A geração que nos sucede…

Caros amigos

Nós estamos empreendendo uma “guerra” para tirar o Brasil das garras da esquerda e do  Foro de São Paulo.

Como em qualquer guerra, é importante negar ao inimigo o conhecimento sobre os efeitos e as consequências das suas ações sobre nós.

Assim, todas as vezes em que ele nos ataca ou provoca, diretamente ou não, tem sido um bálsamo ao ego dos seus estrategistas a nossa indignação, os impropérios contra os Comandantes Militares e, particularmente, a nossa tendência à divisão interna, idêntica à atomização que o tornou facilmente derrotável em outros tempos.

A nomeação do Dep Aldo Rebelo para o Ministério da Defesa é um caso típico,  porque, se ao nomeá-lo, um dos objetivos do inimigo era revelar a fragilidade da nossa união, ele foi bem sucedido, porquanto nós não fomos capazes de negar-lhe este conhecimento.

Demos ao inimigo a oportunidade para concluir que nós nos consideramos menores, mais frágeis e piores do que qualquer comunista. Ou, por outra, deixamo-lo concluir que nós nos submeteremos aos desígnios e à ideologia de qualquer um que seja colocado na Defesa e, pior, revelamos que não confiamos nos nossos Comandantes!

Muitos dos nossos ainda não entenderam que o fato de Aldo Rebelo ser considerado pragmaticamente um aliado – porque em verdade, na prática, têm sido – não o incorpora às FFAA, não nos subordina ao ideário do PC do B, não lhe dá poderes acima dos limites da sua autoridade e, tampouco, diminui o comprometimento de todos os militares com o Brasil e com o seu juramento de, até com o sacrifício da própria vida, defender-lhe a honra, a integridade e as instituições!

Lamentável a miopia, as vaidades, a falta de confiança em nós mesmos, na nossa formação e nos valores que temos recebido e passado uns aos outros ao longo dos tempos.

Por oportuno, informo, para quem acredita em lobisomem, que a notícia de que Aldo Rebelo teria “contratado” uma agente da KGB para ser seu assessor é falsa e acrescento que o Secretário Geral do MD será o Gen Ex Joaquim Silva e Luna.

Colho também o ensejo para informar que o Comandante do EB cassou a Medalha do Pacificador do Mensaleiro José Genoino e de outros, usando uma estratégia inteligente e ponderada que preservou as medalhas de muitos dos nossos.

“As gerações se sucedem e, se a que nos segue não for melhor do que a nossa, é por que a nossa foi incompetente para preparar o futuro”.

Ficam as perguntas:

Onde e quando começou o nosso erro?

Quem foram os incompetentes que não souberam preparar o futuro?

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

27 respostas para A geração que nos sucede…

  1. Obervador disse:

    General, poderia comentar sobre a possibilidade de o Brasil possuir sua bomba atômica?
    O que tem na internet sobre o assunto não é confiável. Eu, assim como muitos outros brasileiros, gostaríamos de saber a opinião diretamente da fonte. Um projeto nesse sentido tem como permanecer no mais sigilo?
    Obrigado

  2. Fabrício disse:

    General muito triste a situaçāo do nosso Brasil, se o povo não agir semelhante aos do Egito que foram às ruas e só saíram com o governo deposto mesmo com a morte de muitos, fica a sensação que só por Deus, pra melhorar nosso sistema podre de uma falsa democracia em que vivemos.

  3. Eduardo Neto disse:

    Infelizmente só nós que temos acesso a internet que estamos cientes dos perigos da ameaça comunista, pois á grande mídia foi comprada pelo governo com o nosso próprio dinheiro. Acho que deveria ser repensado a forma como é divulgado as propagandas do governo, gratuita talvez, assim a mídia voltaria a ser imparcial, talvez. Mas enquanto isso não ocorre a gente que temos acessos a canais como esse temos o dever de fazer a conscientização da grande massa que vota em troca de benefícios como bolsa família, um trabalho de formiguinha que já venho fazendo, porém muito lento seus efeitos.

  4. Marcelo disse:

    E depois de todo o esforço, heis o resultado.


    Quem duvidar, pode conferir aqui
    http://imguol.com/blogs/52/files/2015/07/pesquisa-cntmda-128-relatorio-sintese.pdf
    O Exército está desacreditado.
    Lamento, mas esta é a realidade.

  5. Francisco Machado disse:

    General,
    Essa conversa de que as instituições estão funcionando é pura balela. As instituições não estão funcionando coisa nenhuma, mas se arrastando diante da crise econômica, política, ética e moral que se abateu sobre o país.
    Jamais, em tempo algum, o Brasil passou por crise semelhante a que ora experimenta.
    Os Poderes da República, que nos termos do artigo 2º da Constituição Federal deveriam ser independentes e harmônicos entre si, nem se revelam harmônicos e muito menos independentes entre si.
    É fato notório, amplamente divulgado pela imprensa, que, volta e meia, um interfere ou tenta interferir na seara de autonomia do outro.
    O Brasil virou uma torre de babel, sem governo, sem comando e sobrevive às custas dos acertos indecorosos de seus protagonistas que se empenham em salvar a própria pele, em detrimento do povo.
    A presidente da República, sem força moral e política, nada faz senão costurar conchavos que visem resguardar o seu inexpressivo mandato.
    O país vai sendo empurrado com a barriga dos indecentes que o representam, enquanto o povo sofre as consequências dessa incúria.
    Não me digam, portanto, que as instituições estão funcionando, porque esta afirmação soa como uma blasfêmia à boa Política.
    Diante desse quadro de horror, o silêncio das FFAA chega a ser eloquente.

    Sugiro a leitura da matéria contida no Blog de Aluizio Amorim, cujo site segue abaixo
    Saudações
    Francisco Machado.

    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2015/10/pesquisa-traz-revelacoes-sobre-forcas.html

    • Francisco, veja como outros reagem ao pronunciamento do Cmt do Exército, no qual ele diz apenas e simplesmente que está preparado para cumprir a Constituição. Leia principalmente os comentários e avalie quem e quantos estarão com as FFAA em caso de necessidade do emprego prioritário da expressão militar para colocar ordem no Pais.
      http://jornalggn.com.br/noticia/as-carapucas-do-general-villas-boas-por-janio-de-freitas

      • Hilton S. JR disse:

        Com todo o respeito General, nem dá para se ofender com os comentários que o sr. cita, pois vários são de pessoas claramente deformadas intelectualmente que talvez nem tiveram a chance de aprender o outro lado da moeda. O jornalista então, nem se fala, pois é um mal disfarçado esquerdista e intelectualmente desonesto. Entretanto, o Gen Villas Boas dizer: “a crise não é de natureza institucional, as instituições estão funcionando perfeitamente”. O senhor quer que nós acreditemos nas interpretações esotéricas da frase ou no que os nossos olhos estão lendo?

      • Caro Hilton, eu quero que você acredite no que você julgar crível. Não pretendo convecê-lo de nada. Eu, por exemplo, vejo as instituições aprelhadas, mas em condições de exercer as suas funções e de recuperar toda a autonomia apropriada pelo PT.

    • Amigo, estou contigo nos questionamentos, me representam muito bem.
      Acredito que talvez o silêncio das FFAA seja de certo modo precaução para evitar complicar ainda mais o atual cenário, deixando para cumprir seu papel em última instância. Mas a questão é que nós que nos preocupamos com o futuro da Nação nos sentimos inseguros.

  6. Cristiano disse:

    Se o Lula soubesse ler, ele certamente daria o outro dedo mindinho para ter a certeza de que o Francisco Machado é ou não é o Olavão. =)

    Esse blog é genial!
    Chamou-me a atenção tua boa escrita e cultura, Gen. Paulo Chagas. Se o General soubesse indicar outros blogs da cúpula do nosso exército seria muito bom. Pesquisei no google, mas encontrei blogs de milicos incultos, apenas.
    Outra dúvida: General, depois da reforma administrativa, como fica a ABIN? Vão manter a estratégia de contratar agentes via concurso público?!
    Hoje termino de ler o livro do Lucas Figueiredo Ministério do Silêncio…
    Saudações Cordiais General.

    • Cristiano,não há a menor dúvida de que o serviço secreto brasileiro, integrado por esse tipo de agentes, organizados em uma “Associação de Oficiais de Inteligência”, é incompetente e despreparado para as importantes, sérias, e delicadas tarefas que lhe cabem, sendo, por todas as razões da lógica e da experiência, uma ameaça ao estado de direito e à democracia, merecendo, por estas mesmas razões, ser radicalmente extinto, reestudado, reorganizado e recriado, com base no comprometimento de servidores do Estado brasileiro e não nas ambições corporativas de um grupo de “concursados” sem nenhum preparo moral para colocar os interesses da Nação acima dos seus próprios.

  7. Caro General, com o pronunciamento dos comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica por ocasião da posse do novo Ministro da Defesa, infelizmente muitos passaram a crer que as FFAA estarão ao lado do PT numa Ditadura Comunista a curto ou médio prazo.

    O PT se valeu da nomeação deste Ministro no intento de desmoralizar as FFAA perante o Povo, de distanciar delas o desesperado povo, sabedor que é de que elas são a última e grande barreira que nos separa do comunismo.

    Embora a minha convicção de que as FFAA jamais ficariam ao lado dos Cleptocratas ao invés do Povo seja inabalável, receio seja fato que um grande número de simpáticos às FFAA não mais tenham a mesma convicção que eu a partir desse fato. É o que tenho ouvido de vários, que passaram a criticar as FFAA após tal episódio…

    Pessoalmente, tenho a convicção inabalável de que, por trás do pronunciamento dos 3 comandantes no dito evento, há um propósito nobre e estratégico por parte das FFAA, o último e eficaz antídoto para o veneno comunista.

    Parabéns pelo nobre texto!

    Vinicius

  8. JB. Santos disse:

    Prezado General Paulo Chagas, veja esse vídeo(se o senhor já não viu) e depois me diga o que acha disso, esse fdp ameaça fuzilar todos os não comunistas(cerca de 93 por cento da população brasileira), desde já agradeço seus comentário, sem mais, um abraço!
    o link segue abaixo:

    • Este cidadão, se é que podemos chamá-lo assim, será processado pela incitação à violência. Aguarde…

    • cristina disse:

      Realmente não soube interpretar a leitura que o professor fez de um clássico. Sentido figurado para mostrar que não existe o diálogo, que são posições opostas, direita/esquerda, não está ele sugerindo que se parta para paredões matando as pessoas. Interprete o vídeo e verás! Vamos ver se vai ser publicado minha opinião.

  9. Procópio disse:

    Caro General Paulo Chagas, parece-me que este foi um dos poucos acertos das mudanças ministeriais. E a cada dia vemos o empenho de nosso governo em se manter no poder, sem aparecer uma real oposição, exceto pela gigantesca desaprovação do povo Brasileiro. Você acredita que ainda temos soluções via instituições civis? Poucos dias antes das declarações do General Villas Boas, eu já tinha me percebido do risco de possíveis embates civis, sei que posso estar exagerando (torço que sim), mas você acredita que que esses embates possam se intensificar e virem a ser caracterizados como uma situação crítica que exiga uma intervenção?

    • Caro Procópio, eu não acho que o PT vá lagar o osso sem tumultuar a vida nacional. Eles já estão justificando antecipadamente essa atitude ao acusar de golpismo o impeachment da governanta. Assim, entendo que o emprego das FFAA para a garantia da lei e da ordem é uma possibilidade bastante provável. O importante nisto tudo é que esse emprego de força seja para disciplinar atitudes da esquerda radical e não das ostes conservadoras e liberais, as quais, espero, deverão manter-se dentro dos limites da urbanidade, da lei e da ordem.

      • Francisco Machado disse:

        O importante nisto tudo é que esse emprego de força seja para disciplinar atitudes da esquerda radical e não das hostes conservadoras e liberais…”

        É nesta incerteza, caro General, que mora o perigo. Saber se eventual intervenção militar para restabelecer a ordem se dará “(…) sob a autoridade suprema do Presidente da República” (art. 142 da Constituição Federal), ou não.
        Pelo governo que temos, de manifestos laços de simpatia com o comunismo, eventual intervenção militar para o restabelecimento da ordem só se compreende fechando-se, ao menos temporariamente, a constituição. Do contrário, a se cumprir oi rigor do citado artigo 142 da Constituição, o emprego da força militar se dará, com toda certeza, para punir as hostes “conservadoras e liberais” que não aceitam e que se opõem a esta orgia instalada no país pelos governos petistas.
        A dúvida nos inquieta.
        Saudações
        Francisco Machado

      • Procópio disse:

        Fico mais tranquilo com suas palavras caro General, pois temo pela integridade física dos meus familiares e sobre isso não o menor controle. Fico em paz ao aber que posso contar com as FFAA para a garantia da segurança do país. Agradeço-lhe caro General por ter deixado isso mais claro para mim.

      • Francisco Machado disse:

        Bom dia, General.
        Há uma hipótese que não considerei, difícil de ocorrer, mas não impossível,
        que é a intervenção das FFAA, “sob a autoridade suprema do Presidente da República”, nos termos do artigo 142 da Constituição, que seria decorrente de uma guinada de 180º, à direita, da atual governanta. Difícil, repito, mas não impossível.
        Quem sabe!
        Saudações
        Francisco Machado

  10. Cláudio disse:

    Caro General,

    Li com atenção alguns comentários no link que o senhor sugeriu ao Francisco. Vi muito uso de argumentação rebuscada por alguns intelectuais de sempre, que pelas suas crenças ideológicas de esquerda, não poderiam fazer um comentário minimamente isento.

    Embora também me assuste a falta de maiores expressões de apoio a um posicionamento mais contundente das FFAA em relação ao estado geral do país, entendo que nossa população é refém de gatilhos psicológicos implantados pelo granscismo em décadas de trabalho. Quase ninguém que conheço defende o PT, mas, basta pronunciar certas palavras, expressões, as velhas e básicas mentiras, e mesmos estes respondem com um “quase ódio” pela visão mais conservadora da sociedade.

    Diante desse quadro e considerando toda a teia que foi e continua sendo armada para imobilizar de vez quem enxerga além do nariz de Fidel, fico realmente preocupado com a real capacidade dessa sociedade segurar o avanço socialista antes que seja tarde. Não consigo enxergar maturidade suficiente entre a maior parte dos cidadãos para discernir, sequer, parte do grande imbróglio que estamos vivendo. Pois, não é só a saída desse desgoverno que nos asseguraria uma chance de revitalizar a democracia. Hoje vejo melhor o nível de infiltração granscista em toda a sociedade e, especialmente, nos meios de formação de opinião mais importantes (escolas, universidades, imprensa, OAB, sindicatos, Congresso, boa parte do judiciário etc). As instituições públicas são usadas para difundir seus conceitos e orientações de combate aos que se opõe a eles. Para demonstrar isso, coloco à disposição do senhor e dos demais leitores mais um daqueles vídeos esclarecedores que os comunistas produzem (duração de 2 minutos). https://www.facebook.com/video.php?v=959190930805385

    Entendo quando pessoas com o conhecimento e discernimento do senhor dizem que a sociedade civil precisa usar todas as possibilidades democráticas para mudar a direção da nau. Apoio essa ideia, mas ainda não vejo uma parcela significativa da população com capacidade para se mobilizar espontaneamente e dizer não ao que já sabemos ser destrutivo para o país e mortal para a liberdade. Mesmo porque a democracia é a ferramenta usada pela própria ode totalitária para tutelar o poder no Brasil.

    Tenho visto os dedos do poder da esquerda radical confundindo e desmobilizando vários de seus opositores diariamente. Eu penso que o Cmt do Exército deu um bom recado no seu pronunciamento aos oficiais da reserva. Mas talvez a população menos informada, ou menos capacitada para entender as entrelinhas, ainda não tenha como se “vacinar” contra a infecção ideológica a que está sujeita. Daí vermos, por enquanto, mais expressões de ódio irracional aos conservadores e às FFAA, do que sinais de apoio, em alguns canais de comunicação.

    Se quem deve ouvir as advertências das FFAA vem ouvindo e se os comandantes estão coesos, porque não falar claro à população que ela tem um aliado, uma reserva para defender os cidadãos reais daqueles que pensam apropriar-se da verdade, mas impõe pela força a mentira? Penso que dizer em alto e bom som que as FFAA não se furtarão ao seu dever e estarão ao lado do povo, se as instituições não se mostrarem confiáveis, desrespeitando a constituição e promovendo a injustiça no lugar da paz social e da isonomia de direitos. Penso que não irá ferir o princípio da hierarquia tal comportamento, pois a primeira referência de ordem é a própria constituição que defendem e, em última instância, todos esses agentes servem à população, alvo de sua proteção, que hoje se encontra violentada na sua dignidade e sem muita capacidade para compreender e muito menos reagir ao mal que se abate sobre ela.

    É quase certo que se um passo como esse for dado, muitos ratos sairão dos buracos como se fossem inundados por água fervendo. E talvez uma parcela bem maior da população aprenda de vez o que esperar de um lado ou de outro nessa trama infeliz, armada pelos inimigos da nação.

    Parabéns pelo seu trabalho. Um abraço,
    Cláudio

  11. Lygia Maria disse:

    General boa noite,
    O que o senhor acha dessa notícia que saiu na veja? Viramos uma Bolívia?
    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/o-perigo-do-narcoporto

  12. Marcus disse:

    O erro começou quando o exercito acabou com a monarquia, quando o Brasil era respeitado e colocou esta maldita ré-pública. O Único meio e a Força Armadas apoiar o retorno da Monarquia parlamentar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s