Vale a pena perguntar de novo!

Monumento para vítimas da ditadura ou mais um ato de corrupção?

Caros amigos

A prefeitura de São Paulo construiu com dinheiro público um monumento em homenagem aos mortos e desaparecidos políticos na “ditadura militar”, no parque do Ibirapuera, com o objetivo de preservar a lembrança de fatos que, por suas características, se pretende que sejam abolidos do repertório das ameaças aos “Direitos Humanos” (DH) no Brasil.

A maior parte das “vítimas” lembradas no monumento foi também responsável por atos de terrorismo que vitimaram outras pessoas, inclusive inocentes passantes, sentinelas, militares estrangeiros, seguranças de bancos, crianças, policiais e viajantes, entre tantos outros tipos de desafortunados. Logicamente que estes serão excluídos da homenagem, já que, por origem, ela é sectária.

Seguindo a mesma ideia de fazer lembrar para não repetir, cabe, pela precisão e pela abrangência, a leitura do texto a seguir:

“A corrupção representa uma violação das relações de convivência civil, social, econômica e política, fundadas na equidade, na justiça, na transparência e na legalidade. A corrupção fere de morte a cidadania. Num país tomado pela corrupção, como o Brasil, o cidadão se sente desmoralizado porque se sabe roubado e impotente. Sabe-se impotente porque não tem a quem recorrer. Descobre que os representantes traem a confiabilidade do seu voto, que as autoridades ou são corruptas ou omissas e indiferentes à corrupção, que os próprios políticos honestos são impotentes e que a estrutura do poder é inerentemente corruptora”. José Genoino em “A corrupção e morte da cidadania” – O Estado de S. Paulo, 29 de abril de 2000.

Trata-se da definição de um crime que, por atingir indiscriminadamente todos os cidadãos, toma a forma de genocídio. Mais importante se torna a descrição quando sabemos que o autor é um corrupto julgado, condenado e, por obra da própria corrupção, recolhido apenas por algum tempo à Penitenciária da Papuda, em Brasília.

Em tempos de caça às bruxas, de passar a limpo o passado e de “comissões da verdade” que visam a fazer com que não se repitam práticas que, na verdade, nunca deixaram de existir e que se estendem, de todas as formas, ao conjunto da sociedade, nada mais justo e coerente do que erguer-se também um “Memorial da Corrupção”, pois, nenhuma outra prática produz mais ofensas aos DH do que a corrupção. Ela é como uma bomba terrorista de destruição em massa, pois fere, mata e espalha destruição de forma indiscriminada em todo o território nacional.

No Brasil de hoje, patrocinados pelo oficialismo, os corruPTos já causaram mais vítimas entre nós – e seguem causando – do que todas as guerras que lutamos ao longo da nossa história.

A iniciativa de construir um monumento em homenagem às vítimas do regime militar, partindo da “comissão municipal da verdade”, estando a prefeitura entregue ao PT, é, com toda a certeza, uma ação a ser investigada, pois tem todos os ingredientes de uma obra inútil e superfaturada, ou seja, mais uma oportunidade para ter posto em prática a especialidade dos que, como o Sr José Genoino, sobreviveram ao regime!

Gen Bda Paulo Chagas

Anúncios
Esse post foi publicado em Atualidades. Bookmark o link permanente.

6 respostas para Vale a pena perguntar de novo!

  1. Ramon disse:

    E agora General em quem eu devo confiar, na instituição que eu mais dei credito e confiança desde que nasci, que sempre tive em seus representantes como meus heróis, mas que não se pronunciam diante das acusações, demostrando subserviência a José Eduardo Cardozo advogado numero 1 dos envolvidos no petrolão, ou em uma mulher que até então acreditava ser uma psicopata, que vem a publico chorar por seu passado “oprimido”? Por que as forças armadas não não fazem um relatório também respeito dos guerrilheiros, e pede fim da anistia para esses lixos. O Deputado Bolsonaro parecia um louco ontem falando sozinho sem ninguém para apoia-lo, somente para repreende-lo, é essa a imagem que as forças armadas querem deixar no futuro nos livros de historia, é esse o legado que ficara para as próximas gerações de militares?

    • Caro Ramon, julgo que é cedo para chegar-se a essas conclusões. Há, ainda, alguma água a rolar por sob a ponte…

      • Francisco Machado disse:

        Caro General,
        se continuar passando água em profusão, como tem passado, a ponte vai desabar e, aí, talvez seja tarde demais para se evitar uma carnificina. O senhor bem sabe que o povo brasileiro, em sua esmagadora maioria, é pacífico e despreparado para uma guerra civil. A intervenção militar que tem sido sugerida nas redes sociais não precisa, necessariamente, ser nos moldes da que ocorreu em 64, de longa duração. Teria ela duração certa no tempo, tempo necessário para expurgar do país essa corja de corruptos e de comunas que se apossou do poder, “democraticamente”, como se regozija em dizer o líder maior, cujo nome me causa ojeriza pronunciar ou mesmo escrever. Teria o tempo necessário para uma limpeza na legislação casuística promovida por um Congresso de corruptos, salvo honrosas exceções. Teria, enfim, o tempo necessário, para conduzir o Brasil de volta à DEMOCRACIA verdadeira, livre da demagogia dos usurpadores do poder. Tenho muitas sugestões a fazer, no momento oportuno. O ideal, caro General, é evitar a queda da ponte, pelo volume de água tem passado, enquanto é tempo.

  2. Aparecida Donizeti de Oliveira disse:

    General Paulo Chagas, o Congresso já trabalha para o pt em sua maioria.Tenho rezado,confio em Deus e permito-me sim confiar no meu Exército!Apesar de também não querer nenhuma ditadura,se tiver que escolher,não terei a menor dúvida. Absurdos em cima de absurdos como esse monumento que o senhor cita acima.Talvez o povo anestesiado tenha que sentir na pele ,individualmente, o mal que esse governo tem feito ao Brasil.Só espero que ainda haja tempo de o tirarmos democraticamente .Abraço.

  3. Ronaldo disse:

    Caro General! Eu espero uma resposta à altura das Forças Armadas a essa tentativa desse governo corruPTo de denegrir a imagem dos militares e de distorcer os fatos da história brasileira. Eles querem que as FA reconheçam os crimes! Eu espero que a resposta seja com uma exigência que esses corruPTos de hoje reconheçam que os criminosos eram eles! Mas que audácia!!!! Querendo passar por vítimas! Ora, parece uma boa oportunidade para mostrar a esse governo ridículo quem é quem! O povo honesto contemporâneo dessa época sabe muito bem e apoiará quem venceu a guerra. Esperamos uma resposta das FA!!! E que o tranco seja forte, como tu previste!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s