Os sem causa e sem honra!

Caros amigos

A “esquerda caviar”, em mais uma de suas atitudes ridículas e incoerentes, propõe a cassação do título de Doutor Honoris Causa concedido pela UNICAMP ao Coronel Jarbas Passarinho, em 1973!

Atitude digna de quem se afoga em mentiras e contradições e que não encontra argumentos decentes para dar continuidade a uma exasperada e inútil tentativa de demonizar os militares.

Considerando que os “predicados” do Sr Luiz Inácio Lula da Silva lhe proporcionaram vários desses títulos e se não fosse pela descortesia para com os integrantes do Conselho Universitário que, em 5 de agosto, mantiveram a outorga, era o caso de sugerir ao homenageado o envio do documento aos signatários do abaixo assinado para que fizessem com o “papel” a higiene do que sobra das “obras” que resultam do esforço de cada um para fazer algo que sirva, pelo menos, de adubo!

A alegação de que a manutenção da honraria, concedida há mais de 40 anos, “afronta todos os que prezam os direitos humanos, as liberdades democráticas e o pensamento crítico” não encontra guarida na lógica nem na realidade do que vivemos hoje quando os vemos diuturnamente ameaçados, agredidos e desrespeitados!

Dizer que a trajetória pública de Jarbas Passarinho é a negação de valores como o debate político, a produção cultural, a livre pesquisa científica e a defesa dos direitos humanos, é mais do que ultrajante, é deboche da inteligência, da cultura, do conhecimento e da verdade!

Ao insistirem em falar pejorativamente dos “legados da ditadura militar”, demonstram que, mesmo tendo os olhos na nuca, não enxergam o próprio rabo e, ao tentar denegrir a imagem de um homem com a cultura e a folha de relevantes serviços prestados à Nação como a do Coronel, Senador, Governador e Ministro Jarbas Passarinho, põem em cheque a sua honestidade de propósitos e os títulos de formação que ostentam!

Ao se abaixarem para assinar tamanha estultícia e antes de prosseguir na vereda da leviandade, deveriam pensar em devolver seus próprios títulos, já que a sua atitude e a sua argumentação demonstram que não possuem nem honoris” e muito menos causa” para ostentá-los!

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Os sem causa e sem honra!

  1. Marina disse:

    Lembrei-me do livro “1984”, de George Orwell, quando descreve a função de Smith naquela sociedade: apagar dados históricos e substituir por novos, mais convenientes para o sistema. Inclusive nesta mesma obra destaca-se a importância de se limitar bastante o vocabulário, pois um povo iletrado é mais fácil de ser conduzido, assim foram reduzindo cada vez mais os dicionários e sumindo com os livros. Nesta semana no congresso estão discutindo mais alterações na ortografia, simplificando-a! Adeus, NORMA CULTA!!!!

  2. Ótimo texto General! E esse não é um caso isolado, a tal esquerda caviar vem mostrando cada vez mais as suas presas, tão logo irão empunhar a força uma “democracia” (leia-se em tom de sarcasmo) comunista/socialista. Então, mesmo que você já tenham respondido para outros leitores, aqui deixo meu pedido de um trabalhador que paga aluguel, é casado, não tem tudo que quer mas que trabalha e luta para ter… Estamos a beira do abismo comunista/socialista, estamos em meio ao caos senhor! Senhor, deixo aqui meu pedido as FFAA que utilizem do poder que o povo não obtem nesse momento para colocar o Brasil no eixo. Essa corja já se instalou em todos os pontos do poder, democraticamente não é mais possível e está ai o foro de SP, partidos fortemente comunistas querendo estatizar tudo e uma recente assinatura de Dilma que praticamente dá poder ao MST e outros vagabundos a se apropriar de moradias alheias… Senhor, deixo aqui meu pedido de intervenção militar! Sou patriota, tenho 23 anos, recebi dispensa quando me alistei, mas se hoje for chamado, irei com o orgulho estampado em meu rosto! Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

  3. Ronaldo disse:

    Prezado General Paulo Chagas, vemos nessa atitude uma velha tática subversiva dessa metástase sul-americana do comunismo soviético, que deve ser extirpado pela sua raiz.
    Demonizar as forças armadas, a polícia, cujo serviço é proteger e devolver a ordem é justamente pensamento de bandido, pois a polícia é vista como má para estes.
    Ora, cabe ao povo enxergar com clareza e observar que ao ver as forças armadas e a polícia como “inimigo”, talvez estejam trocando de time, passando a maldizê-las como todo pilantra faz. E é essa a intenção deles, instaurar o caos, a desconfiança, a dúvida, a desordem, invertendo os papéis do mocinho e do bandido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s