Estamos fortes e municiados para enfrentar o PT!

Caros amigos

A derrota, em qualquer situação, é dolorida. No entanto, devemos ter sempre em mente o ditado que diz:

“Mais vale a dor da derrota do que a vergonha de não ter lutado”!

Nós lutamos! E o fizemos muito bem! Chegamos muito perto do objetivo. Tão perto que até as teorias de fraude parecem plausíveis.

Cabe a quem de direito e a quem o direito exerce por fé e convicção questionar a Justiça sobre os indícios que julgarem procedentes. É um direito e um dever dos cidadãos.

Devemos, por outro lado, analisar, mesmo que superficialmente, a situação vigente após a disputa eleitoral e dela tirar as conclusões lógicas que favorecem a nossa causa, ou seja, “fazer do limão uma limonada”!

Perdemos o pleito, mas saímos dele fortalecidos, sem dúvidas!

Somos a metade do eleitorado brasileiro, ou mais, se contarmos com a dúvida das abstenções.

Representamos o Brasil que mais produz, o Brasil responsável pela maior parte dos recursos que, por intermédio de impostos escorchantes, sustentam o “Bolsa Esmola”, absurdo curral eleitoral do PT, usado para aterrorizar ignorantes, pobres coitados que, na maioria dos casos, nem sabem que estão sendo usados e que, se depender do Lula e seus asseclas, nunca se livrarão da condição de mendigos do governo!

Temos (até que enfim!) um incontestável líder político de oposição, o Senador Aécio Neves, fortalecido e prestigiado pelo nosso apoio e por suas impecáveis e honestas performances nos debates e nas entrevistas que compuseram a essência da campanha.

Estruturamos um Congresso em que o PT não tem o domínio que teve em outras legislaturas. Elegemos e reelegemos representantes combativos e convencidos de que a proposta do PT não serve para o Brasil.

Trouxemos de volta ao Congresso personagens de importância na política nacional, vitimados pelas traições da “metamorfose ambulante”, o Sr Lula da Silva.

Teremos, em 2015 e ainda em 2014, uma Casa Legislativa que sabe o quanto perderia de poder e prestígio se não tivesse derrubado, como o fez ontem à noite, o  Decreto 8243, da Política de Participação Social, verdadeira pá de cal sobre a criação dos “sovietes” brasileiros e primeira derrota do governo reeleito!

Podemos sentir, desde já, o repúdio dos congressistas à ideia de um plebiscito que venha a decidir sobre uma reforma política que contemplará, principalmente, os interesses castradores preconizados por Havana, capital do Foro de São Paulo!

Todos enxergam que o País está quebrado, que o mercado nacional e internacional não acredita na competência da Governanta Dilma, que o custo de vida vai decolar, que a inflação vai sair do controle – se já não saiu -, que os iludidos estão endividados e inadimplentes, que a Petrobrás está em ruínas, que o preço dos combustíveis vai disparar, enfim, que, a continuar esta situação, economicamente, a Argentina e a Venezuela, são o Brasil de amanhã!

E o mais importante: o mundo todo sabe, aí incluído grande parte do eleitorado petista, que a culpa do desastre anunciado é da incompetência e da irresponsabilidade do Partido dos Trabalhadores e do seu estúpido projeto bolivariano de poder!

Se somarmos o “Petrolão – Lava Jato” e o processamento das denúncias de Paulo Roberto Costa e de Alberto Youssef a essas evidências de força (nossa) e de fraqueza (deles), podemos ainda sonhar com a possibilidade de “impeachment” da Governanta reeleita, enviando-a para cumprir pena na Papuda em companhia do seu mentor, Lula da Silva! Basta que a PF prove e que cobremos uma atitude coerente das lideranças decentes que elegemos e que instituímos durante a campanha eleitoral!

Nossa mais grave vulnerabilidade é a possibilidade de o Senado Federal não vetar a indicação para a Suprema Corte de Justiça de mais cinco Ministros alinhados com o projeto petista, o que colocará mais este poder nas mãos do Partido dos Trabalhadores. A nossa participação é essencial neste assunto. Cabe-nos não permitir que os nossos Senadores, sob a liderança de Aécio Neves, se omitam ou estejam desatentos à manobra que, certamente, será montada para engambelá-los!

Podemos, assim, concluir este texto reafirmando, com otimismo, que perdemos a eleição para o cargo de Presidente da República, mas saímos efetivamente fortalecidos e municiados para enfrentar os desafios do último mandato petista!

Gen Bda Paulo Chagas

= Nenhuma ditadura serve para o Brasil – Grupo Ternuma =

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

22 respostas para Estamos fortes e municiados para enfrentar o PT!

  1. charllys disse:

    Os militares que, baseados no precedente da derrubada de João Goulart, alegam nada poder fazer enquanto a “sociedade civil” não se pronunciar, enganam-se — ou nos enganam — num ponto essencial: em 1964 a mídia praticamente inteira era independente o bastante para posicionar-se contra o governo. Como comparar os bravos jornais e canais de TV da época com aqueles que durante dezesseis anos ocultaram a existência do Foro de São Paulo, protegendo-o com um manto de silêncio para que crescesse em segredo, longe de toda fiscalização popular, e só se tornasse conhecido quando fosse tarde para deter a realização dos seus planos macabros? O clamor popular que não chega às manchetes, que não chega ao noticiário da noite, pode ser o mais veemente de todos os tempos, mas, para quem só respeita o que vem de cima, é como se não existisse. Sem o silêncio obsequioso da Folha, do Estadão e do Globo, o PT já teria caído do poder há mais de uma década, quando se comprovou o seu conluio com governos estrangeiros e com organizações criminosas para dissolver a soberania nacional num monstrengo continental chamado “Pátria Grande”. Os militares sabem perfeitamente bem que a revolta popular existe, e não poderiam ter obtido melhor prova disso do que o entusiasmo antipetista que tomou as ruas durante a campanha eleitoral, enquanto o partido governante mal conseguia juntar numa esquina trezentos militantes pagos. O que parecem não saber é que estão atrelando o seu patriotismo à voz de comando de uma mídia vendida e subserviente, que jamais os convocará à ação. Só respeitar a voz do povo quando vem com a chancela das grandes empresas cúmplices do PT é desrespeitá-la. Qualquer que seja o caso, estão esperando um apelo que sabem que jamais virá. Ou deveria eu escrever “PORQUE sabem que jamais virá”? Espero, sinceramente, que não.

    • Caro Charllys, nosso maior inimigo não é o PT, mas o pessimismo com o qual justificamos o medo que temos de enfrentá-lo de frente. Achamos que basta chamar a imprensa de vendida e as FFAA de omissas que estaremos justificando a nossa própria inação ou a falta de coragem para correr os riscos de enfrentar o desafio de tirá-los do poder. Há Servidores do Estado que têm conhecimento suficiente para derrubar o PT mas que, por medo (plenamente justificável) de perder o emprego ou a função, deixam de fazê-lo. Como disse para um outro amigo: A Intervenção Militar só se justifica para evitar um mal maior do que ela própria…

  2. Lucas Couto disse:

    Caro General,sábias palavras!!
    Acredito que essa luta da Câmara com o governo irá se transformar em algo rotineiro e desgastante, tanto que o PSOL esta tentando levantar o decreto 8243.
    Qual o nível que precisa ser atingido para que possa haver uma intervenção militar?
    Estamos cansados desse emparelhamento feito pelo governo do PT, colocando os poderes nas mãos dos ladrões!

    • Caro Lucas, a “Intervenção Militar” só se justifica se não houver outro recurso para evitar um mal maior do que ela própria!

      • Aparecida Donizeti de Oliveira disse:

        Senhor General Paulo Chagas,senti coerência e sabedoria em suas palavras.Realmente, nenhuma ditadura é boa para o Brasil, para nenhum povo.Sinto imensa piedade do povo venezuelano, por exemplo.Entretanto,tranquilizou-me saber que podemos contar com as Forças Armadas em caso extremo.Espero em Deus que não chegue esse dia,pois há muitos brasileiros que não reconhecem(foram”doutrinados” para isso.) a importância da Intervenção de 1964.Confio que as Forças Divinas estão trabalhando nos bastidores da Espiritualidade pelo nosso país e contando com a nossa humilde e fundamental colaboração.Entretanto,General, assusta-me o fato de a presidente Dilma ainda não ter sido impedida ,assim como o presidente Lula há anos atrás. Não confio mais na oposição (pelo menos na maioria).Creio que começaram a se movimentar mais por medo de uma possível Intervenção Militar.Tenho lido sobre o envolvimento de FHC em acordos esquerdistas,presença no Foro de São Paulo etc.Nós ,que temos saído às ruas,não sentimos um apoio efetivo de alguém da oposição,nem da imprensa,o senhor sabe disso.Tenho 3 filhos jovens e bons,íntegros, graças a Deus! Tenho jovens alunos,adolescentes…Seria possível, senhor Paulo Chagas,um esclarecimento mais amplo da população quanto ao Exército Brasileiro? Que são nossa defesa e não nossa ruína?Que em 1964 foi, como o senhor e o general Augusto Heleno disse,uma reação,uma necessidade em nossa defesa ,contra as investidas de forças ditatoriais e cruéis? Os excessos, infelizmente,acabam acontecendo,pois os militares são pessoas normais,com personalidades próprias e, finalmente, estávamos numa guerra…Agradeço a sua atenção aos nossos medos, preocupações, questionamentos.Muita luz ao senhor e ao exército!

        Abraços meu e de minha família!

      • Cara Aparecida, eu poderia lhe escrever muito sobre o Exército Brasileiro e suas capacidades, mas resumo tudo lhe assegurando que os Soldados do Brasil estão preparados para cumprir TODAS as suas missões e, nestas ações, a única coisa que temem é o risco de por em risco a vida de cidadãos brasileiros inocentes. Eles correrão todos os riscos para evitar este risco! Simples assim…

  3. João Luiz Martins disse:

    Gen Paulo Chagas, assista os seguintes videos…

    http://m.youtube.com/watch?v=V8eNnPQYcf4

    http://m.youtube.com/watch?v=yq7uxGy4bOw

    http://m.youtube.com/watch?v=bONIzFxJP6U

    http://m.youtube.com/watch?v=JAQIec_nSOQ

    Dentre outros inumeros videos constatando a fraude as eleições.
    O que podemos fazer ?

    Att
    João Luiz Martins

    • Caro João, podemos e devemos mover Ações Populares, explicitando, denunciando e pedindo providências para o que vemos de errado! São direitos gratuitos do cidadão brasileiro! É uma ideia, uma sugestão e um bom começo!

  4. José Lucas Bueno de mello disse:

    Minha preocupação é que ontem a tão acusada Rede Globo juntamente com toda a mídia, depois do pleito, mostrou as obras inacabadas, a desgovernança dessa presidentA, e o que mais apavora é um país completamente dominado, onde a oposição parece ser de faxada e combinada. Paz e amor. A segurança que garantiu a tranquilidade da copa, acabou no dia seguinte. A criminalidade se mostra cada vez muito mais organizada. A devastaçlão de nossas florestas crescem em ritmo assustador, não tem mais volta, praticamente, diz uma notícia hoje no Globo. E quem nos protege? As empreiteiras que realizam os serviços para o governo desde os governos militares, depois para Collor, FHC, são as mesmas atoladas nos escândalos atuais e nas obras Cubanas. Quem manda de verdade? O POVO. E quem defende os interesses do POVO?

    • Caro José Lucas, minha resposta é: “O POVO”! Ele é que tem que definir o que é bom para o Brasil. E quem é “O POVO”? Resposta: Somos nós – eu, você, os eleitores da Dilma, os eleitores do Aécio, os que se omitiram na eleição, os que não votam mais e os que ainda não votam!
      Essa é a gente que tem definido e que ainda vai definir os destinos do Brasil. E se os caminhos que trilhamos não são os que eu e você achamos que deveriam ser trilhados, é por que não estamos sendo competentes na defesa das nossas convicções. Temos que melhorar!

  5. Rogerio disse:

    Quem é Dias Toffoli,a criatura que tem uma carreira jurídica administrada e conduzida por Lula e sua quadrilha, merece analise:
    O cara foi graduado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (1986 – 1990).
    Trabalhou como advogado em São Paulo, de março de 1991 a julho de 1995 como consultor jurídico do Departamento Nacional dos Trabalhadores Rurais da Central Única dos Trabalhadores (1993 – 1994), isto é, já estava a serviço da petezada.
    Em 1994 e 1995 prestou concurso para juiz substituto do Estado de São Paulo mas foi reprovado nas duas vezes. Faltou-lhe competência. Desistiu de entrara na Magistratura pela porta da frente e definitivamente juntou-se ao PT. Assim, entre 1995 e 2000, foi assessor jurídico da liderança do Partido dos Trabalhadores, na Câmara dos Deputados, em Brasília.
    Foi advogado do PT nas campanhas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 1998, 2002 e 2006.
    De janeiro de 2003 a julho de 2005, exerceu o cargo de subchefe da área de Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República, durante a gestão de José Dirceu. Isso mesmo, aquele José Dirceu, o maior corrupto que este Pais já viu!
    Em 12 de março de 2007, a convite do presidente Luiz Inácio Lula da Silva — de quem Toffoli foi advogado de campanha —, assumiu como Advogado–Geral da União, função que exerceu até outubro de 2009.
    Tornou-se ministro do Supremo Tribunal Federal em 23 de outubro de 2009. Indicado por quem? Lula!
    Em 2009 chegou ao TSE como ministro substituto, e desde 08/04/2014, a serviço do PT, esta na presidência do TSE. Isto é, colocado lá, bem a tempo de comandar a mais importante eleição deste País, que hoje se sabe que foi fraudada!
    Então, a quem este senhor serve realmente? ao Brasil? Com certeza não!

  6. Samarone Gomes disse:

    Gen o que o senhor pensa sobre, nesse próximo mandato da Dilma o PT, o PT terá indicado todos os 11 ministros do supremo, eu acho que isso será o golpe final em nossa democracia.

    • Caro Samarone, eu também acho, mas não acredito que o Senado Federal vá aprovar outra vez a indicação de nomes como o de Dias Toffoli para a Suprema Corte, porquanto não acredito neste tipo de suicídio!

      • José Scalassara disse:

        Caro General Chagas: Preste atenção, pois parece que o primeiro candidato ao STF é o pulha do presidente da OAB-Brasília, que é totalmente PT. Se não me engano. é o tal que quis negar o registro profissional do Ministro Joaquim Barbosa…

      • Caro José, concordo com o adjetivo. Temos que cobrar do Senado, particularmente do Senador Aécio Neves e daqueles em quem votamos, a desaprovação do seu nome!

  7. Adalberto Pimentel disse:

    Maçã podre, é assim que vejo o PT. Eles são tendenciosos e não inspiram confiança. Não é revolta, mas para mim eles não inspiram e não posso mudar aquilo que percebo, Não que os outros partidos sejam grande coisa. O problema é que na verdade, parece que a gente não tem outra opção e a escolha está muito difícil, a ferrugem está em todos os partidos, mas o PT apodreceu e creio sim, que ele é uma ameaça ao Brasil. Na ocasião da implantação do comunismo na Alemanha e na Rússia por exemplo, a história nos mostra que eles (os comunistas) foram devagar e de maneira sútil fazendo a cabeça das massas até que tivessem o apoio da população e daí, deram o golpe final, e a história nós ja sabemos. Temos que ficar atentos sim. Um abraço a todos. Adalberto Pimentel

  8. José Scalassara disse:

    Todos sabem (ou deviam saber) que a Petralhada não vai entregar o Osso-Brasil na base da ética: “OK, vocês venceram. O povo não nos quer. Estamos indo embora para a Venezuela”. Ou o povo se levanta em massa, e logo, para forçar o “impeachment” da Anta e do Anto ou a última solução será a entrada das FFAA no processo. Isto é: baixar o pau nos bandidos que estão destruindo o Brasil. ESTÁ FALTANDO PEITO PARA RECONHECERMOS ISSO.
    O EXÉRCITO É SIM UMA SOLUÇÃO PARA O PROBLEMA. Pode não ser a melhor solução sob o aspecto político, MAS É UMA SOLUÇÃO. Apesar dos pesares, e houve pesar, os militares entregaram o Brasil bem melhor do que era antes de 64. Eu sei por que vivi esse Brasil.
    Após a publicação da “RESOLUÇÃO POLÍTICA” do PT e a possibilidade do aparelhamento do STF com 10 dos 11 ministros já não pode haver dúvida das intenções do PT.
    Está na hora, general…avante para o porvir e para a história!
    Leiam a jóia petista em: http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2014/11/Resolu%C3%A7%C3%A3o-Pol%C3%ADtica.pdf

    • Caro Durval, essas regras são o atendimento de uma necessidade das FFAA que recebem tropas de Exércitos amigos para adestramento no Brasil e que vão ao estrangeiro para se adestrar. Qualquer força armada que adentrar ao nosso território sem o aval das FFAA brasileiras será destruída por elas! Acredite e divulgue aos incautos!

  9. Aparecida Donizeti de Oliveira disse:

    Obrigada,Sr.General por sua resposta tão consistente e simples! Acredito,por tudo que venho estudando,que a prioridade das FFAA brasileiras é a segurança nossa! Quando criança, sentia isso em meu coração e adorava marchar no 7 de setembro! Nossa!Tenho aprendido muito!
    Sabe,senhor, li uma frase do General Augusto Heleno, que me fez refletir: “O preço da Democracia é a eterna vigilância!” Creio que descuidamos por preguiça, comodismo,mais influências diversas…Dá trabalho cuidar,preservar…Os resultados não têm sido nada bons.Os grupos de manifestações estão se dividindo.O pt não nos roubou apenas dinheiro! Há quem não se acredite capaz de progredir,de se sustentar sem a assistência do governo e, o que é pior,desse governo que está aí.Há pessoas concordando com a ideia generalizada de que todos roubam,todos são corruptos em menor ou maior grau.Há aqueles que têm a certeza de que só as Forças Armadas conseguirão nos restituir nosso país,nossas leis,nossa ordem.Depois do que houve hoje,então…Uma de minhas irmãs já posta fotos de militares no facebook e eu,sinceramente, me alistaria no exército se fosse necessário.Ouvi uma sessão da Comissão do que chamam Verdade e me senti muito mal pelo militar que ali estava! Ele permaneceu altivo,sereno,mas os jovens que o interrogavam pareciam duas crianças imaturas,mal orientadas,equivocadas,doutrinadas pelo pt.
    Agora há pouco li que votariam para limitarem o uso de armas pela polícia militar.Não vi se já votaram e até temo esse resultado,O povo não tem conseguido se organizar sem um líder e parece que nenhum político assumiu efetivamente essa posição.
    Não vejo esse momento como em 1964.Pelo que li,pelas imagens que vi,o povo estava unido,aguardando a ajuda das FFAA brasileiras.Hoje não.Por isso,entendo perfeitamente quando os senhores não nos incentivam a pedir a Intervenção Militar.Além do fato(Isso falo por mim,não pelos senhores que sei nunca esperaram louvores…) de que nunca ,nesses 53 anos de vida ouvi ou li nenhuma homenagem,nenhuma manifestação pública de gratidão nem por 1964 nem pela abertura política concedida. Desculpe me estender tanto.Só um desabafo e uma forma de agradecer ao senhor e a todo o Exército Brasileiro! Só Deus sabe até quando esses canais de comunicação estarão abertos.

  10. Sonia Tenorio disse:

    caro General Paulo Chagas existem duvidas entre os jovens ,minha sobrinha me disse tia nao ha coerencia nas postagens sobre intervencao militar constitucional.Bem eu apenas acredito que nao ha um Brasil inteiro CORROMPIDO pois ,nao faço parte desta corja ,entao sei que existem muitos como eu .Sei que para se colocar duvidas em processos em andamento ‘e apenas para dispersar mas ,creio eu que vos dara uma resposta seja em rede social onde for .Apos saber disso os jovens estao esperando de verdade uma palavra do exercito .Digo isso pois esta minha sobrinha tem 31 anos ‘e jovem mas madura ,estou sendo muito criticada pelos meus pensamentos mas ainda creio ,que minha mae que no alto la esta juntamente com Deus ,Jesus e Nossa Senhora minha guarda espiritual vai ajudar vos dar respostas a anseios joviais e tantos outros .Espero ansiosamente uma intervençao Militar CONSTITUCIONAL assim em crescente ordem para nossa adorada Nacao Brasileira, continuar amarelo verde azul varonil e branco .Por favor nos de apenas uma chance de nos livrar desta corja, escoria gosmenta que se instalou neste pais.Tenho certeza que este pais tem homens dignos e o exercito os molda para serem lutadores da nossa Patria Brasileira nao creio em corrompidos talvez alguns ,acho isso para desmoralizar as forças armadas.Mas creio no exercito forcas armadas Brasileira isso mesmo BRASILEIRA.

    • Cara Sonia, como integrante da reserva do Exército Brasileiro, reconheço e agradeço a sua confiança, mas não existe “intervenção constitucional”. A CF de 1988 cuidou para que assim fosse. No entanto, quando e se for necessário, as FFAA não se furtarão do cumprimento do dever moral de, apesar da CF, fazer valer o valor maior da democracia, a liberdade, mesmo que, por algum tempo, tenham que guardá-la fora do alcance de todos, como foi em 64. Eu, sinceramente, espero que não aconteça e acredito que não acontecerá! A corja será jugada no lixo da história pelos eleitores brasileiros, dentro da lei!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s