Março, mês reservado pela mídia para demonizar o Regime Militar

regime-militar-2015-1-638

Caros Amigos

Desde o fim dos Governos Militares, particularmente depois que, pela lógica da verdade e dos fatos e pelo testemunho das pessoas que viveram aquele tempo, os brasileiros descobriram o quanto têm sido enganados pela recontagem facciosa da história, o mês de março tem sido reservado para o enfadonho e persistente objetivo de difamar aquele período.

Depois de passados 32 anos do fim do Regime e de 29 da vigência da “Constituição Cidadã” – tempo em que a libertinagem passou a ser chamada de liberdade com o objetivo de destruí-la em definitivo -, é possível comparar os ciclos e concluir sobre em qual deles os homens e as mulheres de bem eram felizes e desfrutaram do “direito de proceder conforme a sua vontade sem desrespeitar o direito dos outros”.

A última tentativa oficial de dominar a veracidade histórica foi a Comissão Nacional da Verdade (CNV), desmascarada por ela própria por não pesquisar por completo o conflito armado que se seguiu ao 31 de março de 1964. A falta do contraditório transformou-a em uma recontagem de efeitos sem causas.

A mídia hipócrita pactua com o espírito da CNV e dos criminosos que a instituíram e não hesita em usar o mês de março para tentar, em vão, denegrir a imagem das FFAA brasileiras.

Cabe, seja qual for a forma como, desta vez, será redesenhado o Regime, atentar para alguns fatos que já atingiram a maturidade, tornaram-se verdades históricas e devem ser lembrados pelo público que lhes possa vir a dar audiência:

1) Não era apenas o Brasil, mas o mundo todo que vivia em clima de Guerra Fria e estava dividido entre democratas e comunistas.
2) O governo Jango estava a um passo de deixar-se sucumbir à ação de um golpe da esquerda e, conforme relata o comunista Jacob Gorender em seu livro “Combate nas Trevas”, os militares anteciparam-se e evitaram o golpe comunista.
3) Corroborando a afirmação anterior, o comunista Luiz Carlos Prestes, declarou na imprensa, à época, que eles já estavam no governo, faltando-lhes apenas assumir o poder.
4) Luis Mir, outro comunista histórico, relata em seu livro, “A Revolução Impossível”, que a esquerda já estava se preparando para a luta armada desde o início dos anos 60.
5) Os comunistas eram uma minoria organizada e atuante e a imensa maioria da sociedade condenava a baderna que se instalava, temia a “cubanização” do Brasil e aplaudiu a iniciativa dos militares, o que é comprovado pelas manchetes dos principais jornais da época, aí incluído o O Globo.
6) Na luta armada que sucedeu ao 31 de março, todos os grupos que nela tomaram parte pretendiam implantar no Brasil a “Ditadura do Proletariado” e não a democracia. Luis Mir e Jacob Gorender, nas obras citadas, Fernando Gabeira e outros, em entrevistas gravadas em vídeo, confirmam essa verdade.
7) A cronologia dos atos de terrorismo, passando pelo atentado no Aeroporto de Guararapes (1966), atestam que a decretação do AI-5 foi uma consequência da intensificação das ações armadas da esquerda e não o contrário.
8) Sendo uma guerra contra o terror, as características e a tensão do combate ensejaram óbvia violência, excessos e arbitrariedades de ambos os lados.
9) Os anais do Congresso Nacional, os arquivos do Superior Tribunal Militar e a produção artística da época comprovam que a censura à imprensa limitou-se às necessidades das operações de combate ao terrorismo, mas não impediu as manifestações políticas e artísticas, muito menos a ação da justiça.
10) Os opositores do regime militar eram rejeitados pela maioria da sociedade, que vivia em segurança e em um processo de pleno emprego.
11) Graças à seriedade com que os militares levaram a termo a missão que avocaram a si em março de 1964, o Brasil saiu do subdesenvolvimento e tem, até hoje e apesar de todo o esforço destrutivo da esquerda, estrutura para superar mais esta crise.

Estas são algumas das verdades que já estão fora do alcance dos debates e que devem estar presentes na mente dos brasileiros que se dispuserem a dar audiência, leitura e ouvidos às incursões da mídia neste março de 2017.

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

8 respostas para Março, mês reservado pela mídia para demonizar o Regime Militar

  1. José Scalassara disse:

    Tem todo o meu apoio. Quem reclamava de 64 eram: Luladrão, Dilmanta, Zé Dirceu, Genoíno, Rui Falcão, Vicentinho, Silvinho Land Rover, João Vaccari, Gleisi Hoffman, Vanessa Graziotin, Lindbergh, jornalistas de esquerda, imprensa de esquerda, etc. Formei-me em 74, no auge da ditadura, e o emprego foi buscar-me na faculdade. Nunca vi um general milionário e nunca me senti tolhido em minha liberdade e o Brasil andou para frente. No entanto, Lula e toda cúpula do PT estão milionários.

  2. Carlos Zindel disse:

    Todo o meu apoio às Forças Armadas Brasileiras, a Instituição mais confiável, eficiente, íntegra e honrada do Brasil! Meu tataravô fazia parte da Marinha, meu tio também, meu pai tinha grande admiração pelas Forças Armadas e queria muito que eu fizesse CPOR ou NPOR naquela época, hoje lamento não ter seguido o seu conselho, estava ingressando na faculdade e optei por não servir quando chegou a hora do Alistamento Militar. As Forças Armadas são motivo de orgulho nacional, sempre estão do lado do Povo, mesmo quando o Povo não está do lado delas. Grande abraço!

  3. Clayton Kikugawa disse:

    Boa tarde General.
    O STF acaba de inviabilizar a candidatura de Bolsonaro em 2018. Além das provocações já feitas com a soltura do goleiro Bruno, favores a petistas já condenados e cumprindo pena indenização para latrocida. Dessa vez parece que esses bandidos mostram a que vieram e nos colocam na parede. O desfecho de tudo que está acontecendo dependerá das forças armadas. Não é preciso ser Mãe Diná pra perceber.

    Deus nos ajude.
    Clayton Kikugawa.

    • Caro Clayton, ainda não inviabilizou. O Bolsonaro é réu em duas ações no STF (calúnia e apologia ao estupro. Ambas ações tem como relator o Min Fux. O julgamento caberá ao pleno do Tribunal. A questão: Quando ocorrerá tal julgamento?Existem processos que levam mais de uma década. É fato que as pesquisas (posição do Bolsonaro) poderão acelerar, por pressão de partidos como o PSDB, PMDB ou PT. Há de se aguardar mais um tempo. Hoje não é possível dizer se ele será condenado ou absolvido.
      Temos que aguardar e pressionar o STF.

  4. Meu sonho é o país voltar ao que era. Homens de verdade comandando a nação. Problemas existiam, mas, segurança, saúde, educação também. Tínhamos sim a tão falada liberdade; pois que era descente, trabalhador nada sofria. Ganhamos a democracia e junto dela vieram toda a corja de ratos e bandidos possíveis e inimagináveis. Somos governados por quadrilhas, que riem da cara do povo. Passam a falsa a imagem de mocinhos, mas por trás das câmeras não passam de cobras. Viva as forças armadas, viva nossa salva guarda. Pois creio que quando o problema não tiver solução, com certeza poderemos contar com ela….abraços a todos.

  5. M.S.Ferraz disse:

    Após os governos militares de 1964 a 1985, com a chamada “democracia”, bandidos de todos os gêneros, até então inimagináveis, assumiram os três poderes da República, e dos Estados brasileiros; e pilhando o erário, auferiram enriquecimentos ilícitos deles e dos “comparsas estrangeiros”, em prejuízo de todos os brasileiros residentes no país.

  6. Mateus Faria Brito disse:

    Todo meu apoio as Forças Armadas e que em 2017 tirem estes ladrões da esquerda e dê fim nessa raça comunista anticristo que está no poder desde que terminou o Governo Militar onde os honestos viviam em paz e os bandidos viviam no horror e não o contrário como é nos dias atuais! Peço logo a decomposição de todos estes partidos de esquerda do Brasil e a volta do Governo Militar, peço a Deus por um novo Contra Golpe Militar para que os brasileiros honestos e trabalhadores poderão enfim viver em paz novamente! A chamada democracia esquerdista de 1985 até hoje está enriquecendo políticos corruptos de esquerda ( só de ser esquerda são corruptos) e empobrecendo o brasileiro trabalhador e de bem! Quero poder ir na Igreja Católica sem ver padres comunistas e corruptos e quero ver os filhos de todo cidadão de bem no Brasil não ver esta mentira que estes professores comunistas contam do passado. Fora que tem que barrar essa imprensa maldita que são jornalistas comunistas a serviço da destruição do país pois apoiam a esquerda e são contra as Forças Armadas, também contra todo tipo de policiais! A imprensa é contra o cidadão de bem! Que Deus traga novamente um Governo Militar ao Brasil pois não suporto mais viver em um país governado por partidos de esquerda todos corruptos e sem dignidade! A Extrema Direita Militarista precisa voltar urgente! Que Deus nos abençoe e abençoe com isso todo cidadão de bem! Desejo logo poder viver em paz de novo e ter o Governo Militar no poder aqui no Brasil!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s