Relacionamentos, indisciplina, confiança e liderança

Caros amigos

Garimpando conceitos e compilando James Hunter, em O Monge e o Executivo, compartilho, para meditação, o texto a seguir, motivado por recente manifestação de um Sargento por melhores salários.

Segundo o autor citado, tudo na vida gira em torno de relacionamentos. Se, por exemplo, a sociedade prefere ter sua segurança pública entregue aos soldados e não ao polícias, existe um problema de relacionamento a ser estudado pois, as necessidades dos clientes, a população, não estão sendo identificadas nem tão pouco satisfeitas pelas instituições policiais. “Se não correspondemos às necessidades de nossos clientes, alguém o fará”.

O mesmo princípio se aplica aos empregados, ou à tropa em uma organização militar. Agitação, evasão, greves, manifestações ao arrepio da disciplina, baixo moral, baixa confiança e baixo comprometimento são sintomas de problemas de relacionamento, ou seja, as necessidades legítimas dos subordinados não estão sendo satisfeitas.

Se as instituições militares não cumprem a contento o seu dever para com o Estado a que servem há um problema de relacionamento que tem como consequência a perda de confiança dos governantes e dos políticos e a mingua dos investimentos que as mantém operativas e modernas.

Se os cidadãos não sentem confiança nos soldados, as instituições perdem prestígio e este problema de relacionamento faz com que a Nação torne-se vulnerável a ameaças internas e externas, fragilizando a liberdade e a soberania.

Em suma, relacionamentos saudáveis com a sociedade, com os subordinados e com as autoridades asseguram a eficiência das Forças Armadas e seus líderes devem conhecer e compreender este princípio.

Há quem pense que o que realmente faz e mantém a tropa, os empregados , ou quem quer que seja felizes é o dinheiro!

O dinheiro é, realmente muito importante, entretanto, de acordo com Hunter, pesquisas sobre o que as pessoas mais esperam de suas organizações mostram o dinheiro no quarto ou quinto lugar da lista. O tratamento digno e respeitoso, a valorização do trabalho, a capacidade de contribuir para o sucesso da organização e o sentimento de participação sempre aparecem acima do dinheiro.

Assim, o ingrediente mais importante num relacionamento bem sucedido é, simplesmente, a confiança. Sem ela é difícil, senão impossível, conservar um bom relacionamento. “A confiança é a cola que gruda os relacionamentos”.

Sem níveis básicos de confiança em todos os sentidos, os casamentos se desfazem, as famílias se dissolvem, as organizações tombam, os países desmoronam.

Um líder é alguém que identifica e satisfaz as necessidades legítimas de seus liderados e remove todas as barreiras para que possam servir ao cliente, a Nação, no caso dos soldados. Para liderar é preciso servir e, para tal, o líder deve estar sempre preocupado com as necessidades e não com as vontades daqueles com quem se relaciona, serve e depende para o sucesso da missão.

Uma necessidade é uma legítima exigência física ou psicológica para o bem estar do ser humano. A autoestima, por exemplo, é fundamental para a eficiência dos soldados e inclui a necessidade de sentir-se valorizado, tratado com respeito, apreciado, encorajado, tendo seu trabalho reconhecido e justamente recompensado.

Neste processo de satisfazer necessidades será preciso, portanto, que o líder faça, frequentemente, sacrifícios por aqueles a quem serve.

“Você colhe o que planta. Você me serve, eu servirei você. Você se arrisca por mim, eu me arrisco por você”.

A liderança que pretenda ser efetiva deve basear-se na confiança. Para os soldados é a confiança no “Canal de Comando”.

A autoridade do Comandante se estabelece quando há certeza de que ele serve aos subordinados e sacrifica-se por eles!

PChagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Relacionamentos, indisciplina, confiança e liderança

  1. Meu pai gostou do seu Blog e você?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s