBRA, VISANDO A RECUPERAÇÃO FÍSICA E MORAL DO BRASIL, CONSIDERANDO A MAGNITUDE DAS DIFICULDADES E A COMPLEXIDADE DOS PROBLEMAS A SEREM RESOLVIDOS, TEM QUE SER PLANEJADA E EXECUTADA POR FASES, ISTO É, AS FRENTES DE COMBATE E OS OBJETIVOS PRINCIPAIS A SEREM CONQUISTADOS DEVEM SER SELECIONADOS NO ESPAÇO E NO TEMPO, INDEPENDENTE DAS METAS INTERMEDIÁRIAS QUE VISAM A FORTALECER A NOSSA AÇÃO E ENFRAQUECER AS RESISTÊNCIAS DO INIMIGO.

DESTA FORMA, O NOSSO “O1” (OBJETIVO NR 1) DEVE SER:

TIRAR O PT DO PODER DENTRO DA NORMA CONSTITUCIONAL E, ASSIM, RECUPERAR A CREDIBILIDADE DO PAÍS PERANTE NÓS MESMOS E DIANTE DO MUNDO.

SEJA QUAL FOR O SUBSTITUTO DO PT E DA SRA DILMA ROUSSEFF, EM MEIO ÀS POUCAS OPÇÕES QUE SE APRESENTAM NESTE MOMENTO, TEREMOS QUE, SEM PERDA DE TEMPO E DE IMPULSÃO, RETOMAR O MOVIMENTO EM DIREÇÃO A OUTRAS CONQUISTAS QUE CONTRIBUAM PARA A VITÓRIA DEFINITIVA DO PENSAMENTO LIBERAL E DA DEMOCRACIA, COMO ENTENDEMOS QUE DEVE SER.

A SELEÇÃO DE NOVAS FRENTES, A REFORMULAÇÃO DA MANOBRA E A RECOMPOSIÇÃO DOS MEIOS SE TORNAM NECESSÁRIAS PARA CADA FASE DAS OPERAÇÕES E DA “GUERRA” QUE, PELA ORGANIZAÇÃO, PELO DISPOSITIVO E PELA MOTIVAÇÃO DO INIMIGO, SERÁ ÁRDUA E PROLONGADA!

ESTA NÃO É, EFETIVAMENTE, UMA GUERRA A SER VENCIDA “NO GRITO”, MUITO MENOS COM VAIDADES, ARROGÂNCIA OU DESPREZO PELO APOIO MÚTUO, PELA COORDENAÇÃO E PELO CONTROLE NECESSÁRIOS À MANUTENÇÃO DO FOCO E, PRINCIPALMENTE, DA UNIDADE DE PROPÓSITOS.

SE O NOSSO MOVIMENTO SE FORTALECE NO PRINCÍPIO DA MASSA, É, POR OUTRO LADO, CARENTE E VULNERÁVEL NO PRINCÍPIO DA UNIDADE DE COMANDO!

FALTA-NOS FOCO NO OBJETIVO E HUMILDADE PARA ADMITIR QUE “NÃO IMPORTA A COR DO GATO, DESDE QUE ELE COMA O RATO”, OU SEJA, NO MOMENTO ATUAL, NÃO NOS DEVE INTERESSAR O “COMO”, DE QUE FORMA, OS TIRAREMOS DO PODER, MAS, APENAS, QUE TEMOS QUE FAZÊ-LO, DENTRO DA LEI!

NÃO IMPORTA SE SERÁ POR MEIO DO IMPEACHMENT, DA RENÚNCIA, DA DEPOSIÇÃO JUDICIAL, PELO EXTREMO DA “INTERVENÇÃO MILITAR”, OU POR QUALQUER OUTRO MEIO LEGAL. CADA UM DELES TEM CIRCUNSTÂNCIAS, CONTESTAÇÕES E VULNERABILIDADES PRÓPRIAS E A EVOLUÇÃO DOS ACONTECIMENTOS INDICARÁ QUAL DEVERÁ PREVALECER NO MOMENTO DECISIVO E TODOS TEMOS QUE ESTAR PRONTOS A CONTRIBUIR PARA QUE SEJA EXECUTADO O QUE A CONJUNTURA INDICAR COMO OPORTUNO.

A CARÊNCIA DE LÍDERES QUE UNIFIQUEM E CONTROLEM OS DIVERSOS PENSAMENTOS NOS IMPÕE, COMO CONDIÇÃO PARA A VITÓRIA, UM MÍNIMO DE COORDENAÇÃO E UM MÁXIMO DE RESPEITO A TODAS AS PROPOSTAS QUE ESTEJAM COLIMANDO  O NOSSO “O1”!

DESQUALIFICAR, A QUALQUER TEMPO, PARTICULARMENTE DURANTE AS DEMONSTRAÇÕES DE RUA, AS DIFERENTES CORRENTES DE PENSAMENTO, IMPOR ARGUMENTOS PELO VOLUME DOS CARROS DE SOM OU, PIOR, TENTAR BOICOTAR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO DOS GRUPOS ORGANIZADOS É TUDO O QUE O INIMIGO QUER QUE FAÇAMOS NESTE MOMENTO!

ASSIM, TORNA-SE NECESSÁRIO UM MÍNIMO DE COORDENAÇÃO, CONTROLE E RESPEITO MÚTUO ENTRE AS LIDERANÇAS DOS GRUPOS, DE FORMA A QUE CADA CORRENTE DE PENSAMENTO POSSA FAZER, PROPOSITIVAMENTE, A DEFESA DO QUE JULGA SER O MELHOR E O MAIS EFETIVO PARA A CONQUISTA DE “O1”, SEM  QUE HAJA, POR QUALQUER MOTIVO, DESQUALIFICAÇÃO DAS OUTRAS OU DANO AO PRINCÍPIO DA MASSA, PONTO FORTE DESTA FASE DA MANOBRA.

GEN BDA PAULO CHAGAS

= NENHUMA DITADURA SERVE PARA O BRASIL =

Publicado em Atualidades | 17 Comentários

Sejamos arautos da Pátria

Caros amigos

Assistam, clicando no link abaixo, a minha convocação pessoal para o Protesto de 12 de abril de abril de 2015.

https://youtu.be/PBTZtzvBA2c

Eu, minha Família e meus Amigos estaremos na Esplanada dos Ministérios e na frente do Congresso nesse próximo domingo. Peço-lhes que façam o mesmo, para que em 12 sejamos muito mais do que 15! Pelo Brasil e pela Liberdade!

Boa marcha a todos.

Gen Bda Paulo Chagas

 

 

 

Publicado em Atualidades | 12 Comentários

31 de Março, 12 de Abril e o memorial a João Goulart

Caros amigos

Contrariando até o comunista Oscar Niemayer, o governo do Distrito Federal pretende dar continuidade a um insano projeto do irresponsável e desonesto governador Agnelo Queiroz, do PT, e construir, com dinheiro de “não se sabe d’aonde”, em plena crise financeira nacional,  um memorial para um presidente que, antes de ser deposto pela vontade popular, abandonou o cargo e fugiu para o Uruguai!

João Goulart sequer foi eleito presidente! Era candidato a vice na chapa de oposição a Jânio Quadros, ou seja, era um vice que devia gozar de muito menos prestígio junto ao titular do que o atual, Sr Michel Temer.

Não era evidentemente comunista, era, isto sim, um oportunista, discípulo e conterrâneo de Getúlio Vargas e, como ele,  pecuarista de sucesso, dono de extensas propriedades rurais no Brasil e no exterior.

Sua fuga para o Uruguai não o afastou da atividade rural, pelo contrário, permitiu-lhe intensificar a dedicação ao mister produtivo, do qual, imagino, só se desviou para seguir os passos do líder Getúlio, de cuja consagração, como ditador por mais de 17 anos, julgava-se herdeiro.

Na busca de repetir a conquista, aproveitando-se da oportunidade que o acaso lhe oferecia, misturou-se à eterna esquerda radical – dissimulada, incompetente e traiçoeira – que, sempre atenta às brechas da circunstância, como um câncer, infiltrou-se no organismo do estado ao ponto de, em dado momento, declarar-se “no governo, à espreita do poder”!

Populista por formação, o pecuarista João Goulart julgava ser mais esperto do que seus aliados vermelhos e, desprezando a inteligência de todos os brasileiros, praticava uma política pendular entre a direita produtiva e a esquerda totalitária, obtendo como resultado o caos político, econômico e social que acabou por contaminar o tecido militar na forma de indisciplina e quebra da hierarquia.

Em uma visão míope da situação, agravada pela fragilidade de sua personalidade face à delirante influência de seu cunhado, o incendiário Leonel Brizola, Jango, a despeito do aconselhamento de seus mais honestos amigos, imaginando ter seus “aliados” sob controle, deixou-se levar pela ilusão da radicalização, apesar de todos os indícios e evidências de que seria vítima da índole traidora que, historicamente, caracteriza a obra da ideologia que dele se valia para conquistar o poder.

Jango estava no limbo de sofrer um golpe que, além de tirá-lo do governo, com certeza, o levaria à morte no paredão, como reza a cartilha e a tradição comunistas!

Salvou-o do triste e violento fim o contragolpe que, em 31 de março de 1964, representando a vontade nacional, mudou, para sempre, o rumo e o destino do Brasil.

Vivemos, hoje, situação semelhante à daquela época, todavia, a vontade nacional, outra vez, dá-se conta de que tem estado às margens da armadilha de que livrou-se há 51 anos e volta às ruas para manifestar seu repúdio à “nova traição dos mesmos traidores” que, desesperados, evocam um “exército do stédile” e até o nome e a triste memória de João Goulart (sua quase vítima de outrora, ou, o presidente que foi sem nunca ter sido) para criar no imaginário popular obstáculos à reação e à revolta que lhes está a frustrar mais uma tentativa de golpe!

A resposta à proposta inócua, intempestiva e inoportuna de um memorial à João Goulart será dada no próximo dia 12 de abril e estará embutida no conjunto do repúdio à todas as propostas – retrógradas, castradoras e desonestas – dos traidores que novamente ocupam o governo em busca do poder total.

O bom senso recomenda que retrocedam ou que aproveitem as promoções e comprem, com antecedência, suas passagens, só de ida, desta vez, para o “Reino Encantado de Maduro”, ao norte do Brasil.

Gen Bda Paulo Chagas

Publicado em Atualidades | 34 Comentários

CONVOCAÇÃO! O 12 TEM QUE SER MUITO MAIOR DO QUE O 15!

 CAROS AMIGOS

CONHECI, NO ÚLTIMO DIA 20 DE MARÇO, EM SÃO PAULO, TRÊS REPRESENTANTES DO MOVIMENTO BRASIL LIVRE, EM GRANDE MEDIDA, UM DOS GRANDES RESPONSÁVEIS PELO SUCESSO DO MOVIMENTO CÍVICO DE 15 DE MARÇO NA AVENIDA PAULISTA.

AO CONHECÊ-LOS E OUVI-LOS, ENCHI-ME DE ORGULHO DA NOSSA JUVENTUDE E DA SUA DETERMINAÇÃO.

AO MESMO TEMPO, SENTI VERGONHA POR TODAS AS VEZES EM QUE, NA INTIMIDADE DOS MEUS PENSAMENTOS, PENSEI EM DESISTIR DA TAREFA DE “PASSARINHO DIANTE DO INCÊNDIO” QUE A MINHA CONSCIÊNCIA ME TEM IMPOSTO.

CONFESSO QUE ESTAVA CÉTICO EM RELAÇÃO À CONVENIÊNCIA DE VOLTARMOS À RUA NO PRÓXIMO DIA 12 DE ABRIL, MAS, VENDO A CONVICÇÃO DAQUELES  JOVENS, MUDEI DE IDÉIA E ABOLI, EM DEFINITIVO, O PESSIMISMO DO MEU VOCABULÁRIO E DAS MINHAS ATITUDES!

CONVENCI-ME DE QUE ESTAMOS NO CAMINHO CERTO E QUE VAMOS CONQUISTAR OS OBJETIVOS INICIAIS QUE A SALVAÇÃO DA PÁTRIA EXIGE DE NÓS TODOS, PORQUE OS SALVADORES DA PÁTRIA SOMOS NÓS!

O PROJETO DE PODER E A PERMANÊNCIA DO PT NO GOVERNO, JUNTO COM TODOS OS CORRUPTOS QUE EM TORNO DELE GRAVITAM, ESTÃO COM OS DIAS CONTADOS!

SE NOS EMPENHAMOS E NOS ARRISCAMOS PARA GARANTIR O FUTURO DE NOSSOS FILHOS E NETOS, TEMOS QUE ENXERGAR NOS JOVENS QUE SE TÊM COMPROMETIDO COM INTELIGÊNCIA, GARRA E URBANIDADE PELAS MUDANÇAS O PRÓPRIO FUTURO LUTANDO POR SI MESMO, CORRIGINDO O QUE A NOSSA OMISSÃO EM OUTROS TEMPOS  PERMITIU QUE ACONTECESSE.

NÃO PODEMOS DEIXAR DE ESTAR COM ELES EM MAIS ESTA EMPREITADA.

TEMOS QUE PEGAR JUNTOS, COM O MESMO ENTUSIASMO, COM A MESMA POSTURA, COM A MESMA URBANIDADE, COM A MESMA VEEMÊNCIA, SEM VIOLÊNCIA, SEM VANDALISMO, MAS COM MUITO MAIS GENTE E MUITO MAIS CONVENCIDOS DE QUE AS NOSSAS CORES SÃO O VERDE, O AMARELO, O AZUL E O BRANCO E CONSCIENTES DE QUE PRECISAMOS VENCER, UNIDOS, TODOS OS DESAFIOS QUE A SALVAÇÃO E A MUDANÇA DO BRASIL NOS EXIGEM.

NÃO SOMOS MERCENÁRIOS BOLIVARIANOS, HAITIANOS OU CUBANOS, NEM TAMPOUCO ARRUACEIROS, SOMOS BRASILEIROS E PATRIOTAS.

EU, MINHA FAMÍLIA E OS MEUS AMIGOS ESTAREMOS NA ESPLANADA E NA FRENTE CONGRESSO TANTAS VEZES QUANTAS FOREM NECESSÁRIAS PARA MUDAR O BRASIL!

PEÇO-LHES QUE FAÇAM O MESMO, PARA QUE EM 12 SEJAMOS MUITOS MAIS DO QUE EM 15!

PELO BRASIL E PELA LIBERDADE!

BOA MARCHA A TODOS!

GEN BDA PAULO CHAGAS

Publicado em Atualidades | 25 Comentários

Circunstâncias e condicionantes para uma intervenção militar

Caros amigos

A Constituição Federal (CF), indevidamente elaborada por políticos e anistiados políticos, não eleitos para este fim, é essencialmente permissiva e pródiga em direitos.

Seu foco principal foi a criação de artifícios para proteger os  cidadãos, particularmente os próprios políticos, da força coercitiva do Estado e, objetivamente, a inibição de qualquer iniciativa semelhante a que, em 1964, frustrou a segunda tentativa de tomada do poder pelos comunistas.

Não vem ao caso, neste texto, analisar se assim foi feito para criar uma nova oportunidade para o golpe da extrema esquerda ou não, mas o fato é que criou e que estamos vendo e sofrendo as consequências de uma nova ameaça!

Dentre essas, ressalta o aumento exponencial da criminalidade, decorrente da ampliação das possibilidades de sair-se impune da prática de crimes e de contravenções, isto é, em meio aos caminhos desenfiados e às artimanhas protelatórias introduzidas nos processos  judiciais,  a prática criminosa passou a ser compensatória.

A melhor prova dessa afirmação são os escândalos de corrupção que, no momento, ameaçam a saúde econômica, política, social e moral da Nação.

Coerente com o foco estabelecido, em seu artigo 142, a CF/88 diz, claramente, que o emprego das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem deve ser fruto da iniciativa de um dos poderes da República e não dos próprios militares.

 É preciso, no entanto, ter em mente que o texto constitucional foi elaborado logo após o término dos governos militares, período em que a ação autoritária do governo se fez necessária para garantir a segurança pública e institucional, a ordem, o cumprimento das leis e a própria democracia, objetivos do movimento de 1964.

Os militares, buscando recuperar-se do desgaste sofrido no período, voluntariamente, alhearam-se do processo político. Atitude que se prolonga para além do exigido pela consolidação do prestígio e da confiança que nunca deixaram de merecer.

Em silêncio prolongado, deixam, no entanto, de atender à demanda da sociedade por referências e horizontes confiáveis que, devido à sua reconhecida formação moral e ao seu inquestionável comprometimento com a Pátria, seriam, no momento, as melhores fontes de orientação para o exercício da cidadania.

Esta carência tem induzido um grupo significativo de brasileiros a propugnar por sua volta ao poder através de uma intervenção cuja iniciativa, constitucionalmente, não lhes cabe, todavia, a lei da lógica torna lícito inferir que o DEVER patriótico sobrepõe-se a qualquer outro QUANDO e SE o nível de deturpação da ordem chegar a ameaçar a SEGURANÇA DA PÁTRIA.

Neste caso, todo o espectro de danos causados por uma “intervenção militar” apequena-se diante do mal maior causado pela incúria, pela incompetência ou pela falsidade de propósitos dos homens e das mulheres escolhidos para defender o interesse, o patrimônio e o futuro da Nação.

O acompanhamento cerrado e circunstanciado da conjuntura e dos atos e fatos ocorridos dentro e fora do País e a precisão do momento e da real necessidade de uma “intervenção militar” ao arrepio do espírito da constituição é, portanto, dever adicional de quem tem sobre seus ombros a responsabilidade pela DEFESA DA PÁTRIA.

A minha formação, o meu conhecimento dos  Soldados e de seus Comandantes e a confiança daí decorrente permite-me tranquilizar diante da ocorrência dessas circunstâncias e condicionantes!

Gen Bda Paulo Chagas

Publicado em Atualidades | 42 Comentários