A desmilitarização das Polícias

Caros amigos

O Brasil está em guerra contra uma ideologia jurássica, obsoleta e oportunista, que, para manter-se agarrada às tetas do governo e da administração pública, fala de exércitos, trincheiras e armas e que ameaça a sociedade produtiva com fuzilamentos e paredões.

O Brasil está em guerra contra criminosos comuns e organizados que matam violentamente cerca de 60 mil brasileiros por ano, aproveitando-se da permissividade e da impunidade criada constitucionalmente pelos demagogos e pelos terroristas sobreviventes da luta armada dos anos 60 e 70.

A “guerra brasileira” é tão intensa e verdadeira que um contingente significativo de brasileiros só enxerga, como forma de vencê-la, a volta dos militares das FFAA ao poder da República, o emprego da tropa no combate ao crime organizado e a sua permanência como força de ocupação em áreas retomadas das mãos de narcotraficantes.

Como, então, afirmar que a Polícia tem que ser desmilitarizada, evitar o combate e ser mais “cidadã”, se o cidadão é a principal vítima dessa guerra? Como, em plena guerra, mudar o protagonismo dos Policiais, passando-os de combatentes a serviço da lei e da ordem para vítimas preferenciais da criminalidade?

A resposta é uma só: Se estamos em guerra, temos que combater e vencer o inimigo!

Portanto, se o restabelecimento da paz e da segurança dos cidadãos passa pela unificação das polícias que a resultante  seja uma polícia mais militarizada e hierarquizada, fazendo, sob comando único,  o policiamento de rua e produzindo para o Ministério Público os relatórios sobre as suas investigações.

Se, durante a luta contra o terrorismo rural e urbano ocorrida no período de Governos Militares, com participação significativa das Forças Policiais, Militares e Civis,  em 21 anos, houve meio milhar de mortos entre combatentes e pessoas inocentes, porque então teremos que esvaziar e mudar algo que deu sobejos exemplos de competência, eficiência e eficácia por algo que só atenderá aos interesses dos criminosos de todos os colarinhos?

Assim como as FFAA são treinadas para empregar a violência legal do estado para enfrentar o inimigo em defesa da soberania e dos interesses nacionais, enquadradas por direitos e princípios morais e éticos que fazem de seus integrantes combatentes e não mercenários, as Polícias Militares são treinadas para empregá-la no enfrentamento de criminosos em benefício da segurança pública, enquadradas pelas leis e pelos mesmos direitos e princípios morais e éticos que fazem de seus integrantes Policiais e não milicianos!

A disciplina e a hierarquia são fundamentais para qualquer organização que se quer eficiente e séria e serão indispensáveis e muito mais necessárias às organizações que têm as armas como instrumento de trabalho.

Justificar a desmilitarização e, consequentemente, flexibilizar esses pilares e o rigor dos regulamentos policiais militares devido a eventuais desvios de conduta ou punições injustas é trabalhar em benefício do crime e do estímulo ao predomínio do vício sobre a virtude!

O Brasil vive a pior crise econômica, política, moral e de segurança da sua história e deve este fato à permissividade criada por quem dela se tem locupletado para tomar em definitivo o poder da República. A desmilitarização das Polícias faz parte deste plano macabro e deve ser combatida pela sociedade organizada, produtiva e honesta.

No próximo dia 15 de novembro este segmento do povo brasileiro estará nas ruas para dizer não a este projeto, juntem-se a ele, cidadãos brasileiros!

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

14 respostas para A desmilitarização das Polícias

  1. Fabrício disse:

    Desmilitarização das Polícias, um grande passo comunista pro Brasil virar Cuba espero que a nossa nação acorde antes que seja tarde, incrível como esse governo faz o que quer e não sofre punição, já ficar no ar que praticamente estamos num regime comunista , está quase tudo dominado, acho que se não fosse as forças armadas nós já estaríamos perdidos que Deus nos ajude.

  2. Emerson Medina de Lucca disse:

    Essa gente que PROMOVE todos esse CAOS, está muito bem armada e tem todo o poder do Estado nas mãos, governando PARA ELES e não para o povo brasileiro, general. Na minha opinião, sozinho o povo brasileiro não conseguirá se livrar dessa gente. Afinal, o senhor mesmo diz “o Brasil está em guerra”. E sem dúvida, haverá muitos mortos, bem mais do que “meio milhar”.

    Acho que o vídeo abaixo explica muito bem do que se trata a violência no Brasil:

    Sugiro que analise também vários outros vídeos à direita deste vídeo no youtube.

    Grato pela atenção.

  3. JB. Santos disse:

    Prezado General Paulo Chagas, estou lhe enviando 3 links o primeiro é de um livrinho em PDF de 64 páginas(que pode ser baixado diretamente pelo link abaixo, basta clicar na seta à direita, na parte superior da página) de autoria de Gene Sharp, um especialista americano na arte de derrubar ditaduras mundiais(quem sabe sirva para aplicar aqui no Brasil para derrubar o PT), esse livro foi aplicado nos seguintes países: Egito, na derrubada de Hosni Mubarak, na Sérvia na derrubada de Slobodan Milosevic, na Tunísia, na Birmânia e alguns outros países que agora não me lembro, mas na Siria de Bashar al Assad não teve sucesso devido ao apoio russo à esse ditador, também não teve sucesso na Russia onde a polícia secreta russa botou fogo na editora que imprimiu os livros, não teve sucesso também na China onde os estudantes foram massacrados, nem na Venezuela de Chavez. Isso o senhor irá constatar vendo o primeiro vídeo cujo link estou enviando(os vídeos são longos, cêrca de 1 hora e meia, mais ou menos cada, mas acho que vale a pena ir vendo aos poucos). O Segundo vídeo é sobre os massacres que o comunismo causou na Europa desde que foi implantado por lá, serve como exemplo para desmistificar o comunismo e deveria ser visto pelos simpatizantes desse regime antes de serem seguidores dessa ideologia assassina. Espero que esse material lhe agrade e lhe seja útil, assim também para os seus seguidores e quaisquer pessoas interessadas neste assunto. Se o senhor gostar dê um OK! Sendo só para o momento, um abraço!
    Os links seguem abaixo:
    https://bibliot3ca.files.wordpress.com/2011/03/da-ditadura-a-democracia-gene-sharp2.pdf

  4. GUILHERME BRUGNARI disse:

    Caro General Paulo Chagas, espero que não leve a mal essa pergunta, mas temos visto vários vídeos de políticos, ministros, membros dos tribunais federais, “líderes” sindicais, etc, recebendo protestos, não violentos, pela população. Como por exemplo o presidente do MST no aeroporto, o ministro do restaurante. Agora vem aonde quero chegar, espero que o senhor não me leve a mal, pois não se refere ao Senhor, mas é crime fazer os mesmos atos de protestos verbais contra militares de alta patente? Lembrando que são protestos não violentos. Apenas protestos verbais. é crime ou transgressão fazer isso? Não me leve a mal caro General. O senhor é um exemplo na luta contra o bolivarianismo.

    • Guilherme, sinceramente, não sei se há diferença no tratamento, acredito que os protestos não violentos e que não atinjam a moral das pessoas não podem ser considerados crimes, mas a livre manifestação da opinião.

  5. Gen. Paulo Chagas. Quero parabenizá-lo por essas palavras de conforto. O povo brasileiro está apreensivo com as próximas jogadas desse governo corrupto que se instaurou no País e nosso medo é que aconteça o que está acontecendo nos países vizinhos, onde os governos, trocaram os verdadeiros generais por comunistas disfarçados e propiciaram a implantação do Estado Socialista Totalitário nesses países. Diante desse quadro é possível que o (des)governo brasileiro comandado pela petista assassina possa estar realizando essa mesma estratégia? Substituir os generais por comunistas para facilitar a implantação do socialismo totalitário? É possível que eles consigam transformar o país em um regime totalitário? Como faço para ajudar no pedido de intervenção militar constitucional? Se caso eles deflagrarem um golpe implantando o regime totalitário as FFAA irão intervir?

    • Caro Hugo, se as respostas às suas perguntas forem positivas é por que o Brasil deixou de ser brasileiro e eu e você, como brasileiros, não deixaremos que aconteça. Quanto às FFAA, já escrevi muitas vezes, elas estão atentas e se for necessário atuarão. Eu espero e acredito que não seja necessário.

  6. Kevin Artsu disse:

    Desmilitarização só interessa aos bandidos, principalmente os que foram tombados durante o Regime Militar.

  7. Nesta postagem o Senhor me exclarece algo que eu pensava estes dias e falava sobre. Quantas pessoas morreram nestes 21 anos. Queria justamente comparar ao que vivemos hoje.

  8. 3 Sgt Itamar Meurer disse:

    Caro Sr Gen Chagas
    Estamos vivendo um mar de caos em nosso pais e nada e feito para garantir a paz,a ondem e constituicao.Estamos barrados em leis que sao criadas para nos barrar e nos fazer calar.Nao podemos nem mesmo nos manifestar e dizermos o que pensamos,pois o governo petista tenta nos calar.Sr Gen.com todo o respeito amo meu pais amo minha patria,mas nao precisamos mais de demagogia e sim de acoes e de um lider.Eu tenho o maior respeito pelo grande homem que representa e sou seu seguidor.Eu como militar da reserva acredito que somente um grande lider pode nos trazer a paz e seguranca que precisamos.Varios militares da reserva ja estao prontos como eu para sair da caserna e empunhar novamentes as armas para defender nossa nacao dos tiranos comunistas do PT.Saudades do governo militar onde a paz e nossa soberania era orgulho dos brasileiros.E tambem quero dizer que estou pronto para o chamado da nacao conforme a Cancao do Exercito: Se nossa patria for utrajada lutaremos sem termor…e por ti morreremos…Sr.Gen.
    os reservitas do Brasil estao ao seu comando…e o Sr.sabe disto…somos fieis aos nossos principios…

  9. itamar meuret disse:

    Sr.Gen.
    Eu sou militar da reserva e ja fiz um comentario anteriormente e me coloco a disposicao para lutar contra estes comunistas corruptos.Nos anos que estive na caserna aprendi valores e patriotismo…agora o pt chama de criminosos os que apoiam uma intervencao militar,isso e absurdo…estamos dentro de uma republica e nao podemos nos manifestar.Se nossa nacao esta em perigo,a quem vamos recorrer? Acredito que para isso que existe a entidade chamada Forcas Armadas. Sou patriota e sou militar mesmo estando na reserva e estou ao seu comando Gen.pois somos uma reserva poderosa e so precisamos de um lider para acionar os verdadeiros soldados da patria…Brasil acima de tudo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s