A Fidelidade do Militar Brasileiro

Militares-da-Foraa-Aerea-recebem-Medalha-da-Ordem

Caros amigos
A cultura militar não se aprende por retórica ou simples observação, mas por vocação, honestidade de sentimento e pureza de coração. Ninguém é Soldado por interesse pessoal, mas pela vontade de servir, pelo amor à Pátria e pelo compromisso com a missão que lhe incumbe a sociedade.
Desta forma, dentro da esfera de suas responsabilidades, os Militares estão entre os melhores interlocutores da Nação e são privilegiados intérpretes de seus legítimos anseios e necessidades.
O respeito que inspiram não está no poder das armas que impunham, mas na confiança e no prestígio conquistados pelo irrestrito cumprimento do dever constitucional, com base não apenas na hierarquia e na disciplina, mas no respeito aos limites da autoridade e no compromisso com as suas tradições.
Sua fé religiosa na missão que lhes incumbe a Pátria é explicada por Gaston Courtois quando diz que “a inteligência não pode levar adiante um esforço de construção se não crê na verdade e na utilidade de sua missão”.
Em tempos de crise, de manifestações cívicas contra a destruição física e moral da Pátria, quando os interesses pessoais, a mentira, a ganância e o poder se sobrepõem aos interesses nacionais, os Militares não ficam indiferentes e ausentes, porque faz parte da sua missão estar atentos para proteger a Nação dos perigos que a rondam dentro e fora de suas fronteiras.
A despeito de todos os percalços das circunstâncias adversas, da convivência e da disciplinada subordinação a quem os vê como ameaça, os Militares brasileiros continuam fieis, a qualquer custo e acima de tudo, ao Brasil e a seu povo!
Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

40 respostas para A Fidelidade do Militar Brasileiro

  1. Laércio Becker disse:

    Bravíssimo!

  2. Márcio disse:

    Meu caro General, concordo com todas as vossas colocações e lhe parabenizo pela sua inteligência e patriotismo, só queria colocar aqui minha opinião de leigo, mas de cidadão que sou, noto que quando há patrulhamento ostensivo das policias militares, civis ou guarda metropolitanas nas ruas da minha cidade, surgem dois efeitos: 1º os bandidos tem medo e evitam suas ações contra a sociedade, 2º os cidadãos de bem se sentem mais seguros. Diante disso queria sugerir para que o senhor, com a força que tem de orientação junto as FFAA, e se for relevante, mesmo que não haja conflitos maiores ( e torço para que não haja) se houvesse manobras militares normais mas com mais visibilidade para a população, dentro dos padrões estabelecidos e aceitos pelas FFAA, não com sentido de provocação ao governo corrupto que aí está, mas com sentido normal de rotina e que desse visibilidade a população de que estamos seguros e podemos contar com os senhores se a coisa piorar. Finalizando, toda vez que vejo jatos da aeronáutica ou veículos militares circulando por aqui, só com essa visão já me sinto mais seguro! muito obrigado.

  3. Guilherme Brugnari disse:

    Caro General Paulo Chagas, o senhor vê a possibilidade das polícias estaduais, a mando de governadores petista e aliados se rebelarem contra o estado brasileiro, ou algo parecido, para defender os comunistas? A relação do exército com as polícias militares do Brasil é estável ou podem ocorrer fagulhas? Como o Sr. vê essa questão? Abraços!

    • Muito bonito mesmo, Wellington! Parabéns!

    • João Amaury Belem disse:

      Caro Wellington Leal,
      Acabei de assistir o vídeo que o nobre cidadão brasileiro produziu.
      Muito LINDO! Receba os meus PARABÉNS!
      Penso que se nós tivéssemos a METADE + UM de cidadãos patriotas como o nobre cidadão, certamente não estaríamos na situação em que se encontra o nosso querido e amado Brasil.
      De fato, devemos fazer as melhores coisas em proveito da nossa amada pátria Brasil.
      Os destinos da nação brasileira, induvidosamente, está em nossas MÃOS.
      Mãos às obras!
      Um grande abraço.
      João Amaury Belem

  4. Maria do Carmo disse:

    E a própria leitura do trecho ” Ninguém é Soldado por interesse pessoal, mas pela vontade de servir, pelo amor à Pátria e pelo compromisso com a missão que lhe incumbe a sociedade.” traz uma reflexão do quanto perdemos quando nossas crianças não tem referência de Pátria, lembro de minha infância quando passava horas pintando e desenhando os símbolos da Pátria, espontaneamente desenvolvendo a vocação pessoal pelas artes. As coisas eram simples, como simples são essas lembranças… Eu tenho um referencial !

  5. Nelson Duarte disse:

    General!!!! Muitas são as frentes de batalhas e, muitos os traidores espalhados no front. Dia 6, de Abril, o senador Paulo Paim (PT) leu uma proposta de instauração de uma “suposta” reforma política e parlamentar, cujo tema central, era a formação de “GRUPOS POPULARES” para determinar com “IDEIAS” a formação de um novo … “semi parlamentarismo” !!! Sem plebiscito… sem informação da sociedade, está sendo implantado um governo de “soviets”, que não foram eleitos pelo povo, portanto, não têm representatividade e estão sendo convocados a ditar as normas do país. Sabemos quem serão esses “GRUPOS POPULARES” . Pergunta: Como fazer frente a esses golpes baixos , de comunistas, protegidos pelo manto da imunidade ??? Esperar que a lei seja cumprida??? Qual Lei??? A que eles determinarem???

    • Caro Nelson, a proposta do Sen Paim é uma proposta, não uma lei. As coisas não acontecem de uma hora para outra, o Congresso tem que estudar, conhecer e debater. É lógico que, como cidadãos, temos estar atentos para também conhecer e participar através dos nossos representantes. Eu tenho muita confiança no Deputado e no Senador que ajudei a eleger.

  6. Kevin Artsu disse:

    Os militares neste momento de crise em que perduram grandes mentiras perpetradas pelos bandidos petistas, os Generais deveriam se posicionar como se posicionou o General Mourão, com coragem e patriotismo, parece que o patriotismo dos nossos Generais está adormecido.

  7. João Amaury Belem disse:

    Prezado General de Brigada Paulo Chagas,
    Estreme de dúvida a nossa amada pátria mãe gentil Brasil foi arrasada por essa seita satânica que se encontra no poder há 13 anos.
    Em tais condições, lamentavelmente, vivemos hoje uma crise ética e moral.
    Fui a todas as manifestações espontâneas na Av. Atlântica, Posto 5, Copacabana, e certamente estarei nas outras também, a não ser que DEUS PAI CELESTIAL E MISERICORDIOSO não permita, mas rogo-lhe que me permita sim estar nesta manifestação de PURA CIDADANIA, sendo relevante notar que na última do dia 13/03/2016 até o meu sobrinho-neto com 4 meses de vida esteve presente vestido com as cores verde e amarela de nossa bandeira nacional.
    Conversando com alguns manifestantes alguns me revelavam que para recuperarmos o nosso Brasil, somente uma INTERVENÇÃO MILITAR.
    Alguns me disseram que por muito menos João Goulart em 1964 foi apeado da Presidência da República.
    Penso que é uma covardia nossa apelarmos para os MILITARES do Brasil para que corrijam a nossa INCOMPETÊNCIA em não sabermos escolher os melhores para que sejam os primeiros mandatários da nação.
    Nós, os BRASILEIROS e as BRASILEIRAS de bem e do bem são os que têm a OBRIGAÇÃO e, sobretudo a MISSÃO de recuperar a nossa amada pátria Brasil.
    Com efeito, induvidosamente, esperamos contar como sempre contamos com as FORÇAS ARMADAS BRASILEIRAS das ameaças que diuturnamente estamos sofrendo dessa corja de ESQUERDOPATAS que se apoderou, infelizmente, do nosso amado Brasil.
    Receba os meus cumprimentos de elevada estima e consideração.
    GOLPE, NÃO! IMPEACHMENT, SIM!
    Acima de tudo, a nossa amada pátria mãe gentil Brasil e o seu povo!
    Cordialmente.
    João Amaury Belem

  8. Maria do Carmo disse:

    Caros amigos,

    Minhas preocupações estão além da atual conjuntura exposta pela mídia quanto a corrupção politica, pois esse enquadramento considero ser do “Sistema”-Guerra pelo poder político.
    O quê me angustia, fugindo um pouco da temática política e acredito a todos nós, são os marcos antigos que foram removidos. Hoje, os crianças não tem referências…
    Ao longo do tempo fomos nos deparando com o horror de uma guerra civil que, na atualidade, tudo foi banalizado. Estudiosos apontaram em 2010 que o crime organizado já era o quarto setor da economia brasileira, o lucro da cocaína é de 6.000%-da fonte ao consumidor final. É comum vermos nos noticiários ” bala perdida atingiu….”. Está tudo invertido! A expressão correta deveria ser ” mais um pai de família morreu vítima da guerra civil instaurada pelo crime organizado”; e, ainda considerando o poder do tráfico ao eleger aqueles que lhes interessem.
    Quando a vitima reage é culpa dela, ou seja, se você morrer a culpa é sua que reagiu, ou ficou nervoso, ou gritou…..
    Tenho ciência que todo esse quadro de violência foi construído em nosso Estado Democrático de Direito, não sou contra a Democracia; todavia, é notório que a DESORDEM está instalada.

    Nobre General o senhor acredita ser possível aplicar os Direitos Humanos aos Humanos de Direito, se me permite o trocadilho?

    • Prezada Maria, os direitos são dos humanos de fato e não apenas de direito como a maioria dos bandidos que nos fazem reféns em nossas próprias casas! Obrigado pelo comentário.

      • Maria do Carmo disse:

        É verdade são! Contudo, apenas, na letra da lei. A justiça no Brasil é cega não pela imparcialidade, mas para não ver o que está exposto. E quando interessa coloca no colo seus protegidos…

        No momento que escrevo,deparo-me com notícias advindas do Estado do Ceará ” Em menos de 24h, houve dois ataques a torres de telefonia e á câmara de Sobral, além de nova suspeita de bomba- tribunadoceara.uol.com.br”, o complemento da matéria informa que foi o PCC que deu a ordem (11 policias já haviam sido mortos, por que os bandidos estavam com restrição para usar o celular nos presídios)

        Penso que independente do resultado do processo de impeachment, a população vai continuar clamando por SOCORRO. Segundo a ONU, em 10/12/2014, 10% dos homicídios em todo o mundo ocorrem no Brasil.

        Não adianta aparelhar polícia, nem impor mais rigor nas penas, é inútil, (Ditado da Policia ” Estamos enxugando gelo”). Acredito que, apenas, com o respaldo do Exército será possível restaurar o estado de paz social.

        “O mundo é um lugar perigoso de se viver, não por causa daqueles que fazem o mal, mas sim por causa daqueles que observam e deixam o mal acontecer.”
        ― Albert Einstein

        Não vislumbro nenhuma possibilidade de sucesso no combate ao crime organizado, no Brasil, se não pelo comando efetivo do Exército.

      • Respeito, mas discordo da sua opinião. A solução para a criminalidade está na atitude dos governantes, não nos meios a serem empregados.

  9. Heber Gabriel Knupp disse:

    Prezado General:
    Fui militar por apenas um ano em 1977 e aprendi neste pouco tempo, o quão valorosas são nossas FFAA, especialmente nosso querido EB, ao qual aprendi, através da memorização da Canção da Infantaria, da canção do meu querido 12 de Ouro (12o Batalhão de Infantaria de Belo Horizonte), e hoje apesar dos meus 58 anos, ainda as canto nos dias atuais, e nunca deixei de sentir arrepios ao cantá-las, do patriotismo dos meus superiores hierárquicos e do amor à nossa Pátria Amada Brasil, que nesse um ano, fez aflorar tamanho patriotismo, aprendi a amar e respeitar incondicionalmente nosso Exército e nossa Querida Bandeira. Esta jamais terá nem uma pinta vermelha, sendo que o Verde, o Amarelo, o Azul e o Branco sempre prevalecerão, devido a confiança que ainda deposito nas nossas FFAA (digo ainda, porque tenho medo que alguns Oficiais atuais, não tenham a mesma fibra e patriotismo daqueles do passado, e que possam fazer a escolha errada, espero estar enganado) . Mas nos dias atuais Senhor General, sinto, não o medo, mas um certo receio com as ações destes “vermelhos”, que tomaram o poder e não querem largar o osso, porque sentem que nesse osso ainda há bastante carne. Hoje dia 13/04/2016, lendo a coluna do Jornalista Reinaldo Azevedo da Revista Veja, deparo-me com o seguinte título de uma postagem: “Acreditem! Planalto discute hipótese de decretar estado de defesa! Chegou a nossa vez de dizer: “Não vai ter golpe!”. Senhor General, permita-me perguntar-lhe: Existe a possibilidade desta louca e desmiolada fazer esta besteira? ou isto é apenas desespero que está batendo à porta?

  10. Maria de Sá disse:

    Caro General,
    hoje mais uma notícia desanimadora, porque poderia atrasar a votação do impeachment, sobre Estado de Defesa que o governo estaria pensando em decretar! Esse pessoal não sabe jogar limpo, somente com golpes baixos. Nossas manifestações são pacíficas, não temos armas ao contrário do MST e assemelhados que têm facas, machados, etc. Para estes aliados comprados, porém perigosos, o governo não pensaria jamais em decretar Estado de Defesa e, muito pelo contrário, permitiu comícios dentro do próprio Planalto.
    500 ônibus deverão chegar a Brasília neste fim de semana contratados pelo pessoal do CNA, e outros ônibus deverão chegar pelo Avança Brasil – Maçons. Minha preocupação é que os manifestantes cansados de não serem ouvidos, de serem desprezados, de serem bofeteados pelos inquilinos do Planalto, percam a paciência e iniciem algum conflito. Já li comentários de pessoas que querem por abaixo o “muro da vergonha”. Não seria bom se os militares estivessem lá, bem à vista, para conforto dos que respeitam a Lei e para impor temor aos bandoleiros do governo?
    (Em tempo: gostei muito do vídeo “Não vai ter golpe do governo comunista bolivariano no Brasil”, no YouTube – acredito que todos deveriam assisti-lo.)
    Obrigada
    Maria de Sá

  11. Wanderson disse:

    Boa noite General,
    Não consegui achar uma fonte confiável a respeito de minha dúvida. Caso houver uma reação por parte dos militares diante das ameaças e bagunças politicas, posso servir a pátria como voluntário com 27 anos?
    Quem posso procurar a respeito do assunto?
    Desde já agradeço, e meus parabéns pelo trabalho de conscientização da nação!

    • Wanderson, se você é reservista e houver convocação, você será chamado, no entanto, acho pouco provável que as ameaças possíveis exijam este tipo de providência. Parabéns por sua disposição de doar-se à Pátria!

  12. Pires/Cav disse:

    Prezado amigo Paulo Chagas, saudações. A Instituição, como sempre, jamais será uma simples expectadora. Enganam-se aqueles que pensam dessa forma. Fraternal abraço.

  13. Maria de Sá disse:

    Caro General,
    Saiu esta notícia no Radar On-line da Veja que coloquei em várias páginas no facebook, mas apenas o Senador Caiado prestou atenção ao assunto. Espero que não sejam mercenários ou arruaceiros trazendo armas e querendo tumultuar ou machucar os manifestantes. Não sei se as FFAA estariam a par do ocorrido, por isso tomo a liberdade de lhe enviar a notícia (o senhor não precisa publicar este comentário):

    “PM de Goiás investiga se Bolívia mandou ônibus para ato pró-Dilma

    … O policial que abordou a caravana informou o comando da PM que passageiros informaram que outros ônibus estariam indo para a capital federal vindos de países como Venezuela e Paraguai para participar dos atos pró-Dilma.

    A PM abriu investigação para averiguar o objetivo da viagem.”
    Radar On-line – Vera Magalhães – 14/04/16 – agora

  14. Caro General. Segundo artigo publicado no “Diário do Poder” do DF, ontem a noite, a Polícia Goiana interceptou dois ônibus Bolivianos carregados de supostos Mortadelas (que podem inclusive ser soldados treinados para combate) pagos pelo Cocalero Morales, rumo à Brasília para reforçar as manifestações, fato confessado pelo próprio motorista de um dos ônibus, que teria afirmado à polícia que vários outros ônibus do Paraguay, Venezuela e Perú estariam vindo rumo a Brasília.
    Os documentos exibidos no site apontam a Chancela do Governo Boliviano.
    Nada impede que, soldados desses países venham desarmados e, desembarcando em Brasília, recebam suas armas ou mesmo lhe seja fornecida pela Força Nacional Bolivariana, que, à exemplo da antiga SS (Shutz Staffel = Polícia do Estado) serve apenas ao seu furher, in caso a presidanta e o PT, em notório e indiscutível detrimento da soberania nacional.
    Bem disse Evo e Maduro que invadiriam o Brasil. E, parece que já o estão fazendo.

    Convém lembrar que, como esses no mínimo “Coletivos Bolivarianos” estão invadindo o Brasil, não possuem cidadania e, via de consequência, o direito de exercê-la, quanto menos virem preparados para a desordem.

    Não seria uma invasão à nossa soberania essa entrada de estrangeiros para engrossar a lista dos militantes de esquerda, Bolivarianos pagos pelos governos que dias atrás prometeram invadir o Brasil? Já houve até mesmo “ordem” do presidente do PDT, que se intitulou de “General”, para que sua militância atirasse para matar e trouxesse cordas para enforcar congressistas contrários ao impeachment, isso é fato público e notório.

    Essa “invasão” estrangeira de “soldados disfarçados”, “Coletivos” ou simplesmente “Mortadelas” com a chancela de seus governos, com objetivo no mínimo político no Brasil, não ofenderia nossa soberania? Isso não diria respeito às FFAA, se considerarmos ainda as declarações recentes de seus líderes???

    Como o Sr. vê essa questão?

    Obs: Segue link da matéria citada: http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=53619628810

    • Caro Vinicius, controle de imigração é missão da PF, controle de circulação em território nacional é missão da PRF, controle das manifestações é missão das PM. Todos cumpriram com louvor as suas tarefas.

  15. Nelson Duarte disse:

    General!
    Duas perguntas ,cujas respostas, estão aquém de minha capacidade de compreensão: Porquê Lula ainda não foi preso, naquele lupanar do Golden Tulip? Porquê os manifestantes do MST que bloqueiam estradas e, particularmente seus líderes, que instigam a violência e o terror, de forma aberta e pública, ainda não foram presos?

  16. Rodrigo de Souza disse:

    Sei que sou um dos mais ansiosos visitantes do blog, mas tenho de parabenizar nossos militares por sempre colocarem o Brasil acima de qualquer tirania. Que DEUS abençoe nossas FFAA!

    Aproveitando o momento, gostaria de enviar um breve vídeo (1 min e 18 seg) do deputado Jair Bolsonaro alertando sobre possível terrorismo: https://www.facebook.com/PSC20/videos/vb.156409967753739/1110402039021189/?type=2&theater

    É possível que se repitam os mesmos atos terroristas que ocorriam durante o período militar ou, até mesmo, algo semelhante ao atentado em Boston, mas contra manifestantes pró-impeachment?

    Estou muito preocupado, até pelas especulações (ou talvez fatos) de um possível ataque do EI ao Brasil.

    • Esta é uma preocupação coerente. Em termos de terrorismo tudo é possível. O Brasil não pode se considerar imune. Que Deus ilumine aqueles que têm a responsabilidade de evitar que isto aconteça por aqui.

  17. Clayton Kikugawa disse:

    Caro general Chagas.

    ESTAMOS COM VOCÊS.

    Deus seja louvado.

  18. Rodrigo de Souza disse:

    Prezado general,
    Gostaria de parabeniza-lo pelo grande trabalho em conscientizar a sociedade brasileira, inclusive ansiosos como eu. Reconheço que o senhor está certo… Ontem o resultado na Câmara foi surpreendente. Vencemos a primeira batalha e iremos vencer as próximas!

    Parabéns ao Brasil e ao senhor! E louvado seja DEUS pela vitória!

    Grande abraço!

  19. Alcebiades Bento da Silva disse:

    Caro General Paulo Chagas
    Até quando o povo brasileiro vai ter que suportar esse tipo de ação por parte do MST?
    por favor, veja o video https://youtu.be/Hts871glsk8
    Um abraço,
    Alcebiades Bento da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s