“A Renúncia da Anta Sem Cérebro Para a Jararaca Sem Rabo”

Caros amigos

Não há combate fácil, particularmente quando os adversários são bandidos inescrupulosos! (*)

A entrega da Casa Civil ao maior mafioso político da história deste País tem como objetivo dar-lhe mais uma oportunidade para adiar sua condenação. Trata-se de uma última e vã cartada para levar o “governo” até o término do mandato, já que, como tal, deixou de existir há algum tempo. Será a volta de Ali Babah para a frente dos seus quarenta ladrões.

Como não poderia deixar de ser, será a volta do populismo irresponsável em ataque direto às reservas cambiais – enquanto durarem. Será a tentativa de recompra das almas penadas que habitam as filas de desempregados, com a expectativa de pilhar o que parecia fora do seu alcance. Será o reembarque de alguns canalhas que, por oportunismo, haviam abandonado o barco em pleno naufrágio.

Todavia, para o povo brasileiro, que os conhece e repudia, e que vê nesta tramóia mais razões para desprezá-los, na prática, não passa de um abraço de afogados. Ali Babah e a disléxica renunciante e sem rumo, que simbolicamente ocupava o posto de mandatária do País, agarram-se como podem às podres tábuas com as quais imaginam poder retardar sua sina.

Não conseguiram e não conseguirão reverter a situação. Pelo contrário, conseguiram indignar, ainda mais, os milhões de brasileiros que lotaram as ruas do País no último dia 13 de março e, muito provavelmente, terão transformado alegria em amargura, protesto em revolta, paciência em intransigência, comedimento em repulsa, tranqüilidade em precipitação!

As próximas manifestações, que não tardarão, trarão em seu bojo essas e outras mudanças de expressão e de atitudes.

Lula volta à linha de frente da política com o discurso de porta de fábrica, único que ele conhece, mas desmascarado pela verdade e rejeitado pela opinião pública. Volta ao tatame das discussões políticas, mas sem a empáfia e o descompromisso do sindicalista e com todo o peso da responsabilidade pelos fracassos que têm levado o Brasil cada vez mais para o fundo enlameado do poço. Terá que encarar o debate franco e direto no ambiente hostil de uma oposição revoltada, traída pela própria frouxidão e sem compromisso com as meias palavras. Enfrentará plenários abertos a um público conhecedor da verdade, sem compromisso com as provas e tão imune quanto ele!

Dilma, a governanta com mandato e sem moral ou poder, deixará de ser uma mosca tonta para transformar-se em boneco de ventríloquo, sentada no colo de seu padrinho cumprirá o ridículo papel de instrumento inerte e sem vida do trabalho de um palhaço.

A Suprema Corte, aparelhada, digo, vendada ou não, terá que expor-se aos olhos irados e esclarecidos da sociedade a que deve servir. Sérgio Moro continuará a investigar os co-autores dos crimes arrolados na Lavajato e a apurar as provas irrefutáveis das delações que envolvem Lula, Lulinha, Dona Mariza et caterva, alimentando o processo que culminará inexoravelmente com a transferência da família para um triplex na Papuda, sem vista para o Lago Paranoa!

Triste e apropriado fim para uma outra versão de A Revolução dos Bichos que bem poderia chamar-se “A Renúncia da Anta Sem Cérebro Para a Jararaca Sem Rabo”, ou ainda,  “Um Tiro no Pé”!

Gen Bda Paulo Chagas

(*) Atribuído pelo autor ao Batalhão de Operações Especiais/BOPE, da PMRJ.

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

18 respostas para “A Renúncia da Anta Sem Cérebro Para a Jararaca Sem Rabo”

  1. Lygia disse:

    General sempre admiro a sua fala.
    Mas uma andorinha só, não faz verão…
    Está na hora… não podemos deixar o nosso país virar uma Venezuela ou uma Bolívia. E hora de mostrar pra estes canalhas quem manda no Brasil.
    Um grande abraço General, ainda confio nas FFAA.

  2. paulo musambani disse:

    Precisamos da prontidão da nossa gloriosa forças armadas, em relação ao que esse cidadão e sua quadrilha irão implementar ou tentar reimplantar no país. Parece que nada os detém, STF, não pode virar as costas pro país; já dilacerado por tudo que fizeram nas barbas da lei pra continuarem no poder. É de doer o mais duro dos corações. Socorro, ajudem-nos, o povo brasileiro clama por justiça e dignidade. abraço senhor general.

  3. Aldair Lopez disse:

    Sábias palavras.

  4. Flavio disse:

    E agora General, so teremos ajuda se começar o derramamento de sangue ?

    • Sou visceralmente contra o derramamento de sangue. Prefiro a força dos argumentos e não vejo necessidade de ajuda. Tenho feito a minha parte sem sentir necessidade de ajuda, temor ou vontade de ver derramamento de sangue.

      • Vladimir Goncalves disse:

        General, bom dia!
        Concordo com o Sr que “quanto mais desmoralizado o governo, menos provável será a necessidade de intervenção militar”.
        Mas, segundo o comandante do Exército, Gen Villas Bôas, as instituições estão funcionando. O que será que ele entende como “instituições funcionando”? Funcionando, é óbvio, pois senão o país já não existiria mais, como país. Funcionando “corruptamente”, mas funcionando? Então, para ele, não importa de que maneira funcionam, mas funcionam. Para mim, foi uma forma de “lavar as mãos”, e deixar rolar para não ter dores de cabeça. Mas, até o jurista Ives Gandra, num discurso realizado no Clube Militar, AFIRMOU, devido às circunstâncias atuais, HAVER razões de sobra para uma intervenção militar, baseado no artigo 142 da constituição. Veja bem, não foi qualquer quem falou isso, ainda mais no clube militar, foi nada mais nada menos, que Ives Gandra.
        Para quem conhece a história das FFAA, quando agiu em 64, não foi golpe, na minha opinião. Golpe e ditadura, é quando apenas um assume o poder e não quer mais sair, e oprime o povo. Naquele tempo, haviam revesamento dos generais no poder, via votação indireta. Houveram excessos sim, mas acredito que tenha sido para aqueles que não se conformaram em perder a “boquinha” e as chaves dos cofres públicos.
        Para mim, foram os melhores anos que o Brasil já viveu. O país estava quebrado pelas roubalheiras e por essas mesmas pessoas que hoje estão no poder. Fizeram no passado, e estão fazendo hoje. As FFAA “ressuscitaram” o Brasil naquele tempo, quando até mesmo o BC estava prestes a decretar falência. E o país se reergueu. Crescia em até 11% a.a., vários benefícios foram criados para o povo, construções realizadas, estradas construídas e reformadas, e não haviam os corruptos com as chaves dos cofres públicos. E, até hoje não houvi relatos que algum general terminasse sua vida com riquezas adquiridas enquanto no comando do país. Os que lutaram contra os militares, são os que hoje controlam os cofres públicos, e destroem a nação, com o objetivo de entregarem o país aos empresários estrangeiros, ou aos governos controladores e totalitários, como os EUA. Sei que os generais do passado tiveram apoio da CIA, pois os EUA sempre tiveram interesse nas riquezas do Brasil, e sua posição estratégica no planeta, tanto que hoje, o PT, com o Lula no comando, não sei em qual lado ele está, se dos EUA ou da Rússia, mas parece da Rússia, pois ele pretende implantar aqui o comunismo, transformar toda a América do Sul, todo o continente, numa GRANDE NAÇÃO, unificando todas as forças militares e políticas do continente, e como sistema de governo, o COMUNISMO. O povo está descansado assim porque não sabem o que é COMUNISMO. Não abem o que sofrerão. Só depois que não houver mais solução, é que cairão na real, tarde demais.
        E não será a única, outras grandes nações surgirão em todos os outros continentes do planeta, pois esse plano não é de hoje, segundo a agenda da NOM. Será que é por isso que as FFAA são omissas, pois sabem o que está para acontecer, e sabem que existe uma força poderosa por trás de tudo isso?
        O General Figueiredo disse que o sindicato à época, hoje PT, assumiria o governo e só deixaria o poder à custa de muito sangue, e até hoje, tudo se confirma. Acredito que o Lula está apenas esperando quando não houver mais saída para eles aqui, aí pedirão ajuda à UNASUL, e pelo acordo, todos os países da América do Sul, terão que ajudar o Lula e o PT, com uma provável invasão.
        Será que as FFAA aguardarão até esse momento? Será que a profecia de Figueiredo se concretizará, e o derramamento de sangue será inevitável, e o país será mergulhado num caos, quando se poderia ser evitado?

      • Caro Vladimir, o Cmt EB não está “lavando as mãos” porque isto seria um ato de fuga, o que não consta do seu repertório de missões constitucionais. Ele, tanto quanto eu, julga que as instituições, mesmo capengas e aparelhadas, estão funcionando. A expressão judicial do poder nacional, cuja atividade é a preponderante neste momento, por intermédio do Sérgio Moro, dos inúmeros Juízes que se colocam a seu lado, da PF, do Ministério Público, do Ministro Gilmar Mendes e de outros naquela Suprema Corte, demonstram que ainda há recursos e energia vital nas instituições.
        Já disse e não me importo de repetir, as atitudes do Gen Villas Bôas têm por objetivo poupar o precioso sangue dos brasileiros, porque, uma intervenção militar só se justifica se o mal que evitará for menor do que o que causará. No momento não há justificativas suficientes para pensar de outra forma. A violência, se houver, não poderá partir do segmento armado pela Nação, mas daqueles que, permanentemente, conspiram contra ela e que, por formação e atavismo, continuarão a conspirar, seja qual for o fim deste período triste em que Deus quis que vivêssemos.

  5. Nilson Paes disse:

    Sr. General, considerando os últimos acontecimentos (divulgação de grampos telefônicos dando conta daquilo que já sabiamos) não chegou a hora de um basta ? O Sr. visualiza algum chance das Forças Armadas tomarem a frente na limpeza do atual cenário ? Cabo Paes TG 02078 – Reservista.

  6. Adonias de Freitas disse:

    Colaborando para enriquecer seu artigo, prezado general, deixo o link de uma artigo muito útil:
    .
    EXCLUSIVO: ENTENDA POR QUÊ TUDO ISSO ESTÁ ACONTECENDO NESTE MOMENTO NO BRASIL
    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/03/exclusivo-entenda-por-que-tudo-isso.html

  7. José Renato dos Santos disse:

    Caro General Paulo Chagas
    Eu participei das manifestações deste domingo 13/03, aliás, participei de todas as manifestações desde março do ano passado. Esta última nos encheu de esperança para ver uma Nação grandiosa ressurgir. Pois bem, 48 horas depois estamos sentindo o nosso nariz inchando e virando uma bolotinha vermelha como do saudoso Carequinha. O senhor já falou várias vezes, que as Instituições estão funcionando e concordo com isso. O problema é que elas funcionam para quem? Isto virou um “salve-se quem puder”. O Delcídio foi salvar o Cerveró, o Mercadante foi salvar o Delcídio, a Presidanta foi salvar o Lula, o Lula foi salvar a Dilma, que tentam salvar o PT. Afinal, .. Quem vai salvar o BRASIL? Seria o Levandowski?.. Já estamos pagando e caro prá ver!
    Eu fiz esse comentário acima para o seu post sobre as manifestações de domingo, mas hoje, quarta-feira, com todas essas revelações pipocando de hora em hora, tomamos conhecimento da podridão que grassa pelos poderes. Talvez o agora AGU, José Eduardo Cardozo esteja falando uma coisa certa – Vai haver convulsão social. Tem que acontecer alguma morte???

  8. Paulo Sérgio Cruz disse:

    – Boa noite. Ou melhor, Bom dia, pois já passa da meia noite.
    – Caro General, não tenho formação militar, sou um cidadão comum, não sou de me arrepender dos meus atos, pois ficaram no passado e não podem ser modificados. Posso sim, fazer diferente meu futuro! Mas confesso, que existe um pontinha dentro de mim que me arrependo sim de não ter seguido a carreira um militar devido ao amor que sinto pela minha pátria. Mas agora é tarde, no auge dos meus 45 anos.
    – Me lembro bem dos tempos de infância escolar, nos idos anos 70 e 80, eramos disciplinados civicamente, rigidamente nos colégios, respeito aos mais velhos, professores, funcionários da escola, de uma simples faxineira à merendeira ou inspetor de alunos. E o diretor então? O temido diretor! Que nos colocava em forma uma vez por semana para o hasteamento da Bandeira ao som do Hino Nacional. Reclamávamos do sol queimando as orelhas, ele dizia que o sol da manhã fazia bem. Bons tempos do Sr. Valter Peresi (in memoriam).
    – Hoje, vejo o país tomado por semianalfabetos com graduação, péssima cultura musical e televisiva e tudo mais que podemos presenciar no cotidiano de péssimo gosto. Mas mesmo assim, não esperava ver nossa gloriosa Bandeira sendo queimada em via pública por Comunistas (digo, não são brasileiros)!
    – Ontem, 16/03/2016, quando tive a notícia de um “ser inescrupuloso” recebendo um cargo de alto escalão dentro do governo, não acreditei, fiquei angustiado. Me desliguei dos noticiários e redes sociais, voltei ao trabalho. Não queria ficar pior.
    – Depois, no início da noite, fazendo meus estudos de pós-graduação (sim, estudo aos 45 anos), tive a notícia das tenebrosas gravações, fiquei incrédulo! Está acontecendo isso no Brasil? Sim, está! Este ser repugnante dentro do “des”governo será capaz dos atos mais sórdidos, inimagináveis na cabeça de um homem de bem. Chantagens, serão só o começo! Provavelmente, ele tem muita gente nas mãos. Sim, ele vai tentar o aparelhamento completo para dar a punhalada comunista na nossa amada Pátria. Sim caro General, o plano que esses malditos comunistas traçaram no Foro de São Paulo, está em curso. É triste constatar isso, mas é a realidade!
    – Sei que és um General da reserva, mas escrevi-lhe com um único objetivo, uma palavra de consolo para tirar a angústia desse peito patriota.
    Parabéns pelo combate nesta página.
    Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s