Projeto de poder do PT atingiu o ponto limite da tolerância popular

Nos regimes democráticos, manifestações populares são formas de exteriorização de desagrado que têm por objetivo provocar mudanças em favor do interesse dos manifestantes.

O atual governo brasileiro, em início de mandato, o quarto do que chamo de “era pós-moral” – como consequência de si próprio e dos que o antecederam –, todos sob a égide do Partido dos Trabalhadores, amarga uma onda crescente de manifestações. Até agora, a mais importante delas foi a dos caminhoneiros que, pela abrangência e importância estratégica, pôs em xeque a utilização do sistema viário nacional, o abastecimento e o próprio desempenho de certas atividades e regiões econômicas.

No mesmo embalo, não com as mesmas consequências mas com abrangência e significado político muito maior, organiza-se pelas redes sociais outro movimento popular de protesto e de contraposição ao governo, a realizar-se em 15 de março próximo.

O projeto de poder petista, nos moldes bolivarianos estipulados pelo Foro de São Paulo, colhe os frutos do seu desprezo a regras mínimas de respeito à inteligência e à paciência da sociedade.

Ambição, desonestidade, corrupção, incompetência, demagogia, malversação, mentira, propina, desvio, estelionato, apropriação, dilapidação, impunidade, destruição e outros, sem restrições à imaginação e à criatividade delituosa, são os substantivos que definem a forma escolhida para gerenciar a coisa pública e que, aparentemente, atingiu o ponto limite da tolerância popular!

Os fins populistas, falsamente conquistados, não justificam os conchavos e as negociatas que levaram o Brasil, como um todo, às portas da bancarrota e sua mais importante empresa à quase insolvência no mercado mundial.

O tempo do Partido dos Trabalhadores esgotou-se junto com a transigência da sociedade brasileira, sua grande vítima. O entusiasmo com que os brasileiros finalmente esclarecidos se preparam para o Movimento Cívico de 15 de Março atesta esta afirmação.

Se as manifestações populares, por definição, visam e reivindicam mudanças, estas, para legitimar-se, devem escudar-se na viabilidade e na processualística estabelecidas na Lei Maior.

A importância do movimento de 15 de março será medida pelos efetivos que conseguir mobilizar, pelo comportamento ordeiro dos participantes e pela veemência da demonstração de repúdio ao engodo de que têm sido vítimas.

Deve servir de base e motivo para que os representantes do povo – eleitos para fazer valer a sua vontade, no exercício de seus mandatos e dentro dos limites da legalidade – assumam o bastão da demanda e deem efetividade às mudanças exigidas pelas ruas!

O processo judicial em curso da Operação Lava Jato, pela exemplar seriedade com que está sendo conduzido, pela abrangência e pela gravidade dos crimes financeiros que está a elucidar, certamente trará à luz verdades e evidências que abraçarão o sentimento nacional e que darão respaldo às decisões e às atitudes legislativas que, finalmente, responderão à vontade popular.

Que assim seja!

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

31 respostas para Projeto de poder do PT atingiu o ponto limite da tolerância popular

  1. Francisco Machado disse:

    Endosso e assinado embaixo.

  2. Eduardo disse:

    A mentira que irrita. Um governo: Lula, Dilma e o congresso. Marcado pela mentira. Os aposentados, estão sendo injustiçados.

  3. Lucia disse:

    Não existe ninguém para dar respaldo à vontade popular. O povo está só.

  4. Maria Brasil disse:

    GENERAL….VEJA O VÍDEO ABAIXO NÃO SÓ O SENHOR MAS TODOS OS PATRIOTAS AQUI…VEJAM ISSO:

  5. Cláudio disse:

    Caro Gen. Paulo Chagas,
    Endosso sua opinião nesse excelente texto. Mas peço sua licença para um pequeno desabafo.

    A história recente do Brasil, gravada em vídeos e textos, disponíveis pra quem quiser conhecê-la, justifica a revolta e os receios que uma grande parte dos cidadãos mais esclarecidos tem sentido ultimamente.

    A grande discussão é sobre se é possível alterar essa realidade e como isso poderia ser feito. O Senhor e alguns outros brasileiros de bem tem feito um importante papel ao se exporem para nos orientar nesse sentido, no momento difícil que passamos. Considero atentamente essas orientações. Até aqui tenho esperado crescer o clamor da população oprimida pela mentira. Seja clamando pelo funcionamento das vias democráticas, seja pela intervenção da única instituição oficial confiável, sendo esta a última instância. Também li atento quando respondeu a um leitor que insinuou que guerrilheiros das FARC estavam treinando membros do MST debaixo das barbas do Exército.

    Caro General, não é preciso ser militar pra entender minimamente que se os confrontamentos dessa gente chegarem ao limite, veremos uma situação terrível neste país, onde até quem vencer, sairá perdendo. No entanto, mesmo acreditando que as FFAA sabem o que fazem e que não permitiriam escalabros como ser desafiada dentro de seu próprio território por guerrilheiros estrangeiros, reagindo com ou sem a autorização de um governo subserviente ao inimigo, eu fico sem entender, por mais que tente. Porque um incitador, um inimigo da democracia e bandido como Stédile, faz o que faz, fala o que fala, prometendo o sangue de brasileiros, e até hoje não foi devidamente caçado e preso. Será que a simples incitação contra a ordem institucional e contra a vida dos cidadãos de bem não é motivo suficiente, não tem “pega constitucional” para respaldar uma ação dos que defendem o país contra ele e suas ameaças? Será que essa conduta do Brancaleone dos Pampas não o incriminam o suficiente para fazê-lo visitar a cadeia que ele tanto merece? Já não seria ele uma ameaça mais que evidente à paz social? Ou será que teremos de esperar esse infeliz conseguir semear a discórdia por completo no meio do povo e botar fogo no circo montado pelo PT?

    Desculpe minhas palavras de desabafo, mas é que me assombra pensar no que o Brasil está se tornando. Me assombra ver os três poderes, alicerces da democracia, nas mãos de bandidos, e um Stédile, um único homem incitar o ódio contra um país inteiro e, ainda assim, andar livremente por aí como se fosse um herói. Enquanto isso uma conhecida jornalista é quem acaba sendo acusada, julgada e condenada pela opinião dos esquerdistas radicais, de incitar o ódio, por ter feito comentários corajosos na TV. Como o senhor mesmo lembrou, já não se percebe o mínimo respeito à inteligência e à paciência da sociedade.

    Um abraço,
    Cláudio

    • CARO CLAUDIO, VOCÊ E EU TEMOS BOAS RAZÕES PARA ESTARMOS PREOCUPADOS E REVOLTADOS. OS CHEFES MILITARES BRASILEIROS PENSAM COMO NÓS. O STÉDILE É UM TRAIDOR, UM INIMIGO DA PAZ SOCIAL, DA DEMOCRACIA E DO PROCESSO EVOLUTIVO NATURAL. NO MOMENTO E NA CIRCUNSTÂNCIA ATUAL, A JUSTIÇA BRASILEIRA, DETENTORA DO PODER DE JUSTIÇA, É QUE DEVERIA CHAMÁ-LO Á ORDEM PELOS CRIMES QUE COMETE E NÃO OS MILITARES, DETENTORES DO PODER DE COMBATE DA NAÇÃO. EM OUTRA SITUAÇÃO, QUE ESPERO QUE POSSA SER EVITADA, CABERIA AOS SOLDADOS COLOCÁ-LO NO DEVIDO LUGAR…

      • aparecida donizeti de oliveira disse:

        Senhor,entendo o que diz,mas e se a Justiça,se a Detentora do Poder de Justiça não estiver mais a serviço da Lei e ele continuar com seus crimes,com seu “exército” armado de facões,foices etc? Para ser sincera,General,já havia pensado em tudo isso que a pessoa do vídeo expõe! E me preocupa,pois por mais que tenha aumentado o nºde pessoas que querem a Intervenção das FFAA, ainda não é suficiente e percebo que há muita gente(tvs.,artistas e políticos,esses últimos até às ocultas)trabalhando para afastar essa ideia do povo! Bem,há tantas chamadas de artistas para o povo ir pras ruas ,que começo a perder a vontade…Obrigada pela sinceridade de sempre,General! 🙂

      • Aparecida, as FFAA ficarão sempre do lado da lei, mesmo que os homens da lei, por qualquer razão que seja, deixem de cumpri-la ou se voltem contra ela. Foi isto que eu aprendi e ensinei durante quatro décadas de serviço!

  6. dalton disse:

    tenho observado tudo isso que esta passando deste muitos tempos, e desde muitos tempos tenho ouvido os militares brasileiros gritarem aos quatros ventos que estao de olho e preparados pra defender o povo. sera??? o povo tem gritado aos quatro canto do brasil que os militares facao uma intervencao, que venhao e proteja a constituicao, os bons constumes e a sociedade brasileira. quando o povo grita pelos militares, isso nao significa uma nova ditadura ou coisa do tipo, mas uma intervencao…. porem tudo que se houve dos militares e que estao preparados e de olho. mas preparados pra que??? pra quando?? de olho no que??? estao sentados em suas cadeiras de balancos a esperar uma guerra civel generalizada??? uma intervencao internacional??? talvez uma invazao?? comeco a acreditar que eles, os militares, estao em uma dimensao nao realista do que esta acontecendo com a sociedade brasileira. estao assistindo a um filme de terror e esperando que no final havera uma sociedade pra salva… pois estao engandos, nao havera sociedade nenhuma pra voces salvarem. creia ate que nao havera um exercito brasileiro mas sim um monte de melicias, cada uma lutando por seu pedaco de brasil… estamos vivendo uma destruicao continental. peca por peca, como se fora um quebra cabeca, o brasil esta sendo desmontado e destruido por uma anarquia institucionalizada. ja estamos vivendo uma guerrilha urbana, nas fronteiras nem se fala, uma invasao sem dimensao. resumindo, fico aqui a pensar que brasil os militares vao salvar ou proteger quando resolverem se levantar de suas cadeiras de balancos sem fim…. pobre nacao…

  7. Oliver disse:

    Parabéns Ilustre General!

  8. Pedro disse:

    Lava Jato já era… o petista Dias Toffoli vai presidir e livrar os petistas da condenação.

    Volta militares, não devemos esperar, a Venezuela vai querer que até o Brasil se junte a eles para guerrearem contra os EUA, eles estão inflamando os EUA de todo jeito para a disputa, que envolve a UNASUL, ao qual o PT é um dos principais articuladores, e claro, tentarão usar de nossas forças armadas para o bem comunista e ditatorial do governo deles.

    Espero que os generais brasileiros não aceitem participar da Escola Sulamericana de Defesa, projeto bolivariano para comunizar os militares e trazê-los para o lado esquerdista, é o fim.

    Eu quero os tanques na rampa do planalto, não aguento mais.

  9. Antonio Carlos de Andrade Leite disse:

    Acabei de ler um artigo escrito por Marcelo Dornelas no site: http://www.emdireitabrasil.com.br, “A estratégia do doutrinador Antonio Gramsci”, filosofo comunista, é assustador. Nossas forças armadas precisam, acredito que esteja, estar cientes de tudo q esta acontecendo e agir antes que o pior aconteça. São as técnicas que o pt vem aplicando ao longo destes anos, talvez o desespero seja porque o projeto esteja indo pro brejo. Todos os brasileiros precisam estar cientes do risco que estamos correndo.

  10. Antonio Carlos de Andrade Leite disse:

    Finalizando minha mensagem, “…..nenhuma ideologia e capaz de ” fazer as cabeças” dentro das Forças Armadas Brasileiras…”, General João Camilo, ligando os fatos, entendi o recado.

  11. Ronaldo disse:

    General, eu gostaria que entrasse em discussão essas ameaças do Luladrão e a posição do Exército Brasileiro perante elas. Segue o link:
    http://www.folhapolitica.org/2015/03/coronel-responde-ameaca-de-lula-diz-que.html?m=1
    Obrigado! Um forte abraço!

    • Caro Ronaldo, como diz o ditado,”não há mal que sempre dure, nem há bem que nunca acabe” e chegará o dia em que a democracia indicará o fim desse tempo e eles terão que sair. Aí fica a pergunta: “Quem os fará entregar o poder? As urnas? A vontade do povo? A justiça? A lei e a ordem? Ou será a força das Forças?
      O MST; os sindicatos comprometidos, laborais e do crime organizado; a UNE, comprada com dinheiro público; os apaniguados e incompetentes, aboletados em cargos público e “de confiança”; os corruPTos, de todos os matizes e níveis de sofisticação; e a legião de desocupados, escravizados pela boca ou intimidados pela fome, conduzidos por seus líderes de barro, sairão às ruas para negar a verdade e intimidar a maioria !
      Mas, se a MAIORIA dos brasileiros deixar-se intimidar por esse tipo de gente, o que será o cúmulo da desmoralização, ainda restará, mais uma vez, a última razão da Nação, as instituições que detém o dever constitucional de fazer valer e cumprir a lei e assegurar a ordem interna.
      Deus é grande e justo! Quem viver verá!

  12. durvallimajunior disse:

    Os venezuelanos vão fazer um “exercício” com participação dos russos dia 14 de março, amanhã. Exatamente um dia antes das manifestações anti PT. O papo de anti USA é isso mesmo ou é cortina de fumaça pra invadir o Brasil? O Stedile esteve lá essa semana, pedindo apoio. O Lula mandou o Stedile arrumar o exercito dele…

    • Caro Durval, o governo da Venezuela faz o seu melhor papel de fanfarrão, desde o advento do “Mierda Fardado”, Hugo Chavez, e os Russos têm mais com que se preocupar do que invadir o Brasil com blindados na selva amazônica!

  13. Osiel Martins disse:

    Prezado General,

    Sei que existe o risco de nos próximos dias o “caldo entornar´´. Se assim for, as forças armadas estarão em defesa da sociedade? Nem me refiro a uma intervenção, mas a uma cobertura para as massas, com o objetivo dentro da lei e da ordem, de livrar o país do comunismo, politicamente.
    Meu receio é que os atuais Generais da ativa, tenham objetivos opostos aos do General Figueiredo, General Augusto Heleno e do General Paulo Chagas, ou seja, que aquela gente já tenha aparelhado as três forças. Acho os atuais Generais quietos demais, enquanto o Clube Militar põe a boca no mundo, também muitos lisos, escorregadios ao se manifestar. Tenho essas dúvidas também pelo fato, cada vez mais óbvio, de que a NOM apesar de capitalista, usará do comunismo/socialismo para domínio.

    Meus respeito e admiração ao Ilustríssimo General Paulo Chagas!
    Att:
    Osiel Martins

  14. Antonio Carlos de Andrade Leite disse:

    Caro General Paulo Chagas

    As palavras do Claudio refletem bem o nosso sentimento e as nossas dúvidas sobre o futuro do nosso pais, sabemos que a postura dos militantes do PT, usando a Petrobras e a Democracia como fachada em seus movimentos, não passam de enganação ao povo, o grande objetivo é o golpe em nossa democracia.
    Quero acreditar que muitas informações no alto escalão de nossas Forças Armadas, da qual os senhores generais da reserva fazem parte, são extremante sigilosas, não seria seguro estarem sendo expostas em redes sociais ou no meio civil. Cabe a nós civis que queremos nosso pais livre estarmos recebendo as orientações necessárias divulgar em nossas redes socias, quero acreditar que o “ranger dos dentes” dos militares, conforme já foi colocado, realmente esteja por vir. Continuemos confiando em nossas Forças Armadas, mesmo neste silêncio assustador,,
    Abraço a todos! Que Deus nos proteja.
    Antonio Carlos.

  15. José disse:

    Me solidarizo com seus ideais. Como Cel PM RR, me coloco a disposição em prol da manutenção do estado democrático de direito.

  16. Guilherme Zanatta disse:

    Prezado General
    O que podemos fazer, se o PT, juntamente com seu astro maior, Lula, estão ligados a grupos paramilitares, como é o caso do MST. De acordo, com nossa constituição isso é proibido.
    Visto que, nem o TSE penaliza o PT e os PTralhas, como poderemos nos defender do exército capitaneado pelo Terrorista Stélite ?

    • Guilherme, se é proibido ou ilegal, tem que ser denunciado à justiça com o respaldo da lei ou das leis correspondentes.
      Quanto ao exército terrorista do Stédile, eu sou mais o meu, que é de Caxias e nunca perdeu uma guerra!

  17. Caro General,por muito menos fatos em 1964 e muitas menos brasileiros nas ruas, a intervenção foi feita e as Forças Armadas nos salvaram de uma ditadura comunista.
    Qual a razão de ainda não terem tomado nenhuma atitude?
    Lula agora convoca a militância para a reforma do plebiscito e da constituinte.
    Que poderes ele tem pra interferir nesse novo governo?
    Quanto a mídia do governo e da TV se referindo a Intervenção Militar como ilegal e inconstitucional… Qual a verdade afinal?

    • Cara Noêmia, de acordo com a Constituição em vigor, que não é a de 1964, a chamada intervenção militar só é legal se for solicitada por um dos poderes da república, ou, em caso de grave perturbação interna, para evitar um mal maior do que ela própria.
      Quanto ao Lula, ele é um cidadão comum, como eu e você, seu poder é o correspondente a um voto…

  18. Luiz Mendes disse:

    Prezado General Paulo Chagas, após todo este clamor popular de 15 de março o ministro da injustiça vem a público tentar enganar novamente. Além de não ter respeito e autoridade ainda acha que somos burros.
    O Sr. sabe que estão mentindo e ganhando tempo.
    Precisamos de INTERVENÇÃO militar CONSTITUCIONAL hoje.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s