É muito importante que os militares manifestem-se para a Nação

Caros amigos

Os militares têm o direito e o dever de ter e de expressar suas opiniões. Prática necessária ao momento e que causa espanto a alguns brasileiros cujas consciências os fazem temer a “voz das legiões”. 

Os militares são cidadãos com direito a votar e a participar da vida pública. Nunca foram alijados do processo político nacional ou estranhos no espectro social brasileiro, merecem o respeito e a admiração de seus patrícios e, jamais, a condenação ao silêncio eterno.

A democracia, salva por eles das garras dos que queriam o Brasil transformado em uma enorme Cuba, atrasada e reprimida, garante a todos o direito de pensar, querer, falar e defender suas ideias e anseios. Os que temem a opinião dos militares são os mesmos que têm enganado o povo com mentiras e meias verdades. São, de fato, os inimigos da democracia e da liberdade, valores pelos quais os soldados juram sacrificar até a vida, se preciso.

Os pressupostos constitucionais, os poderes constituídos, as instituições, a soberania e a própria sociedade são o alvo da dedicação exclusiva daqueles a quem esta mesma sociedade confia o poder de suas armas. Os brasileiros sabem que as suas Forças Armadas são democráticas por formação e confiam nelas apesar do empenho de seus inimigos para desmoralizá-las e demonizá-las.

Para os que ainda não enxergaram isto, ouvir a opinião dos militares, mesmo que no ambiente reservado de uma solenidade ou de um quartel, é interpretado como constrangimento, desobediência e indisciplina, quando, na verdade, é, apenas, a prática da cidadania e do dever de acompanhar a conjuntura e de estar atento às ameaças que se avizinham ou pairam sobre a Nação. Alertá-la para o perigo é uma decorrência dessa prática e desse dever.

A confiança e o prestígio que a sociedade dedica aos militares lhes dão um honesto e significativo poder de convencimento que põe em pânico os que por desprezível atavismo eternamente conspiram contra a liberdade.

Os princípios e os valores cultivados na caserna e ensinado nas escolas militares os tornam imunes às ambições que levaram o Brasil ao desastre econômico e político e os fazem confiáveis para a missão de manter os imorais e a sua imoralidade ao alcance das suas vistas.

Eles estão e estarão sempre atentos à vida nacional e aos rumos que a ela são dados pela conjuntura interna e externa e os brasileiros de bem sabem que podem confiar em suas atitudes e em seus princípios, pois são estas atitudes e princípios que asseguram o seu caráter democrático e o seu apego à liberdade.

A Nação sabe que para os militares o Brasil está, e sempre esteve, acima de tudo!

Gen Bda Paulo Chagas

= Nenhuma ditadura serve para o Brasil =

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

26 respostas para É muito importante que os militares manifestem-se para a Nação

  1. Precisamos dessa formação correta e idônea aplicada a população em geral. Vejamos o ENEM como exemplo, o que estão ensinando a nossas crianças e jovens?

  2. Marcelo disse:

    O PMDB está segurando o impeachment – para fechar 1 ano de governo – E o Temer não cair junto com a Dilma. O todo o resto é embromação.

  3. Francisco Machado disse:

    Caro General,
    a sua convicção é a nossa tranquilidade.
    Saudações
    Francisco Machado

  4. JB. Santos disse:

    Prezado General Paulo Chagas, parabéns pelo seu excelente artigo acima, realmente os militares devem mesmo se manifestarem, sem dúvida, pois são cidadãos como qualquer um civil, aliás, muitos já estão se manifestando bem, desaprovando este governo comunista do PT. Quanto à desmilitarização também é um absurdo do PT comunista, isto é para subjugar o povo, deixando-o sem proteção nenhuma, assim também o desarmamento do povo é para deixar o povo sem proteção. Tudo isso são manobras de comunistas. Também a quebradeira em que eles estão deixando o Brasil, tudo manobra para dominar a nação. Bem, mudando de assunto, vamos ao que interessa, pois não adianta ficar apenas criticando e condenando o governo do PT sem fazer nada de concreto, não acha? Eu já enviei para o senhor um link de um vídeo de Gene Sharp sobre Como Iniciar uma Revolução para derrubar uma ditadura seja qual for ela, e também um link do livro desse autor de título Da Ditadura à Democracia, e também um link de um vídeo da História da União Soviética, os quais o senhor já publicou no seu artigo sobre a Desmilitarização da Polícia Militar. Agora estou lhe enviando o resumo das lições do vídeo de Gene Sharp sobre Como Iniciar uma Revolução, a minha intenção é ajudar os interessados no estudo desse vídeo, para isso eu até coloquei o tempo em que começa cada lição, que na verdade são 6 lições e não 7, sendo a sexta(6a.) lição: Não Desista! Segue junto o link do livro de Gene Sharp de título: Da Ditadura à Democracia e o link do vídeo da História Soviética, faço isso para facilitar o estudo do assunto. Espero não estar lhe sendo enfadonho com isso, sendo a minha humilde intenção apenas ajudar os interessados a se informarem melhor para lutar para salvar o Brasil. Se o senhor achar que esse meu esforço valeu a pena, basta dar um OK, que eu ficarei satisfeito.Sem mais para o momento, um forte abraço!
    O resumo e os links seguem abaixo:
    AS 6 LIÇÕES DO VÍDEO DOCUMENTÁRIO

    COMO INICIAR UMA REVOLUÇÃO – GENE SHARP

    (1) Planeje uma Estratégia;(00:19:49)

    (2) Supere a Atomização (o isolamento que os governos estimulam no comportamento dos cidadãos e organizações populares);(00:27:19)

    (3) Coopte os Pilares de Sustentação do Poder (polícia, organizações religiosas, grupos de funcionários, exército etc.);(00:30:17)

    (4) Resista a Usar a Violência (o que é difícil no controle das multidões associadas);(00:31:55)

    (5) Pratique o Jiu Jitsu Político (aproveitar a força abusiva do adversário para derrubá-lo, transformando seus atos abusivos em indignação contra o regime, e o filme exemplifica com as tomadas e fotos impressionantes da estudante agonizante Neda, ao ser baleada pela polícia Iraniana em 2009);(00:54:21)

    (6) Não desista.(01:16:16)

    Obs.: Os números entre parênteses indicam(mais ou menos) o ponto do vídeo onde começa a lição respectiva.
    Dica: Imprimir o resumo das lições torna mais fácil analisar e estudar o vídeo.
    LINK DO VÍDEO – COMO INICIAR UMA REVOLUÇÃO – GENE SHARP:

    LINK DO LIVRO – DA DITADURA À DEMOCRACIA
    https://bibliot3ca.files.wordpress.com/2011/03/da-ditadura-a-democracia-gene-sharp2.pdf
    LINK DO VÍDEO: A HISTÓRIA SOVIÉTICA

  5. Clayton Kikugawa disse:

    Obrigado General. A nossa urgência, não se deve a uma simples impaciência quanto aos rumos da nação, mas à falta de perspectiva a curto prazo.
    Estamos preocupados com a atual crise financeira, e que depois desta nos sobrevenha uma outra de natureza social, de proporções maiores e mais profundas que esta.
    Nossos vizinhos nos ameaçam abertamente, sem que nossa mídia testemunhe e nos avise.
    Temo que perderemos nossa honra,filhos e propriedades (as quais ainda não possuo) para um bando de ladrões incompetentes e vagabundos.
    Prefiro morrer.
    Dê-nos General, uma boa morte.
    E que se for para ficarmos vivos, que não choremos pelo sangue derramado.

    Ass: Clayton Tetsuo Pinheiro Kikugawa.

    ex micro empresário na área de confecção no Brás.
    Desempregado, bilíngue, formado e pai de duas crianças.

  6. Prezado General, confesso que ontem, dia 28/10/2015, tive um sentimento de impotência que não experimentava há algum tempo, apesar dos vários dissabores que temos vivenciado ao longo dos últimos anos, e mesmo depois de estar já calejado, e ciente de tudo de ruim que iria acontecer ao nosso país, pois já há mais de dez anos tenho notado os descalabros de pessoas sem um mínimo de ética, preparação técnica suficientes, ocupando cargos importantes no planejamento, e confesso já tinha acumulado um profundo sentimento de descrença no coletivo brasileiro, e decidido romper com esse sentimento de brasilidade, onde o individualismo conseguiu se estabelecer no meu íntimo, fazendo com eu que fosse ocupar somente da minha própria vida, como muitos estão fazendo hoje, inclusive no meio militar brasileiro, notamos que muitos só se importam com seu mísero soldo no fim do mês, sem se importar com os rumos de perdição pelos quais, o nosso país se enveredou. Ao ver aqueles garotos do Movimento Brasil Livre sendo achincalhados pelos que se dizem parte do exército do putê, tive um sentimento de inferioridade e de vergonha profundos, ao ver que ainda existem aqueles “moleques”, que mesmo sem um mínimo de preparação militar, sem noção de estratégia ou tática, vestiram suas camisas verde-amarelas e foram lá, dar a cara a tapa, e apanhar, porque logicamente o resultado não poderia ser outro, visto que nunca tiveram qualquer tipo de treinamento que os preparasse para resultado diverso. Será que veremos Homens treinados para tal confronto, que poderão ainda, demonstrar amor maior do que aqueles “moleques”, que se aventurarão em algum momento, na corajosa sina de morrer pela pátria? ou continuaremos a viver sem razão? parodiando a letra de uma música famosa dos anos 70. Saudações General!https://www.youtube.com/watch?v=Owgwi5ylXCY

  7. Prezado General Paulo Chagas: Excelente Texto! Concordo em gênero, número e grau.

    Sem prejuízo, acabei de tomar conhecimento através do Portal G1 de que o Exmo Gal. Mourão, CMT Militar do Sul, que comandava um efetivo de cerca de 48.000 homens do Exército, na ativa, foi exonerado hoje. Pior: Assumirá uma função na Secretaria de Economia e Finanças.

    Mais um patriota, punido por dizer a verdade (velho provérbio romano: Quem diz a verdade não merece castigo!).

    Sua preocupação com a falta de estabilidade, que diz sim respeito às FFAA, não me parecia diversa daquela externada pelo Gal. Villas Boas dias atrás.

    O pessoal da Reserva indignado. Os da ativa, especialmente os que estavam sob o comando daquele General, revoltados com todo o direito de assim estar.

    Se possível, gostaria que o Sr. nos respondesse duas perguntas, General:

    a) Como o Sr. vê essa exoneração?

    b) Até quando, General???

    Obs: segue link abaixo:

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/10/general-que-fez-criticas-ao-governo-e-exonerado-e-designado-nova-funcao.html

    Obrigado.

    • Vejo a movimentação como algo normal, visto que o Gen Mourão já tinha tempo para ser transferido para nova função. Não duvido de que tenha havido o interesse de alguma autoridade política, no entanto, na nova função, o Gen Mourão não estará manietado ou amordaçado, portanto, uma perda de tempo e um desgaste desnecessário…

  8. Guilherme Dias de Freitas disse:

    Mas parece que o Alto Comando se tornou petista e pensa que os Militares não tem o direito de se manifestar para a Nação, general. É possível explicar isso à população brasileira? )-:

    Confira, e comprove:
    Exército exonera general que criticou o governo
    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/exercito-exonera-general-que-criticou-governo

  9. Charles disse:

    Senhor general Paulo Chagas,tentei enviar-lhe um comentário retratando-me sobre resposta no post de 10 de outubro de 2015 ,mas não consegui-talvez eu tenha sido merecidamente bloqueado-mas o senhor tendo acesso à leitura é o mais importante.Penso o melhor do senhor;interpretei como cinismo ou ironia sua resposta,o que não aconteceu.Peço-lhe desculpas pela minha infeliz resposta e desejo-lhe sucesso na sua luta incessante pela democracia em nosso país.Conte com meu insignificante,porém sincero,apoio.

  10. Cristiano disse:

    Caro General,

    Como acreditar que ainda há esperança? Eles estão arrancando com unhas e dentes cada pingo de esperança que ainda resta, e estão conseguindo! STF, partidos de “oposição”, Câmara dos deputados, etc. está tudo emparelhado, e quando há uma opinião com mais pulso por parte das também das forças armadas, há perseguição, caso do Gen. Mourão. Como acreditar?
    Eles já dominaram, não tem mais volta, estamos a um passo do comunismo, sabemos que o impeachment não irá acontecer, sabemos que as forças armadas não terão oportunidade de agir.

  11. Francisco Machado disse:

    “Ministério da Defesa exonera general que criticou governo. No lugar de Antônio Hamilton Martins Mourão assumirá Edson Leal Pujol”
    http://oglobo.globo.com/brasil/ministerio-da-defesa-exonera-general-que-criticou-governo-17918775

    Caro General,
    Eis um exemplo de livre manifestação de um militar de alta patente, em ambiente reservado, que não deu certo.
    Esse episódio me leva à certeza de que o Exército não intervirá na crise por que passa o país, não importando a qualificação que se dê a ela, senão para agir em defesa do governo, ainda que em detrimento da vontade da maioria esmagadora do povo brasileiro que deseja o afastamento da Presidente e de seu partido do cenário político brasileiro.
    Adeus às ilusões.
    Saudações
    Francisco Machado

  12. Guilherme Brugnari disse:

    General Mourão já foi mandado para a geladeira… começou o marxismo no exército… daqui uns 10 anos já trocaram todo o comando por aliados do FORO DE SÃO PAULO, aí já era… paredon na gente!

  13. Victor disse:

    É…Sr.General.
    Ministro da defesa comunista, sendo chamado de colega e agora o Gen. MOURÃO sendo descartado por nitidamente ser contrário ao governo. ..
    E a população continua calada.
    Acabou….a população não tem olhos pra nuances do país. São gado…
    Estou descrente. Com toda respeito… Pra mim o alto comando está vendido.

    • O Alto Comando não se vende. O fato de ser amigo não significa que haja concordância ideológica ou política. O pensamento do Gen Mourão é o do Alto Comando. Quem falou que ele foi descartado? Ser o detentor da chave do cofre das finanças do EB é função de alto relevo. O Gen Pujol, triplice coroado, brilhantíssimo oficial, estava nesta função, não sei porque imaginar que o Gen Mourão foi neutralizado…

  14. Roberto Berlt disse:

    Caro, General Paulo Chagas.
    Acredito que os militares tem não só o direito, mas o dever de se manifestar, por serem antes de tudo brasileiros. Para chegar a ser general leva quase uma vida inteira para se preparar.
    Com certeza são muito mais competentes e dignos para governar o Brasil.
    Porém o Sr general Mourão, foi afastado do comando da região sul por se manifestar, diga se de passagem que foi muito menos que as ameaças de Lula e stedile que ameaçaram como ´´bandidos´`, e ficou tudo por isso mesmo.
    Como o Sr avalia este afastamento do General Mourão?
    E o que devemos esperar das FFAAs, e oque sinaliza esta atitude do Exército Brasileiro.
    Grato.

  15. Caro General, parabéns pelo texto! Concordo em gênero, número e grau.

    Sem prejuízo, gostaria de saber como o Sr. vê a exoneração?? demissão??? do CMT Militar do Sul, Gal. Mourão, por falar a verdade?

    Teria sido o Gal Villas Boas a poupá-lo estrategicamente de um desgaste maior, diante do que está por vir? Ou teria sido exonerado pelo Min. da Defesa?

    Como o Sr. vê o fato de, mais um grande Brasileiro ter perdido o comando por falar a verdade?

    Obrigado!

    • Não posso afirmar que houve interferência política na movimentação, mas também não vejo motivo para preocupação. Se o governo se incomodou com as atitudes do Gen Mourão é por que está temeroso e vulnerável, caso contrário, não daria bola para o que ele dizia e que continuará a dizer para os seus subordinados ou para quem quiser saber.

  16. Guilherme B. disse:

    Já existe uma abaixo-assinado em solidariedade ao Gen. Mourão. Assim como ele levantou a voz pela Nação, agora a Nação levante a voz por ele.

    https://www.change.org/p/aldo-rebelo-eduardo-dias-da-costa-villas-b%C3%B4as-dilma-rousseff-aloysio-nunes-apoio-ao-general-ant%C3%B4nio-hamilton-martins-mour%C3%A3o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s