Em política, os aliados de hoje são os inimigos de amanhã. (Nicolau Maquiavel)

Caros amigos

Já disse várias vezes que não me oriento pela intenção de agradar a quem quer que seja. Escrevo e digo o que penso, com a coerência e com a clareza possíveis. Respeito a opinião de todos que me honram com a sua atenção e que me enviam comentários respeitosos e coerentes, mas não oriento o meu pensamento, nem as minhas atitudes pelo agrado ou pelo desagrado dos que o fazem. Prefiro colher ensinamentos da coerência do que leio e ouço.

Não sou uma “metamorfose ambulante”, como Lula da Silva, mas não me envergonho de mudar de ideia quando convencido por argumentos ou evidências.

Sobre João Dória, por exemplo, escrevi que é um empresário de sucesso, que não fez carreira na política, que, embora a sua gestão na prefeitura de São Paulo ainda não tenha ultrapassado as questões cosméticas da cidade, tem propostas e atitudes liberais que não o atrelam às posições do “tucanato” em geral.

Acrescentei que ele é inimigo dos maiores inimigos do Brasil – Lula e o PT – e que não poupa críticas às pessoas e aos agrupamentos e movimentos ideológicos que eu critico.

Todavia, corre nas redes sociais a notícia de que a Prefeitura de São Paulo, cumprindo uma decisão da Comissão da Verdade do Município, tomada e aprovada durante o governo do petista Fernando Haddad, irá homenagear terroristas mortos durante a luta armada e colocará seus nomes em cemitérios da cidade. Segundo me foi dito, é algo que não conta com a aprovação do Prefeito, mas que, por força de lei (sic), não pode deixar de ser cumprido.

Por outro lado, sempre cabe uma ação na Câmara de Vereadores, onde ele tem uma sólida base de apoio, para sustar (ou pelo menos tentar sustar) esse escárnio à sociedade paulistana que ainda sofre as consequências da gestão incompetente e corrupta de Fernando Haddad.

Até agora não tenho conhecimento de nenhuma iniciativa nesse sentido por parte de Dória, o que, somado à sua recente declaração de que a Justiça é soberana para decidir sobre a condenação de Lula da Silva, mas que deve ter a “sensibilidade” de não sentenciá-lo durante o processo eleitoral, me obriga a repensar a sua condição “amigo político”.

Não tenho dúvida de que, estrategicamente, a hora é de somar e não de dividir, contudo, como disse Maquiavel, “em política, os amigos de hoje são os inimigos de amanhã” e, ao prevalecer a omissão face ao rebatismo dos cemitérios e a “sensibilidade” em relação a prisão de Lula, restará crer que a “gestão” de João Dória na Prefeitura de São Paulo não deverá mesmo ultrapassar o nível da maquiagem e que, aplicando o ensinamento de Maquiavel, o amanhã é hoje!

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

20 respostas para Em política, os aliados de hoje são os inimigos de amanhã. (Nicolau Maquiavel)

    • Aloy Pln Pln disse:

      Tem esses links. Todas as 3 forças da política atual, sendo pt, psdb, e pmdb, ou quem as apoia através do fisiologismo, são o inimigo do povo. Esses 2 links ilustram bem:

      http://midiasemmascara.org/artigos/destaques/metem-medo/

      No mais, sobre as forças armadas, Paulo Chagas, Mourão, outros integrantes ativos, os reservistas, e aqueles que hoje até integram cargos na política carregam a honra dessa instituição, sendo a mais respeita do Brasil, seguida dos bombeiros, os médicos, as polícias, etc.

  1. Nelson Duarte disse:

    Excelente reflexão general!!! Concordo com tudo que foi explanado. Embora o Dória seja um excepcional empresário, com atitudes louváveis contra o Petismo… alguns pontos por ele defendidos (não sei se por imposição do partido), o colocam como a já conhecida e tradicional “oposição” tucana, que está sempre em cima do muro, para não prejudicar o bom andamento do avanço da esquerda. De anestesia política… já estamos cansados. Uma hora, teremos que decidir : continuamos a alimentar o monstro ideológico esquerdista ( na figura de “centro esquerdas”) ou procedemos a sua extinção, pelo voto. Dória pode ser um bom gestor , para uma cidade mas… o Brasil precisa de políticos com outros adjetivos, para sua Ordem e Progresso!!

  2. Vinicius Array disse:

    Ótimo texto, General. Quanto à sensibilidade do Doria em relação ao Lula, citada no texto, é fato que, se Doria realmente pensasse na pátria, não teria indiretamente defendido aquele que tanto atacou. Quanto à homenagem aos terroristas e a falta de iniciativa na Câmara de S. Paulo, onde o Prefeito tem maioria, receio que tal não ocorrerá.
    Receio, todavia, que ele ainda enganará a muitos, e que possivelmente somará forças (ainda que indiretamente) com o PT, para que nas próximas eleições haja um candidato vencedor, se não do PT, do PSDB, para que possam dividir o Poder, já que ambos partidos vieram da mesma LATRINA.
    Afinal, no Brasil, temos uma esquerda organizada.
    Agora, as vezes fico pensando: Se o povo não mais acredita naqueles que estão hoje no Poder e fazem de tudo para se perpetuar ou “fazer sucessores” em prol do continuísmo, e isso é fato, talvez não elegeria, via sufrágio democrático, oficiais da única instituição em quem acredita atualmente, no caso as FFAA? Não poderia ser este “um dos” caminhos para, atualmente, tirar o pais do caos, General? Por quê não fazer Deputados, Senadores, Governadores e até mesmo um Presidente, nossos confiáveis Generais, Coronéis, Majores, Capitães, Tenentes etc, ainda que para tanto tiverem que ir para a Reserva? Por quê não investir estrategicamente naqueles únicos em que a população confia, a ainda evitar as dificuldades e o preço de uma intervenção militar?
    Talvez pudesse ser uma oportunidade para, mais uma vez, mesmo dentro do sistema republicano presidencialista – que apresenta várias inconsistências que talvez agora não venham ao caso, trazer de volta a honra, a ordem e o orgulho à nação, sem precisar de uma intervenção, e, independente do atual regime de governo….

  3. Maria do Carmo F. Soares disse:

    Saudações Nobre General,

    A sua prudência e seu espírito Patriota, que demostra sua trajetória de vida, é motivo de orgulho e ensinamento a todos que participam e acompanham sua página. Sinto-me privilegiada em poder ter acesso aos seus escritos.

    Parabéns a todos que fazem as FFAA.

  4. Lia disse:

    Creio que é muita “ingenuidade” de muitos julgar que Doria seja “diferente” fazendo ele parte do PSDB. É evidente que foi “plantado” no partido para garantir o status quo. É um representante do establishment político. Afinal, ao contrário da imagem que quis vender de não político (a falácia já começou aí), é ligado com a classe política desde sempre, Seu pai era político, foi secretário de Franco Montouro, ex colega de partido de seu pai e depois trabalhou na Embratur na era Sarney, idem ….Sem contar que a atividade principal de sua empresa é unir empresários a políticos (ou, como define alguns, praticar lobby).

  5. Francisco Machado disse:

    É isso aí.
    Dória não é político de carreira, mas está aprendendo rápido a arte do “eu não digo que sim nem que não,muito antes pelo contrário”.

  6. paulo musambani disse:

    esses dois da foto são esgoto…….
    Bolsonaro neles………único representante de verdade…….patriota e que respeita a família e o cidadão….

    O resto são o lixo produzido pela cf/88……….

  7. Nelson Duarte disse:

    Será que as Instituições estão funcionando mesmo???
    https://www.oantagonista.com/sem-categoria/exemplo-da-cuba-castrista/

  8. paulo musambani disse:

    Mais uma amostra do autoritarismo político que existe no Brasil…
    O STF em conluio com os hipócritas que aterrorizam o país produziu mais uma bravata…
    Pobre bRasil, pobre de nós…

    Não existe punição para os poderosos…..a lei só alcança os mais pobres………..

    Democracia por aqui, só pra ficar pelado, usar drogas à vontade, fazer trambicagem e pular carnaval com dinheiro público……..de resto…….niente…….só falácia e hipocrisia barata dos vulgos senhores guardadores da lei maior…

    Bolsonaro já….genral mourão já….

    O bRasil dessas quadrilhas é uma afronta ao povo descente e honesto.

  9. Luis Carlos Paes Machado disse:

    Prezado General Paulo Chagas. Primeiro para dizer que graças a internet estou tendo o prazer de conhecer seus posicionamentos e com isso tentar cada vez mais sair da escuridão da caverna e luz para não mais lá voltar. Compartilho com seus valores, vou ler seus comentários com muito interesse, pois só sei que nada sei. Moro em Porto Alegre, desde sempre (1959)infelizmente, uma cidade que paga um preço muito alto pelo seu viés comunista forte. Sobre Dória, ainda não tenho opinião formada, (mas com certeza é uma esquerda Fabiana) A verdade é filha do tempo(São Thomaz de Aquino). Hoje votaria(no menos pior) Bolsonaro, com certeza. Um baita abraço, Luís Carlos

  10. Nelson Duarte disse:

    Instituições funcionando??? Quais Instituições??
    https://www.oantagonista.com/brasil/carmen-lucia-matou-lava-jato/

    • Não acredito que a Justiça seja menor que o STF, nem que a Lavajato seja tão débil, mas vale o alerta. É bom para manter amigos e adversários atentos e sabedores da nossa atenção, afinal, tudo tem limites, inclusive a passividade dos brasileiros!

      • Luis Carlos Paes Machado disse:

        Sobre essa decisão do STF, vou me arriscar e dar meu singelo comentário. Tudo tem muitos lados e variantes múltiplas que difícil prevê-las em especial para quem não está a par dos bastidores, mas vamos lá. Vivemos hoje uma ativismo político nunca visto, todas as classes, destacando-se os formadores de “opinião”, aqueles que detém uma função com prerrogativa de ter ouvintes, tais como: juízes, promotores, jornalistas, artistas, professores, escritores, e por aí afora. Esse ativistas entendem de tudo, até de salvar o planeta, politica externa, interna, solução de paz e de todos os conflitos nos seus mais variados temas. Indo ao ponto do STF, o ativismo quando nos agrada batemos palma, mas amanhã noutra decisão (Ministros Comunistas é o que não falta no STF, a começar pelo ex-advogado do PCB, Luiz Barroso) que não nos agrada vamos criticar, então é uma insegurança jurídica, uma instabilidade social. Por isso, sou contra o ativismo político destas categorias, a democracia precisa do sistema de freio e contra pesos, para evitar abusos, vejo com bons olhos que o STF tenha consciência de que tem seus limites na CF e assim o respeite, não estou defendendo esse ou aquele politico, defendo o equilíbrio do sistema democrático e a CF(mesmo que esteja inadequada, então q façamos outra com Assembleia Exclusiva). Para ilustrar, sou a favor do projeto escola sem partido, aqui me Porto alegre, por exemplo: na greve do professores municipais os professores se utilizam de crianças de 8 a 10 anos de idade com cartazes, “fora Marchezan” e as autoridades fazem vistas grossas. Não entrando no mérito da questão, mas o tema que trago a baila é sobre o ativismo politico, esse na minha opinião é um dos grandes problemas que temos que enfrentar, especialmente a mídia nacional. Só um outro exemplo, todos sabemos o que são as humanas da URFGS, USP, UNICAM, e etc… Poderia dizer milhares, mas o assunto vai longe, teríamos que começar pelo “Patrono da Educação Brasileira Professor Paulo Freire”. Resumindo, vejo com bons olhos o recuo do STF nesse caso concreto citado acima.

  11. Ronald Heisemberg disse:

    Boa noite, General! Eu gostaria de saber qual o seu pensamento frente a este pronunciamento da petralhada através da presidente do PT Gleisi Hoffmann, a pedido do Lula da Silva, na tentativa de se aproximar das Forças Armadas. O que achas que tem por trás disso, quais as intenções de Lula?

    http://epoca.globo.com/amp/politica/expresso/noticia/2017/10/sob-orientacao-de-lula-gleisi-elogia-forcas-armadas.html

    • Caro Ronald, as promessas e as benesses de Lula, aliadas ao desastre que as seguiram, nas palavras do Gen Villas Bôas, atrasaram o Exército e, com certeza, as demais Forças, 40 anos e quebraram duas centenas de empresas que também acreditaram nos seus afagos e baboseiras. A atitude do PT não comove as FFAA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s