Lições aprendidas

Caros Amigos
Quando Dilma Rousseff venceu a eleição para a Presidência da República, sem negar o gosto amargo da derrota, chamei o sucesso de seus eleitores de uma Vitória de Pirro, obtida a preço alto e que traria prejuízos que custariam caro, muito caro, a todos nós.
Nas contas daquele pleito, 45% dos brasileiros, enganados, comprados, contaminados, coniventes ou comprometidos, haviam eleito o programa do corruPTo para conduzir os destinos do Brasil, 21% tinham lavado as mãos e se omitido ou desistido do Brasil e  34% tinham apostado no outro projeto ou, como eu, se haviam empenhado para que o pior fosse evitado.
Perdêramos todos, mas a Democracia ainda estava de pé e os brasileiros tinham a LIBERDADE que um dia abrira suas asas sobre nós!
O programa de governo, no entanto, escrito, assinado, não lido, mas divulgado e enaltecido, ameaçadora e arrogantemente, por José Dirceu, o mafioso de muitas caras e nenhum caráter, contemplava como fundamento e alicerce a morte da LIBERDADE.
Muitos dos que deram seu voto, inocentemente, às conveniências da circunstância, acreditando no efêmero agrado da demagogia ou inebriados por vantagens voláteis, não conseguiam enxergar a falsidade, a hipocrisia e a truculência escondidas por trás do sorriso enigmático da nossa “Prima Donna”!
Era a Democracia, manipulada em sua maior virtude e máxima vulnerabilidade, a liberdade de ser contra tudo, inclusive contra ela própria!
A estratégia da vitória, bem sucedida na decadente Venezuela e em outras não menos decadentes repúblicas latino americanas, fora traçada no famigerado Foro de São Paulo, cujo poder satânico continuávamos a subestimar e a ignorar.
Passamos a sentir na carne, mais cedo do que pensavam os mais pessimistas, as conseqüências daquela imprudência e os olhos da maioria abriram-se para a realidade. A Nação, valendo-se de um erro estratégico da esquerda mais radical e desordeira, apropriou-se das manifestações de rua e, em massa, reagiu em defesa de seus valores, deturpados e ameaçados pelos estrategistas do mal, lobos em pele de carneiro, hipócritas travestidos de democratas!
Deus, como sempre, nos protegeu e iluminou, tirando nosso destino das mãos totalitárias e liberticidas de Dilma Vanda Rousseff e José Caroço Dirceu!
Ela vive hoje seu inferno astral e, se os brasileiros aprenderam, não será mais eleita para nada, nem para síndica de prédio, ele e outros comparsas, julgados e condenados por crime de corrupção, aguardam a ordem de prisão.
Lula, o líder e mentor de todos os males, por razões estratégicas e de saúde, está escondido e calado, aguardando a sua vez de prestar contas de suas mazelas ao povo e à justiça, será desmascarado!
O Foro de São Paulo, que se reunirá na primeira semana de agosto, na capital dos paulistas, merecerá, por sua vez, a demonstração de repúdio dos democratas, no mesmo diapasão com que os vândalos vermelhos que o representam têm tentado desafinar o coral das ruas.
Foi de fato uma vitória de Pirro, pagamos e ainda pagaremos muito caro pelo erro, mas Deus, em sua indisfarsável preferência pelo Brasil, há de querer que tenhamos aprendido a lição!
PChagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Lições aprendidas

  1. Aloísio Fernando disse:

    “Alerto o Brasil que este é só o 1º passo, diz Barbosa após absolvição no STF só o começo”! Não o começo teve início quando o Famigerado “Molusco” recebeu a faixa presidencial.Esse foi o começo.Estamos no momento atual em pleno desenvolvimento para transformar o Brasil em uma “República Bolivariana Socialista”,tal como o são Cuba e a Venezuela,com quem esse Desgoverno corrupto e espúrio tem convivido como Parceiros e Companheiros de mesmo ideal.
    A Suprema Corte do País,penúltimo baluarte da Democracia e da Legalidade,foi subjugado por magistrados a serviço do PT.Reformaram uma sentença,transitada em julgado,rindo da cara de todos os brasileiros.O “Golpe de Estado”,que seria dado através do Mensalão,só foi adiado.Os planos e esforços para isso continuam em desenvolvimento.Os “magistrados” Luís Roberto Barroso, Cármen Lúcia, Dias Toffoli , Ricardo Lewandowski,Teori Zavascki e Rosa Weber,de conluio escancarado,sem nenhum pudor,inocentaram os réus condenados ” do crime de formação de quadrilha”.Nessa hora “CRÍTICA”,EM QUE DÃO UM VIGOROSO PASSO PARA COMPLETAR SEUS PLANOS VIS PARA LEVAR O PAÍS A DESORDEM CIVIL,só nos resta rogar ao último baluarte da Democracia. Aos defensores da Lei,da Ordem e da Sociedade Brasileira,as Forças Armadas! Assumam Soldados Brasileiros o dever que lhes compete,que é impedir a desestruturação da Nação.
    Se isso não for feito,logo nos veremos frente a frente em confrontos armados.Os que desejam a desordem social e os que não a desejam.Permanecerei atento ao chamado dos que não desejam.

  2. Marco Antônio Fontana de Oliveira disse:

    Vamos voltar nossos pés ao chão, e deixarmos toda hipocrisia de lado! O problema são os corruptos! Tanto os de esquerda, quanto os de direita. Corrupto não tem ideologia! A atualidade deixa nítida e claramente, uma grande verdade: “Os capitalistas não querem mais financiar as democracias!” Eles ganham mais dinheiro com regimes autoritários, que incentivem o consumo, liberam a agiotagem, do que as democracias. Desta forma eles fazem o povo escravo, de uma nova escravidão, e impõe uma nova tirania. Deus nunca foi brasileiro! Se fosse, nos faria um povo virtuoso! Prezado General! Sofremos hoje, os erros do passado! A gloriosa revolução de 1964, após seus primeiros 5 anos, teve seus rumos alterados, e os militares para se manterem no poder, permitiram que as velhas raposas do Brasil, se aliassem a eles. São os Sarneys da vida, os Malufes, e tantos outros que destruíram com o regime militar, e fizeram os brasileiros quererem a redemocratização do país. E novamente outro erro! Hoje tenho convicção de que o primeiro erro aconteceu em 1500. De lá para cá, é só erro em cima de erro!

    • Caro Marco Antônio
      Respeito a sua opinião, como bem merece o regime que entendo ser o melhor para o Brasil.
      Erros houve muitos durante a história, afinal é a história dos homens e, dentre os homens, sobressaem os que compreendem esta limitação e aceitam com humildade a falibilidade.
      A boa prática está em aprender com os erros e não repeti-los. Quem os repete demonstra falta daquela virtude ou de inteligência.
      A evolução de cada povo depende desse entendimento e, para isto, não há atalho!
      Obrigado pelo comentário!
      PChagas

  3. Solange Fernandes Garrido disse:

    General Paulo Chagas por favor, as FFAA não irão intervir? Não aguento mais o MST, CUT e outros fazendo o que querem e não são presos. Luladrão até agora não foi preso. O Congresso
    a maioria é corrupto, está enfim tudo aparelhado a favor dos comunistas. O que as FFAA estão
    esperando para agirem? Não irão agir? Se as FFAA não intervirem o nosso país será destruído
    todo, moral e fisicamente. A maioria dos políticos terão que ser destituídos de seus cargos e irem
    presos, porque não fizeram nada pelo povo. Se as FFAA não intervirem, nada mudará.
    Desde já muito obrigada, Solange.

    • Prezada Solange, felizmente, não concordo com o seu pessimismo, nem tampouco, como brasileiro e eleitor, entendo que as FFAA tenham que deixar de ser ARMADAS e transformar-se em POLÍTICAS para resolver um problema criado pelas nossas más escolhas e pelo nosso descaso para com a política. Esses canalhas estão no poder porque nós achávamos que a política era, naturalmente, coisa de canalhas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s