O profissionalismo dos arruaceiros

Caros amigos

O Artigo 142º da Constituição Federal dá às Forças Armadas, além da missão de “Defesa da Pátria”, a de “Garantia da Lei e da Ordem”, referida entre os soldados como “GLO”. Tanto numa como na outra, ou em qualquer missão atribuída aos militares, haverá sempre uma componente indispensável de inteligência (informações) que orientará os planejamentos, visando a sua eficiência e eficácia, bem como a evitar a surpresa pelo desconhecimento do inimigo ou de quaisquer outras forças a enfrentar, aí incluídos terroristas e forças adversas como baderneiros, vândalos, invasores e destruidores do patrimônio público e privado, assassinos de jornalistas, bloqueadores de estradas e tudo o mais que atente contra a segurança pública e que caracterize os crimes de desordem e desobediência à lei.

Sun Tzu, em sua milenar sabedoria, nos ensina: “Se você conhece o inimigo e conhece a si mesmo, não precisa temer o resultado de cem batalhas. Se você se conhece mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota. Se você não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, perderá todas as batalhas…”

Os Jogos Olímpicos, Rio 2016, transcorreram sem que houvesse qualquer distúrbio ou atentado terrorista. A ação da inteligência policial e militar se fez sentir quando houve a prisão preventiva de suspeitos de terem ligações com o terrorismo internacional, realizadas com a devida e necessária antecedência.

Nas análises dos especialistas sobre os atentados terroristas ocorridos nos EUA e na Europa, em quase todos os casos, temos encontrado a negligência nas ações de inteligência como causa das surpresas e da impossibilidade de antecipação por parte das forças de contra terrorismo.

Aqui no Brasil, em São Paulo, assistimos a um irresponsável e descabido escarcéu produzido por parte da imprensa, por políticos vinculados à baderna e interessados na desestabilização da ordem (PT e PSOL) e por líderes de movimentos irregulares, ditos populares, indignados porque um Oficial do Exército foi, infelizmente, identificado como “agente de inteligência infiltrado” nas hostes contrárias ao governo e comprometidas com ameaças de entrincheiramento, bons paredões e resistência armada.

É simplesmente ridícula e amadorística a instauração de inquéritos para apurar a prática de “crime de espionagem”, “crime de abuso de autoridade” ou “crime de falsidade ideológica”. Isso demonstra muito bem a ignorância e o engajamento delituoso dos “indignados” denunciantes.

Caricato também é o questionamento sobre a possibilidade de haver “conluio” entre as forças federais e estaduais nas ações de inteligência, quando a absoluta incompetência e irresponsabilidade seria a não existência de coordenação, controle e cooperação entre essas forças. Chamar isto de “conluio” é absolutamente patético!

Os militares só atuam em benefício do Brasil e no estrito cumprimento do seu dever constitucional. Tem razão, portanto, o Ministro Raul Jungmann quando assevera que as FFAA agem sempre na mais absoluta legalidade. Não há por que duvidar dessa assertiva!

Muito bem se expressa também o Jornalista Reinaldo Azevedo quando diz que o mínimo que se espera das FFAA é que estejam informadas para que possam responder pela ordem pública conforme lhes incumbe a Constituição, já que “a opção pela violência está dada desde sempre nessas ditas manifestações contra o governo Temer” e complementa dizendo que, ao arrepio da Constituição e da lei, o MPF e o MPE decidiram vigiar a atuação da Polícia Militar e do Exército, ao invés de “apurar a violência promovida por arruaceiros profissionais”.

Aliás, neste caso, o que sobressai é o profissionalismo dos arruaceiros!

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

4 respostas para O profissionalismo dos arruaceiros

  1. Paulo Roberto disse:

    Bom dia General. Não é nenhuma surpresa a reação dos inimigos da nação ao episódio e, muito menos, o posicionamento dos órgãos públicos solidários aos “prejudicados”. O poder público está infestado por partidários de esquerda que pretendem nos levar a mesma situação da Venezuela (lá conseguiram até infestar o funcionalismo público de agentes cubanos).
    Se a reação da esquerda não me surpreende, o mesmo não posso dizer da reação das forças armadas que simplesmente mantiveram silêncio sobre o episódio. O PT e demais partidos de esquerda se infiltraram na sociedade e se tornaram um verdadeiro câncer em metástase. Quanto mais o tempo passa sem que medidas mais “eficazes” sejam tomadas, menos possibilidade o paciente tem de cura sem irrecuperáveis sequelas.

  2. Pingback: O profissionalismo dos arruaceiros – martagoulart

  3. Clayton Kikugawa disse:

    OFF TOPIC

    General,
    Observamos também na Colômbia, a rejeição da população aos grupos violentos e armados, nesse caso (milícias) que queiram, além de atentar contra a segurança pública e as leis, tornar-se “partidos”, como se a contravenção e o crime fossem plataformas “políticas” ou valores a serem defendidos.
    No Brasil é cada vez mais clara a diferença entre princípios, valores e propostas e atos criminosos e anti republicanos.
    Apoiamos nossos “soldados do silêncio” e cada vez mais, reconhecemos neles, nossos verdadeiros amigos. Por outro lado, existe hoje em nosso sistema judiciário, os que tendo sido aliciados ainda na faculdade, defendem a tese dos “fins que justificam os meios”, vide nosso STF que é hoje, emblemático. Espero que a “faxina” que os brasileiros de bem estão promovendo, se estenda aos três poderes, pois, como dizia nosso Rui Barbosa: ” a pior ditadura é a do poder judiciário, contra ela não há a quem recorrer…”

    Ótimo texto como sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s