Ok, Dilma, você venceu outra vez!

Próximo à primeira vitória de Lula nas eleições presidenciais, o Jornalista João Mellão Neto escreveu um artigo intitulado “O.K., Lula, você venceu”.

Nele o articulista chamava a atenção do presidente em vias de ser eleito para o respeito que deveria ter à chamada “Lei do Mercado”, ou ao próprio “Mercado”, como quis o autor.

 As recomendações precisas e oportunas que João Mellão fazia a Lula deveriam ter sido lidas e seguidas por Dilma I quando ganhou as eleições de 2010 nas costas do prestígio fraudulentamente conquistado por seu “padrinho” – tudo a ver com a “Máfia”-. Não o fez e deu no que deu!

Agora, no início da etapa Dilma II de sua passagem pela “hiztória dezte paíz” e à luz do estrondoso fracasso da etapa Dilma I, com as devidas adaptações, mas sem desvirtuar o sentido do texto original, vale recordar e alertar a governanta do novo ciclo para trechos daqueles valiosos ensinamentos:

“Dilma,

Já em janeiro do ano que vem, você iniciará seu último (graças a Deus!) período de desgoverno. O que mudará no Brasil daí em diante? É difícil saber.

Sua proposta de governo ainda não é conhecida, apenas suposta. Por enquanto, parece, é uma apropriação indecorosa do plano do seu adversário.

Você já descobriu que governar é criar descontentes. Fernando Henrique, quando assumiu o poder, pediu a todos que esquecessem o que ele havia escrito. Você haverá de pedir que esqueçam tudo o que você tem feito.

As realidades amargas que você produziu estão à sua espera a partir de 2015. E você não poderá evadir-se delas. Você descobrirá, por exemplo, que o figurino moderado e conciliador que os seus marqueteiros lhe sugeriram para depois do pleito não se extingue na sua nova posse. Você terá de vestir esta máscara durante todo o tempo em que lhe resta de poder.

Moleza no Congresso você não terá. Como já não vem tendo desde o fim das eleições. Os parlamentares, que sempre apóiam presidentes em início de mandato, não farão isto por você. Você terá de conquistá-los. E isso, por si só, significa abrir mão de inúmeras de suas ideias e convicções.

Não se sinta tentada a afrontar o Congresso. Antes de você, Jânio e Collor já o fizeram. E os resultados não foram animadores.

Conquistada, a duras penas, a boa vontade parlamentar, você poderá, então, dedicar-se ao seu sonho de revolucionar o Brasil. Você terá ganas de tentar livrar-se desse perverso modelo econômico neoliberal que o desastre criado por Dilma I lhe impôs. Não será fácil.

Você já descobriu, e terá que humildemente aceitar, que o mundo globalizado de hoje é todo ele ‘neoliberal’. Você perguntará: Um outro mundo é possível? Talvez. Mas, por enquanto, essa hipótese não passa de um slogan. Você terá de lidar com esse mundo, mesmo. E esse mundo é movido pelas cruéis e implacáveis forças do mercado. Maldito mercado! Dirá você. Ele não pode prevalecer sobre as necessidades humanas! – Diga-se, suas e dos “petralhas” que lhe cobram facilidades e propinas.  

Não tente telefonar-lhe. Não haverá ninguém na outra ponta da linha. Outra terrível descoberta.

Você, como seu padrinho, passou anos criticando o mercado e agora percebe que o mercado não é uma pessoa, nem um grupo de pessoas, nem sequer uma corporação. Ninguém o dirige, ninguém o orienta, ninguém é capaz de freá-lo. Ele é tão-somente uma realidade.

Não tente afrontá-lo, Dilma. Muitos tentaram, é verdade. Mas não há no mundo um exemplo sequer de alguém que tenha conseguido fazê-lo com sucesso. Erguer barreiras para contê-lo é condenar-nos a permanecer no atraso e na miséria que você nos impôs.

É isso aí, Dilma. Você é a governanta, mas quem manda na economia é o mercado. Você quer reestatizar? Esqueça, pois o mercado não deixa. Você quer confiscar propriedades? Desista, porque o mercado resiste. Você pretende supertaxar os ricos? Não insista, porque o mercado reage. Você tenciona dar um calote na dívida? Não tente, porque o mercado se vinga.

Mas, afinal, que diabos posso fazer? Novamente você haverá de perguntar. Muita coisa, desde que obedeça às regras do mercado. Respeite a propriedade privada, não tolha a livre iniciativa, não iniba os fluxos de investimentos, não gaste mais do que arrecada, não se fie em dinheiro emprestado. O resto você pode fazer à vontade. 

E as políticas sociais que eu prometi na campanha? Você pode empreendê-las desde que não estoure o Orçamento como fez em Dilma I. Existe uma Lei de Responsabilidade Fiscal, você sabe disso, tanto que paga até propina por decreto para livrar-se dela.

Que se dane a lei. Vou gastar o necessário para que haja distribuição de renda! Se você voltar a fazer isto, multiplicará o déficit que você criou, para cobri-lo você gerará mais inflação do que Dilma I tem criado; ao gerar mais inflação, você reconcentrará ainda mais a renda… Mas, então, de que me adianta ser governanta?! Boa pergunta, Dilma.

Percebeu agora que essas idéias só são úteis na oposição? “

Reverenciando a perspicácia do Jornalista João Mellão Neto,

PChagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

11 respostas para Ok, Dilma, você venceu outra vez!

  1. Denise disse:

    DIA 4, AMANHÃ, TAMBEM, QUEM PUDER. TERÁ UMA REUNIÃO DE GENERAIS NO QG, E SERIA BOM COLOCAR UMA PRESSÃO POR LÁ !!!https://www.facebook.com/events/800863583293698/?ref_dashboard_filter=upcoming

    • Cara Denise, não houve reunião de Generais. Os Generais sabem o que fazem e não há como pressioná-los. Eles não são políticos, são SOLDADOS!

      • Denise disse:

        Prezado Sr. Gen. Paulo Chagas, agradeço sua resposta. Acabei postando o texto pois estava tentando levar mais pessoas para frente do Comando Militar do Sudeste para pedir a Intervenção Militar. Estamos todos chocados com o que estão fazendo com nosso país. Sou filha de militar, cresci amando e valorizando nossa pátria, com valores bem definidos para participar da sociedade de forma ordeira e focada no crescimento deste país!
        Estamos todos esperando que as FFAA venham nos salvar novamente de tudo que isso que nós sociedade civil criamos novamente.
        Eu particularmente tenho em mente o que a sociedade fez com tudo o que foi feito por vocês, sinto que temos uma grande dívida com estes homens que deram suas vidas para livrar nosso país do caos comunista, e sei também que o povo se deixou levar por pessoas que apenas buscaram nos destruir e nos viramos contra nossos salvadores, que acusamos de forma infundada, vocês militares foram os únicos que realmente se importaram e se importam com nosso país.
        Eu pessoalmente nunca desejei o fim dos governos militares, cresci assim e francamente fui uma criança feliz por não ter medo de andar pela cidade, pois a sociedade sempre estava protegida. Agora adulta, com dois filhos, vivo com medo, meus filhos não podem ter nem metade da liberdade que eu tinha, pois nosso país teve seus valores invertidos, trabalhadores foram levados a valer menos que nada!!!
        Eu agradeço a vocês pela maravilhosa infância e um período da adolescência feliz e segura que tive!
        Obrigada ao Senhor que tem mantido vivo com sua luta uma chama de esperança em nossos corações, de que ainda há pessoas de bem, pessoas dedicadas a lutar pelo certo!
        Cordialmente
        Denise Marti

  2. Costa Ramos disse:

    Meu eterno comandante, bom dia!

    Parabéns! por mais esta publicação, estamos sempre alerta na luta contra estes PETRALHAS. Não tem como escrever corruPTo sem PT.

    Que DEUS continue iluminando seu caminho ,”VIDA LONGA”.

    Abraços Luiz coronel Costa Ramos

  3. Marcelo disse:

    General Paulo Chagas, ficaria feliz com seu comentário.

    Política resume-se em reunir meios de fazer a sua vontade prevalecer (ou chegar o mais próximo possível dela).

    Os meios:

    -Mídia –

    Está quase q totalmente com o Executivo, comprometida ideológica ou financeiramente (através da propaganda das estatais).
    Evidências: -Pouco e tendencioso destaque às manifestações contra o PT.  -Pouco destaque aos problemas na Venezuela.

    -Congresso –

    Totalmente com o Executivo. Para quem duvidava de um congresso bolivariano, aí está. O dinheiro roubado da Burguesia para comprar a Burguesia e destruir a Burguesia. (Poético né? ).
    Evidência: Votação da LDO.

    -Eleição –

    Dominada pelo Executivo.
    Evidências: Observar o pleito de 2014 com mentiras e intimidação . Urnas que nao podem ser auditadas e fabricadas por empresa Venezuelana

    -Judiciário –

    Em breve descobriremos se ainda há juízes em Brasilia. Eles terão a opção de entrar para a história pela infâmia ou pela virtude. Espero q façam a escolha certa.

    -Oposição –

    Não existe (pelo menos do PSDB). O que existe é uma divisão de trabalhos segundo a Teoria das Tesouras do Lenin. Qualquer um a esquerda do PT é considerado extrema esquerda e qualquer um a direita do PSDB é considerado extrema direita. Não é oposição e sim uma parceria.
    Evidências : 1. Oposição frouxa. 2. O operador do mensalinho mineiro e do mensalão foi a mesma pessoa. Ora, o que é mais fácil acreditar? Que numa operação arriscada dessa, Valério operasse para dois inimigos ou que houve parceria e transferência de know how? 3. Aliança PT-PSDB em Minas para as prefeituras (acredito ser uma das causas de Aécio ter perdido em Minas no pleito de 2014).

    Armas-

    Poucos sabem como está essa difícil equação. Acho que não seria bom pra ninguém se descobríssemos.

    Ruas-

    Enquanto a equação de cima não estiver resolvida esse meio ainda existe.

    Mídias Sociais- Ainda disponível.

    Mercado-

    Como o General Paulo Chagas explicou, ninguém controla. Mas estará sempre a favor de quem estiver defendendo a verdade.

    Diagnóstico: Democracia Claudicando

    Prescrição :

    Para PTistas: Controlem mídias sociais. Usem a escalada de violência para se fazer de salvadores e desmilitarizar as polícias estaduais e centralizar as polícias no governo federal, depois não prendam nenhum bandido e silenciem os opositores na marra. Façam uma reforma constitucional via plebiscito enquanto essas urnas amigas estão aí. Deixem os militares desacreditados através da Comissão da “Verdade” Parcial Unilateral (#ironia neste parágrafo).

    Para anti-PTistas – VENHAM PARA AS RUAS.

    • Caro Marcelo, partindo do princípio de que a sua análise está correta e, ainda, de que nós somos os “bons” e que eles são os “maus”, ou seja de que nós estamos do lado da razão e do bem, nos falta, além da sua prescrição, fazer o que eles fizeram, sem a desonestidade intrínseca da esquerda petralha, chegar ao poder e jogá-los na lata de lixo da história. Não é possível que o mal seja mais competente do que o bem. O Brasil está quebrado pelo PT e seus aliados. O mundo está vendo isto. É tudo uma questão de tempo e de competência da nossa parte para explorar as contradições entre o discurso deles e a realidade que se apresenta à sociedade. Ou seja, temos que estar atentos e dispostos a “militar” pelo bem, tanto quanto eles fizeram pelo mal. Primeiro vem o fato, depois a mentira e, por fim, a verdade! Nós somos a verdade!

  4. Cristie disse:

    “O Brasil NÃO está mais numa Democracia e o PT NÃO é um Partido Político; é uma Organização Criminosa Terrorista e Associada ao Narcotráfico que nos leva para uma Ditadura Comunista. Justificado portanto, moral e legalmente, o emprego da Força das Armas. Excluídos argumentos de manutenção da “Legalidade” e da “Ordem Institucional”

  5. Cristie disse:

    Estamos sozinhos nessa luta contra o comunismo? Estou apavorada diante do que estou vendo acontecer no Brasil!! Como esse rato de esgoto chamado Luiz Inácio Lula da Silva, num discurso inflamado na UNASUL na quinta-feira 04/12/14 afirma que a partir de agora a América Latina está Unificada e que a Pátria Grande vai ser implementado num ritmo extremamente acelerado. Aí vem a Dilma na 6ª feira confirma os delírios do sapo de barba e explicitando a criação de uma escola de defesa latino americana, não vai mais existir fronteiras entre os países da América latina. Como se miséria pouca fosse bobagem, temos Putin na Rússia querendo fazer parte dessa UNASUL. Pelo amor de Deus, me diga que vocês não nos entregarão nas mãos desses crápulas assassinos!!!!! Precisamos das FFAA!!!

    • Prezada Cristie, entendo que o que foi acordado na reunião são propostas que têm que ser aprovadas pelo Congresso Nacional, pois há considerações de ordem constitucional envolvidas. Além disso, a Grande Pátria Latino Americana é sonho de longa data, almejado historicamente por líderes de fato que nunca conseguiram sair do nível da vontade em suas intenções, não serão esses populistas incompetentes, mentores da miséria e da bancarrota de seus países, que farão as coisas acontecerem.

  6. Cristie disse:

    Obrigado por me responder, Gal. Paulo Chagas. De alguma forma suas palavras trouxeram alento ao meu coração outrora angustiado. Eu não o conheço, mas sinto que posso confiar em suas palavras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s