O “Exército de Sempre” e o caminho do dever

Caros amigos

Em 2002, como Comandante da 7a Brigada de Infantaria, Brigada Felipe Camarão, em Natal/RN, cumprindo o dever de manter os meus subordinados informados, consultei oficialmente o Centro de Inteligência do Exército (CIE) a respeito da posição do EB sobre uma série de assertivas do filósofo Olavo de Carvalho, que denunciavam a conivência do governo com o MST.

Em 2003, transferido para o Rio de Janeiro, cursei a Escola Superior de Guerra – hoje ameaçada de deixar de ser de Guerra para ser de Defesa, bem ao gosto do revisionismo pernicioso de que o Brasil tem sido vítima.

Em 2004, servindo no Estado Maior do Exército, entreguei aos meus chefes imediatos um documento pessoal que, entre outras coisas, dizia:

“Infelizmente, entendo que, se as Forças Armadas continuarem silenciosas em relação aos atos e fatos que interferem em sua missão constitucional, ocorridos interna ou externamente, mantendo-se, por inação, coniventes com os projetos de poder do governo da ocasião, elas verão surgir, rapidamente, a cizânia e a quebra da coesão entre seus quadros e se transformarão (…) em milícias manipuladas pelo interesse corrupto dos políticos, mal equipadas, despreparadas e, principalmente, mais preocupadas em sobreviver do que em servir!

Considero que a omissão é a mais destrutiva das atitudes de um soldado, e que será tanto mais destrutiva quanto mais alto seja seu posto ou graduação.”

Em 2006, minha carreira foi interrompida no posto de General de Brigada e, consequentemente, não tive mais acesso às informações que devem ser facultadas aos postos e funções de maior responsabilidade.

No entanto, o relacionamento próximo e franco que mantenho com meus camaradas no serviço ativo me enseja um bom nível de conhecimento da percepção política e estratégica do Exército e de seus integrantes face à conjuntura nacional.

A humildade, virtude essencial à convivência entre os homens, e a obrigação que me imponho de não contribuir para a cizânia e a quebra da coesão” me têm feito respeitar com resignação, mas não em silêncio, tudo o que considero equivocado na condução do Exército e no seu relacionamento com o governo e com a sociedade ao longo dos anos que caracterizam o que chamo de era pós-moral.

Não me permito deixar de prestigiar os meus camaradas em função de comando e procuro transmitir-lhes este sentimento junto com o meu juízo crítico. Parto do princípio de que têm a mesma formação e a mesma vivencia que eu tenho, conhecem o seu dever, estão mais informados e tão ou mais preparados do que eu julgo que estaria se estivesse em seus lugares, mas, principalmente, pelo fato de que, aconteça o que acontecer, estando em reserva, não poderei assumir com eles as responsabilidades por suas ações ou omissões, diferentemente do tempo em que podia e devia consultar o CIE ou manifestar-me, por escrito ou não, a meus subordinados e chefes imediatos.

Em que pese a crise política, econômica, social e jurídica em que vivem os brasileiros, seja qual for o contexto vindouro e baseado na máxima de que “muitos caminhos levam a Brasília”, mantenho-me convencido de que, no que depender do Exército, o resultado final será positivo, cabendo aos civis e aos militares em reserva, como eu, sem descurar da crítica ponderada, franca e honesta, continuar unidos e crentes na força atávica dos valores morais e democráticos que historicamente têm indicado o caminho do dever ao “Exército de Sempre”.

Após a árdua tarefa de resgate que cabe a todos os homens e mulheres de bem desta terra, a Nação terá, com ou sem sequelas, ainda mais razões do que já tem para orgulhar-se dos seus soldados, marinheiros e aviadores e lamentará, constrangida, ter dado crédito às mentiras e às falsas profecias de seus eternos traidores e detratores.

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

24 respostas para O “Exército de Sempre” e o caminho do dever

  1. Prezado General Paulo Chagas,
    Os verdadeiros patriotas, como o senhor, jamais se aposentam de seus deveres. Podem, eventualmente, deixar o serviço ativo. Mas, na responsável liberdade da vida civil tem muito a contribuir com a nação. Como muito bem escrito pelo senhor, a cada um de nós cabe o dever inarredável de prosseguir no direito/dever de contribuir para o engrandecimento do Brasil, no melhor espírito de Luiz Alves de Lima e Silva, que certa ocasião, com desprezo pela própria vida, mas, consciente de seu dever e nobre missão, colocou-se à frente de suas tropas e bradou: “sigam-me os que forem brasileiros!!!” Aqueles soldados, inebriados pelo exemplo do verdadeiro líder, seguiram Caxias e venceram uma cruenta batalha. Hoje, outros desafios e batalhas nos aguardam. Mas tenho plena convicção, que com o exemplo dos verdadeiros patriotas, como o senhor, o Brasil conseguirá vencer as batalhas que agora nos são impostas. O “Exército de Sempre”, irmanado com os irmãos marinheiros e aviadores, e com o firme suporte dos verdadeiros brasileiros, será mais uma vez vitorioso, para a glória do nosso Brasil!

  2. Marcelo disse:

    No evento promovido este ano pelo FSP no México, a filha do Prestes, a cabeça do partido dos comunas, foi ao encontro REPRESENTANDO O GOVERNO DO BRASIL, e aparece aos 1h39m desse vídeo

    Claro, os Comunas da Rússia também estava lá, e aparecem aos 1h15m30s deste outro vídeo

    Eu descobri que o FSP havia patrocinado este evento, quando eu estava visitando o site do PdP
    http://www.partidodelpuebloperu.com/19seminarioPT.html
    O PdP é um partido maoista do Peru, e aparentemente é um dos três que formam o SENDERO LUMINOSO, embora todos os três (PCP-PR, PCP e PdP) sempre neguem isso publicamente (e todos os três são filiados ao FSP)

  3. Caro General! Ainda tenho um pouquinho que seja de esperança de que o povo se unirá de novo e pressionando o congresso, conseguirá que TODOS ,independente de partido político,sejam julgados e punidos pela Justiça! Li que o Lula está sendo investigado! De qualquer maneira, é muito importante confiarmos nas nossas FFAA! Falam tanto,tantas coisas e,no fundo, penso que nada sabem! Até o senhor já foi chamado de comunista! 🙂 Há radicais de ambos os lados! Confio no Comandante Villas Bôas, na serenidade que ele nos passa e passou no vídeo pelo dia do Exército! Percebi que ele frisou: “O Exército DE SEMPRE!” porque a Dilma falou que os brasileiros confiavam no Exército ” de hoje”! Continuamos na luta! Há muito,muito trabalho! Minhas filhas têm colaborado com essa nossa luta esclarecendo,debatendo,argumentando com os colegas (alguns apenas alheios aos perigos que corremos) diante de tantos valores morais distorcidos,Agradeço a Deus por isso! Abraço fraterno,General!

    • Prezada Aparecida, a atitude das suas filhas é a melhor prova de que a única coisa que estamos perdendo é o medo da falácia do politicamente correto que, durante tanto tempo, nos tirou o ânimo e a coragem para reagir e mostrar a verdade aos menos avisados ou menos dispostos a enxergá-la. Parabéns a você e a elas!

      • Meu Prezado General, ao ler a pérola que Vossa Senhoria escreve quanto ao “Politicamente correto” penso que este “politicamente correto” acabou com o nosso senso de escolha entre o bem e o mal.
        Em nome de não ofender alguém que se sinta agredido apenas por expressarmos nossas opiniões, temos permanecido calados e reféns daqueles que, em nome do “politicamente correto”, nos cerceiam em nosso entendimento, pensamento, crença e valores.
        Enquanto nos calamos, nos acovardamos e consequentemente somos sucumbidos perante o “politicamente correto”, nossa identidade e respeito são afanados por aqueles que nos acusam e nos denunciam, como se não desta forma o agissem.
        O politicamente correto só é correto quando a sociedade é a beneficiada e não apenas grupos ínfimos de indivíduos que querem calar a imensa maioria da população, nos impondo o seu “politicamente correto” quando este só é correto para eles.
        Acabemos com o “politicamente correto” antes que o correto seja politicamente extinto dentre nós!!!
        Por mais uma vez suas palavras nos dão a serenidade e a tranquilidade que precisamos tanto. Sempre nos trazem a certeza que no momento certo, tudo ocorrerá conforme planejado e almejado.
        Forte Abraço Prezado General Paulo Chagas.
        Alexander Sampaio

  4. Marco Antonio Björn disse:

    “…Após a árdua tarefa de resgate que cabe a todos os homens e mulheres de bem desta terra, a Nação terá, com ou sem sequelas, ainda mais razões do que já tem para orgulhar-se dos seus soldados, marinheiros e aviadores e lamentará, constrangida, ter dado crédito às mentiras e às falsas profecias de seus eternos traidores e detratores….”

    ASSIM EU TAMBÉM ESPERO CONFIANTE, caro General Paulo Chagas.

    Contudo, mesmo admirando muito o otimismo da colega Aparecida Donizzeti Oliveira eu acredito que a partir de agora, depois de tudo o que aconteceu, principalmente nos últimos 6 meses, toda a ESPERA por alguma Instituição da democracia Brasileira, capaz de reconhecer, de forma simples, direta e eficaz, a vontade do povo de bem, e agir de forma oponente e vencedora, contra esse governo e suas intenções, apenas fará crescer a desesperança e o sentimento de orfandade do povo brasileiro de bem.

  5. George disse:

    Olá Sr. General, a algum tempo atraz, vi um video em que generais brasileiros aplaudiam um discurso de Maduro, na venezuela, com teor bolivariano. Apartir de então passei a me questionar sobre a confiabilidade do exercito em sua missao de manutençao da democracia, do estado de direito e da proteçao do cidadao de bem. Qual a opiniao e conclusao do Sr. sobre o fato ocorrido? (Desculpe os erros ortograficos, estou digitando do celular)

    • Prezado George, você não viu Generais Brasileiros, mas generais venezuelanos aplaudindo Maduro. No vídeo há apenas um militar brasileiro, um Coronel, que, por obrigação funcional e diplomática, assistiu à solenidade, mas não aplaudiu.
      Sinto muito que você tenha concluido algo como o que comenta sem ao menos conhecer o uniforme do Exército do seu País…

      • George disse:

        O que eu retratei ao senhor foram boatos espalhados pela internet. Peço desculpas pelo meu erro. Ficarei mais atento ás informações a partir de agora. Obrigado pelo esclarecimento Sr. General.

  6. Joana disse:

    General, chorei vendo esses vídeos!!! Muito lindo!!!
    Crianças italianas de Montese cantando em português a Canção do Expedicionário nas comemorações dos 70 anos da Vitória!

  7. Charles A. disse:

    Sr General Paulo Chagas, o senhor escreveu este artigo antes do panelaço de ontem,05/05/2015.Um dia histórico! Não há mais como esconder do mundo o que os brasileiros realmente pensam do pt,de seu chefe,o crápula lulla, e de seu partido autoritário e corrupto ,o pt,que inclui essa lamentável figura humana que é dilma. A população,que teve seu direito de voto desvirtuado por fraudes escancaradas,mas veementemente negadas,manifesta-se por meio de panelas.Ao contrário do que diz dilma,o que “faz parte da democracia” são eleições limpas e transparentes. Eleições à portas fechadas são para ditaduras carnívoras como a da Coreia do Norte.Panelas são para cozinhar!Mas foi o que sobrou ao povo brasileiro;bater panelas para mostrar sua indignação.Parece que os atuais “guardiões da democracia” são as panelas dos brasileiros e brasileiras de bem! No entanto,ao pronunciar-se a respeito,a senhora dilma,do alto de sua arrogância que mais lembra a de uma psicopata delirante,fez pouco caso da população,deu de ombros e foi comer seu omelete com pó royal. Ela parece sentir-se segura demais para o meu gosto. Faz troça com o povo.Não seria porque ela sabe que o pt,que não detém esse poder todo sozinho(há monstruosas organizações internacionais por trás disso,como o FORO DE SÃO PAULO),conta com o apoio de boa parte das FFAA? Afinal,como o senhor bem disse,”a omissão é a mais destrutiva das atitudes de um soldado”.Até hoje,as FFAA,principalmente o Exército,contam com a confiança e a simpatia de esmagadora maioria do povo brasileiro,como sempre contaram,inclusive nos anos dos governos militares,ao contrário do que querem fazer parecer o pt e seus aliados às novas gerações.O que vem chamuscando essa boa imagem da FFAA são ,por exemplo,aviões da gloriosa FAB levando,de forma assustadoramente servil, políticos e corruptos desse país pelos céus que o pt quer abrir às narco-ditaduras ,principalmente a venezuelana,e generais que parecem curvar-se ás exigências de um “ministro da defesa” asqueroso em todos os sentidos. Há grandes dúvidas das expectativas populares em relação às posições políticas de nossos militares.Estariam as FFAA se bolivarianizando com o tempo?Estariam as “forças ocultas” da esquerda aparelhando,como fizeram com as universidades, a nossa esperança de resgate da democracia verdadeira? Estariam os nossos militares omitindo-se diante da perspectiva de enfiarem “goela abaixo” dos brasileiros um regime autoritário e sanguinário bolivariano,rejeitado pela esmagadora maioria da população?
    Sr General,desculpe utilizar-me tanto de seu espaço e de seu tempo.
    Um respeitoso e fraternal abraço

  8. juliorodriguesmogi@gmail.com disse:

    Boa noite General Paulo Chagas,

    Estava olhando algumas leis que foram recentemente aprovadas e fiquei um pouco preocupado; Será que o comunismo ou neo-liberalismo (nome mais moderno) não está de fato implantado em nosso país?
    Veja, temos um governo do PT que destruiu o país, mas ainda continua ocupando o palácio do planalto e obrigando parlamentares a aprovarem as leis que os beneficiam, como o ajuste fiscal;
    Apesar da baixissima popularidade da guerrilheira que ainda se intitula presidanta, nenhum pedido de impeachment formal, com provas fora apresentado até o momento
    O governo ri de nossas caras, visto que foi recentemente descoberto que todos os movimentos de impeachment da presidente foram patrocinados ou financiados por partidos da esquerda, entre esses movimentos estão MBL, VPR e ROL.
    O governo ainda mantém forte donímio dos ministros, STF e demais órgãos, onde se ele não manda, ele simplesmente os coage !!!
    Estão destruindo o ensino em todas as escolas com cartilhas pornográficas e comunistas onde incitam a extrema esquerdista!!

    Se isso não for comunismo, eu não sei mais o que seria!!

    Por favor, diga-nos qual a sua leitura quanto ao que eu postei a pouco.

    Muito obrigado

    • Caro Júlio, não concordo com a sua afirmação de que o governo ri da nossa cara, pelo contrário, ele me parece apavorado com a a nossa indignação. Estamos ainda longe do comunismo e, se depender de nós, não chegaremos tão perto quanto você teme…

      • julio disse:

        Obrigado general, por sua pronta e coesa resposta. Gostaria apenas de apontar mais um fato que me preocupou ainda a pouco . Segue o link do vídeo. https://youtu.be/dnnAgVE4m_c

        No aguardo de vossa sublime leitura.

      • Caro Júlio, como já disse antes, como cristãos, temos que seguir o conselho de Santo Inácio de Loyola: Rezar como se tudo dependesse de Deus e trabalhar [lutar} como se tudo dependesse de nós!

      • julio disse:

        Minhas humildes desculpas!! O vídeo contem cenas fortes e palavras chulas, mas que expressam o sentimento dessa evangélica indignada.

  9. stanislau bobowski disse:

    Boa noite General, ouça este padre falando, como eu gostaria que os generais da ativa vissem esta manifestação e que este vídeo se tornasse febre na web… Acho que aluta pela conscientização do povo esta surtindo efeito, a luta de todos nós………

  10. Prezado General, o Comandante da Região Militar do Sul disse, em entrevista concedida em 09.05.2015, que “o exército descarta intervir na política” e que sua missão será a de garantir a “manutenção” da democracia, do pleno funcionamento dos três poderes.

    vide reportagem no site: http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/exercito-descarta-intervir-na-politica-diz-comandante-militar-37aj4q8baz8jwx0277i2n5uih

    Com todo o respeito, ouso concordar apenas em termos com a opinião daquele nobre General, eis que, por mais que eu tente, sinceramente “não consigo” enxergar democracia em qualquer um dos 03 (três) poderes da nação. Explico:

    O Poder legislativo é fatidicamente comprado pelo PT, com o dinheiro de quem atualmente paga imposto (e que financia a corrupção e o crime organizado) de igual forma que alhures comprado, por Lênin, na antiga URSS, meses antes da revolução armada (Executivo compra o Congresso e a Mídia para depois poder lhes calar, isso é fato já constatado)!

    O Poder judiciário, em sua cúpula, é atualmente uma das maiores vergonhas da nação: Composto em sua maioria absoluta por “bonecos” que, em suas decisões batem continência aos interesses da perpetuação do poder do PT e da impunidade dos “cumpanheiros”. (isso também é fato). Pela maioria dos ministros do STF cúmplices dos interesses políticos do PT, Já está sendo garantida uma “jurisprudência” a favor do partido, no mesmo caminho Venezuelano em que, das 4.500 sentenças desde 2005 nenhuma foi contra o Governo, todas a favor!
    E, agora teremos mais um ministro, ex-militante, não bastasse todo o já comprovado comprometimento de Toffoli com vários réus na “lava jato” e com “a questão das urnas eletrônicas”.

    Ora, já vivemos uma Ditadura, sobre a qual a imprensa, acuada ou comprada, tenta inculcar aos dotados de raciocínio simplista, ares de democracia.

    E agora, claro, a queda dos investimentos em defesa (já sufocada pelas sucessivas cruzadas desmilitarizantes do PT) e a proposta comunista de desmilitarização da polícia, é claro, se faz necessária, sob inúmeros argumentos descabidos, para garantir que se enterre a ordem.
    É mais fácil para a imprensa, é claro, fingir acreditar na “Cegonha” a ser perseguida, porquanto não passa de mera concessão pública.

    Então pergunto: a) Haveria democracia, atualmente, a ser mantida? b) Em que pese a previsão Constitucional de uma intervenção apenas mediante a requisição por um dos três poderes, a defesa da democracia “por princípio” não seria mais sublime que a subsunção à “letra da lei” diante da realidade fática em que vivemos?

    Forte abraço.

  11. paulo roberto resende junior disse:

    exmo sr general paulo chagas so lamento em tudo isso que nosso glorioso exercito ainda nao tenha tomado essa nacao pois em minha humilde opiniao o eb so incomodou aqueles que tramavam contra o nosso pais e para mim hoje nao e diferente de 64 pois essas pessas que estao nocomando de nosso pais sao subverssivos dizem que querem o bem mas infelizmente e tudo mentira o que querem e expoliar as nossas riquezas em benefio proprio o que lamentavel em um pais tao rico como o nosso pois somos a maior e melhor nacao do mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s